Por Da Redação; Para O TechTudo


Em uma placa de vídeo há diversas especificações que fazem a diferença. Para não se arrepender depois, é muito importante entender alguns conceitos antes de fazer a compra. Uma dessas características é o tipo de memória utilizada. Entre os modelos vendidos, há placas de vídeo DDR3, GDDR3 e GDDR5.

Basicamente, os modelos se diferenciam pelo desempenho, o que reflete no preço cobrado por cada tipo de VGA. Conheça as diferenças e saiba qual é a melhor opção para você.

GT 610 utiliza memória DDR3; preço gira em torno de R$ 200 (Foto: Divulgação/Nividia) (Foto: GT 610 utiliza memória DDR3; preço gira em torno de R$ 200 (Foto: Divulgação/Nividia)) — Foto: TechTudo

Apesar de terem nomes parecidos, as memórias do tipo GDDR não são exatamente iguais as DDR. Existem diferenças incrementais que refletem diretamente na qualidade de gráfico proporcionada pelos modelos.

As memórias DDR3 são utilizadas em placas de vídeo de baixo custo e oferecem um desempenho inferior em relação as do tipo GDDR. Isso ocorre por conta de uma série de fatores, como dados por clock, latência e largura de banda menores.

As memórias GDDR foram pensadas exclusivamente para trabalhar em placas de vídeo – o “G”, inclusive, significa graphich. Junto com a GPU, são as principais responsáveis pelo avanço na qualidade dos gráficos.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tech no Android ou iPhone

Memória GDDR3, está acima das memória DDR3 (Foto: Divulgação/AMD) (Foto: Memória GDDR3, está acima das memória DDR3 (Foto: Divulgação/AMD)) — Foto: TechTudo

Os chips de memória GDDR3 faz um uso melhor de energia, melhorando a dispersão do calor e permitindo sistemas de refrigeração mais simples. Além disso, consegue operar em frequências maiores, o que aumenta a largura de banda. O componente consegue chegar a um total de 51.2 GB/s ao trabalhar em 256-bit.

GTX 780 Ti utiliza memória GDDR5 (Foto: Divulgação/Nvidia) — Foto: TechTudo

Já a memória GDDR5 trouxe uma série de inovações que fazem ser hoje o tipo mais utilizado em placas de vídeo de alto desempenho. O destaque fica por conta do Código de Correção de Erros (CRC), que permite aumentar a frequência das operações.

A memória GDDR5 também consegue oferecer um desempenho superior em relação às GDDR3. A primeira chega a um total de 160 GB/s operando em 256-bit, além de trabalhar com o dobro de dados por clock em relação ao GDDR3, quatro ao invés de dois.

Conclusão

Ainda é possível encontrar placas de vídeo que utilizam memórias DDR3. Com preço mais em conta, podem ser úteis para quem está com o orçamento muito apertado, não liga se está rodando tudo no máximo e não quer gastar muito.

A memória GDDR3 foi bastante utilizada em placas de gerações passadas. Hoje em dia é possível encontrar modelos com este tipo de memória, como a GT 9800. Os modelos podem ser uma opção para quem busca um pouco mais de desempenho e games de gerações passadas em boa configuração.

Para quem procura desempenho superior, os modelos com GDDR5 são os mais indicados. Oferecendo uma maior largura de banda, as placas de vídeo com esse tipo de memória são as indicadas para quem vai trabalhar com gráfico pesado como renderização de vídeo e jogos FPS multiplayer.

Vale destacar que outras configurações da placa de vídeo, como a GPU utilizada e o clock também vão influenciar diretamente no resultado final.

Mais do TechTudo