Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


As séries Galaxy A e Galaxy J têm opções de celulares com preços e tamanhos variados, ideais para quem pensa em comprar um modelo da Samsung. As duas linhas de telefone Android têm recebido bastante atenção da fabricante no Brasil, focando em detalhes como preço, design e câmera. Para os fãs da linha Galaxy A, os valores variam de R$ 1.099 e R$ 2.499. Já os modelos Galaxy J são mais em conta, entre R$ 529 e R$ 1.499.

Apesar de serem fabricados pela mesma companhia, os smartphones de cada linha têm muitas diferenças relevantes entre si. Para saber qual pode ser a melhor opção para você, o TechTudo preparou um comparativo de ficha técnica entre cada série de celulares da Samsung. 

Galaxy-A7-2016-home (Foto: Caio Bersot/TechTudo) — Foto: TechTudo

A7, J5, J1 Mini… Como a Samsung batiza os telefones?

Após ser muito criticada por lançar celulares parecidos com nomes confusos, a Samsung decidiu padronizar a forma que batiza intermediários e telefones de entrada. Agora, a letra que sucede “Galaxy” indica a linha de telefones, composta por telefones com características comuns, como a aparência, tela, funções e o preço, em alguns casos. Além de J e A, há ainda as linhas S, On, Note e E.

Galaxy A7 (2016) é o aparelho mais poderoso da linha A da Samsung (Foto: Caio Bersot/TechTudo) — Foto: TechTudo

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Os números que acompanham a letra de cada linha, geralmente, indicam a potência, em ordem crescente. Quanto maior o número, melhor o desempenho do smartphone. Por exemplo, o Galaxy A7 tem melhor funcionamento que o A3. Da mesma forma, o J3 tem melhor desempenho que o J1. Se você procura por mais potência, vale a pena comprar um A7 ou J7. Já o A3 e o J1 são opções mais baratas, dentro de sua série.

Design

Se você gostou das mudanças feitas nos Galaxy S6, Note 5, S7 e S7 Edge, a linha Galaxy A de 2016 promete agradar mais. Os telefones dessa edição têm corpo de vidro e metal, com aspecto premium. Já os modelos Galaxy A de 2015 vêm com bordas metálicas e traseira de plástico. A tampa traseira dos aparelhos não é removível, sem possibilidade de trocar a bateria em casa. 

Galaxy A e Galaxy J seguem linhas de design diferentes (Foto: Arte/Elson de Souza) — Foto: TechTudo

Já os celulares Galaxy J têm inspiração nos modelos mais antigos da Samsung, como Galaxy S5 e S4. Os smartphones são de plástico, o que deixa o preço final mais baixo, mas desagrada a quem busca um melhor acabamento. É importante lembrar que a tampa traseira da linha é removível, permitindo trocar a bateria. 

Tela

À medida que a tela dos smartphones cresce, é importante aumentar também a resolução para garantir uma melhor definição. Se você se importa com esse aspecto, a linha A oferece melhor qualidade. Nos Galaxy A7 e A5, é possível encontrar resolução Full HD (1080 x 1920 pixels) que garantem boa imagem para filmes e séries. Outra vantagem fica por conta da resistência, já que todos os telefones conta com proteção Gorilla Glass 4, que diminui os riscos de danos.

Tela dos aparelhos pode variar bastante nas linhas Galaxy J e A (Foto: Arte/Elson de Souza) — Foto: TechTudo

Com foco maior em preço, os telefones da linha J trazem a resolução máxima HD (720 x 1280 pixels), que tende a oferecer uma definição menor de 5,5". Isso deve ser levado em conta, caso o usuário pretenda ler no telefone ou ver conteúdo em alta resolução, afinal a densidade mais baixa diminui a definição da imagem. 

Android: versão, atualização e recursos

A Samsung tem feito um bom trabalho no que diz respeito à atualização, todos os aparelhos da linha Galaxy A e a maior parte da linha Galaxy J estão atualizados para o Android 5.1 (Lollipop). A exceção fica por conta dos Galaxy J1 (2015) e o J1 Ace, que devem ficar apenas na versão 4.4 (KitKat).

Se você está preocupado com o update para o Android Marshmallow, a melhor escolha é comprar um telefone da linha Galaxy A. Rumores indicam que a Samsung deve atualizar os aparelhos lançados em 2016 e 2015 para a nova versão. Por tradição, os Galaxy J ficam com o sistema que são lançados originalmente

Galaxy A7 e A5 2016 chegam com Android 5.1 Lollipop e pode ser atualizado (Foto: Caio Bersot/TechTudo) — Foto: TechTudo

Por fim, vale destacar ainda que a linha Galaxy A geralmente importa recursos de tops de linhas, como Galaxy S6 e Note 5. Nos modelos A7 e A5 de 2016, por exemplo, estão presentes o leitor de impressões digitais e o sistema de pagamento Samsung Pay. Enquanto isso, os modelos da linha J costumam trazer funcionalidades mais básicas.

Desempenho

De forma geral, os aparelhos da linha A apresentam melhor desempenho que os correspondentes da linha J. Por exemplo, o Galaxy A7 (2016) tem o dobro de memória RAM que o J7, superioridade essa que se repete quanto à tela, ao processador e a outras configurações. Com isso, é preciso analisar o celular separadamente para conhecer os detalhes.

Câmera

Se você busca uma câmera com boa resolução e desempenho satisfatório em ambientes pouco iluminados, a linha A traz modelos com maior abertura do obturador e estabilização óptica (OIS). Além disso, a Samsung aproveita para adicionar aos smarphones recursos como o Wide Selfie, que aumenta o espaço captado pela câmera frontal, criação de GIFs, reconhecimento de gestos e comando de voz para fotos sem as mãos.

Galaxy A e J tem diferenças importantes na câmera (Foto: Arte/Elson de Souza) — Foto: TechTudo

Boa parte da série Galaxy J, por sua vez, tem uma peculiaridade: a presença de flash LED frontal para iluminar selfies. Isso compensa a abertura do obturador, que não costuma ser muito grande na linha. No entanto, os telefones carecem de recursos mais completos.

Bateria

Galaxy A e J tem baterias de diferentes capacidades e com diversas funções (Foto: Arte/Elson de Souza) — Foto: TechTudo

As duas linhas de celulares trazem grande variação de capacidade de bateria, sendo necessário observar cada aparelho individualmente. A linha A de 2016, porém, traz uma grande vantagem: o carregamento rápido de 60% em apenas 30 minutos. Já a série Galaxy J se destaca por trazer bateria removível, o que é útil em casos de necessidade de troca. 

Preço

Galaxy A e J têm preços variados e para todos os bolsos (Foto: Arte/Elson de Souza) — Foto: TechTudo

A linha Galaxy A tem preços que cobrem desde os telefones intermediários até os tops de linha, com variação que vai de R$ 1.099 e R$ 2.499. Já os modelos Galaxy J ocupam uma faixa mais barata, com preços que variam entre R$ 529 e R$ 1.499. 

Conclusão

Se você procura celulares com melhor acabamento e funções mais próximas dos tops de linha, talvez a linha Galaxy A seja mais indicada para o seu perfil. Os modelos da Samsung se destacam pelo material sofisticado, câmeras com bom resultado e maiores chances de atualização para o Android 6.0. 

Qual é o melhor smartphone bom e barato? Comente no Fórum do TechTudo.

Galaxy A tem pontos fortes e baixos que pesam na escolha do usuário (Foto: Arte/Elson de Souza) — Foto: TechTudo

Já a série Galaxy J é uma melhor opção para quem deseja economizar e gosta da possibilidade de remover a bateria em casa. Apesar disso, usuários devem ter cuidado ao comprar aparelhos como Galaxy J3, J2 ou J1, já que as especificações deles são indicadas para tarefas básicas.

Galaxy J são opções mais baratas para quem gosta da Samsung (Foto: Arte/Elson de Souza) — Foto: TechTudo

Caso você tenha dúvidas mais específicas sobre modelos específicos da linhas Galaxy A e J, o TechTudo tem diversos comparativos com os aparelhos. Se estiver interessado em outros modelos, vale a pena conferir o levantamento do TechTudo sobre quantos aparelhos a Samsung lançou em 2015.

Mais do TechTudo