Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


Watch Dogs 2 é uma realidade. Após muitas especulações, a Ubisoft, enfim, confirmou o jogo no relatório financeiro divulgado no dia 11 de fevereiro. Segundo a empresa, ele deve ser lançado até abril de 2017. A expectativa no mundo dos games já é grande e, por isso, o TechTudo reuniu as principais informações e rumores sobre o novo capítulo da franquia.

História

A Ubisoft ainda não deu detalhes sobre o que acontecerá em Watch Dogs 2. Porém, há especulações de que o jogo vai se passar em San Francisco, na Califórnia. Um mistério é a participação de Aiden Pearce, protagonista do primeiro game, nesta sequência. O próprio CEO da empresa, Yves Guillemot, em uma entrevista em 2014, não confirmou – ou descartou – que o hacker será o principal personagem do segundo Watch Dogs.

Aiden pode não voltar no próximo jogo da série (Foto: Divulgação/Ubisoft) — Foto: TechTudo

Watch Dogs 1

A experiência em Watch Dogs foi boa, mas todos esperavam mais. O downgrade gráfico em relação aos primeiros trailers de divulgação foi enorme, o que decepcionou muitas pessoas. Além disso, a jogabilidade não era tão boa em certos aspectos, e o modo online não impressionava. Por isso, há a expectativa de uma evolução na sequência.

Watch Dogs prometia muito, mas não correspondeu (Foto: Divulgação/Ubisoft) — Foto: TechTudo

Quando o primeiro Watch Dogs foi anunciado, os trailers chamavam a atenção pela promessas de gráficos nunca antes vistos e gameplay fluido. No entanto, conforme os meses se passaram, foi possível notar uma queda acentuada no visual, o que preocupou os jogadores.

No lançamento do game, os temores foram confirmados. O jogo, apesar de não ser “feio”, teve gráficos apenas “na média” dos outros games, sem cumprir a expectativa enorme dos primeiros trailers. Mais que isso, o gameplay ainda teve problemas e recebeu críticas de alguns jogadores.

A parte de controle de veículos, por exemplo, deixou a desejar, e a própria movimentação de Aiden não agradou a todos. O jogo é interessante e tem várias sidequests que, apesar de repetitivas, podem garantir um nível legal de diversão. Porém, o modo online também decepcionou por ser simplório e pouco atrativo.

Gameplay de Watch Dogs não foi tão impressionante (Foto: Divulgação/Ubisoft) — Foto: TechTudo

Watch Dogs é muito interessante, mas sofreu com um hype exagerado antes de chegar ao mercado e decepcionou. Por isso, muitos jogadores temem que a mesma situação aconteça com The Division, um dos games mais esperados de 2016.

Melhorias

Lionel Raynaud, vice-presidente criativo da Ubisoft Montreal, em entrevista concedida no ano passado, revelou que Watch Dogs 2 deve, sim, receber melhorias em relação ao antecessor. Segundo ele, “é óbvio que há falhas” no primeiro jogo, mas a expectativa é de melhorar na sequência.

- Vamos surpreender os jogadores e acabar com estas falhas de forma radical. Há partes do jogo que precisam mudar – garantiu.

Comparação com Assassin’s Creed

A ideia da Ubisoft é fazer com que Watch Dogs 2 seja como Assassin's Creed 2. Depois do primeiro volume, que foi bom mas não atingiu o esperado, aparar as arestas e tornar a sequência um clássico. Segundo Raynaud, a meta é “ambiciosa” e será preciso usar as “novas tecnologias”, mas é possível.

Primeiro Assassins Creed recebeu críticas e série evoluiu (Foto: Divulgação/Ubisoft) — Foto: TechTudo

A franquia Assassin’s Creed é bem sucedida, mas teve dificuldades no caminho. A evolução do primeiro game para o segundo foi exemplar –  o primeiro era muito repetitivo, teve problemas na jogabilidade e recebeu algumas críticas, porém notou-se o potencial da saga à época.

Assassin’s Creed II, então, melhorou muitos destes pontos. A série sempre foi exemplar visualmente, mas continuou a evoluir em jogabilidade. Houve uma queda no nível em AC: Unity, que decepcionou muita gente por conter diversos bugs, mas Syndicate, que o sucedeu, voltou a ter a qualidade símbolo da franquia.

Assassins Creed é exemplo para Watch Dogs (Foto: Reprodução/GameSquad) — Foto: TechTudo

A grande questão de aprendizado para Watch Dogs em Assassin’s Creed é que, mesmo com pequenos problemas no primeiro jogo, a série tem potencial e a base de fãs que irá apostar na sequência caso as falhas sejam resolvidas. Portanto, basta trabalhar e entregar um produto que cumpra esta expectativa.

Desenvolvimento

Ao que tudo indica, Watch Dogs 2 já está em desenvolvimento há algum tempo. O site PC Advisor, por exemplo, destaca o currículo online de um programador sênior da Ubi que coloca em suas atribuições o trabalho em Watch Dogs, Bad Blood e também em Watch Dogs 2.

Currículo de dev mostra participação em Watch Dogs 2 (Foto: Reprodução/Gamespot) — Foto: TechTudo

Lançamento

A Ubisoft colocou o deadline de lançamento para abril de 2017, mas a tendência é que o jogo saia antes disso. Segundo o site Kotaku, Watch Dogs 2 deve ser lançado no final de 2016. A ideia é que substitua Assassin’s Creed na lista de novidades da Ubi deste ano, já que o novo jogo da franquia só sairá no ano que vem.

Ubisoft anunciou novo jogo em relatório fiscal (Foto: Divulgação/Ubisoft) — Foto: TechTudo

O que vocês achou de Watch Dogs? Comente no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo