Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


O Mozilla Firefox é um navegador de Internet amplamente conhecido pela agilidade, segurança e confiabilidade, portanto, se o seu browser está lento, algo pode estar errado. A seguir, você vai acompanhar algumas dicas para solucionar os problemas mais comuns. Basicamente, a ferramenta pode apresentar lentidão ao trabalhar com alto consumo da CPU ou memória RAM.

Veja outras opções de Navegadores de Internet

Em alguns casos extremos o Mozilla Firefox pode até travar. Esse comportamento instável pode ocorrer por causa de vários fatores, como versão desatualizada do browser, plugin incompatível, ou por causa de sites que utilizam conteúdo em segundo plano sem o usuário ter noção do fato.

Fechar abas desnecessárias

No entanto, talvez o principal problema seja apenas a quantidade de abas abertas ao mesmo tempo. Se o seu computador tem pouca memória, trabalhe com poucos guias e verifique sempre o desempenho do Windows por meio da ferramenta “Gerenciador de tarefas”, que pode ser acessada com o comando “Ctrl+Alt+Del” no teclado.

Atualizar o Firefox

Como primeiro estágio, a página oficial da Mozilla recomenda ao usuário atualizar o navegador para a edição mais recente. Uma das causas mais comuns de lentidão é o uso de versões desatualizadas do browser, que podem não ter o mesmo suporte às tecnologias e padrões mais atuais.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Além disso, os desenvolvedores lançam correções a cada nova versão para problemas que, por si só, podem fazer o Firefox perder desempenho. Assim, o melhor cenário é ajustar a configuração para atualizar automaticamente o navegador. Para isto, entre no menu de opções e depois clique na aba “Avançado”. A configuração precisa estar como na imagem acima.

Desativar plugins

Se mesmo assim o Mozilla Firefox continuar lento, desative os plugins (extensões/ complementos) que não estejam mais em uso, a própria página oficial de suporte recomenda a desativação de cada um deles. Em seguida, feche o navegador e abra-o novamente. Se perceber que o programa está mais leve, o motivo do problema era algum plugin problemático.

Para escolher qual plugin desativar, clique no menu, escolha “Complementos” e depois vá em “Plugins”. Ao lado de cada extensão, você pode escolher qual vai permanecer ativa ou não. Assim, selecione entre “Sempre ativar” ou “Nunca ativar”.

Bloquear conteúdo desnecessário

Um dos grandes vilões que deixam os navegadores lentos é o Flash, por isso ele é cada vez menos usado pelas páginas atuais. Outros sites também podem usar scripts desatualizados, que para o usuário não têm nenhuma importância.

Para bloquear esses conteúdos, o suporte do Firefox recomenda dois plugins, o Flashblock, que barra o Flash de qualquer site ou portal, e o NoScript, que deixa o usuário selecionar qual script deixar ativado ou não. Porém, lembre-se: se for adicionar novos plugins ao Firefox, verifique se eles não vão atrapalhar o que já foi corrigido na dica anterior.

Adicionar mais RAM

Ainda de acordo com a página de suporte do Firefox, se nenhuma dessas soluções surtir efeito, talvez a melhor opção seja realmente acrescentar mais memória ao PC. Cerca de 4 GB de memória RAM no computador deve ser o suficiente para navegar com tranquilidade com várias abas abertas. Mas, atualmente, com todas as exigências da informática, o ideal é ter entre 6 GB e 8 GB.

Qual é o melhor navegador? Opine no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo