Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


O Xperia C5 Ultra é um smartphone da Sony, lançado em 2015, que chama a atenção de quem busca uma boa ficha técnica e câmera poderosa para selfies. O celular é à prova d'água e vem com Android 5.1 (Lollipop), processador octa-core Mediatek, bateria com duração supostamente de até dois dias e duas câmeras com sensor de 13 megapixels, incluindo flash LED.

A dúvida permanece: o Xperia C5 é bom? Com preço sugerido de R$ 2.199, ele pode ser uma boa pedida. O TechTudo analisou os prós e contras do modelo para te ajudar a decidir se vale a pena comprar o smartphone da Sony.

PONTOS POSITIVOS

Selfies com boa qualidade mesmo no escuro

O Xperia C5 Ultra vem com um câmera frontal de 13 megapixels, com flash LED e abertura de f/2.2. Com essa combinação, o aparelho deve oferecer selfies com boa qualidade, mesmo em ambientes com baixa luminosidade, como boates e fotos noturnas ao ar livre. Fora isso, o smartphone pode fazer gravações em Full HD (1080p), seja para vídeo chamadas ou em mensagens para o Snapchat.

Xperia C5 Ultra possui 13 megapixels na câmera frontal com Flash LED (Foto: Reprodução/Elson de Souza) — Foto: TechTudo

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Na parte traseira, o aparelho também conta com a câmera principal também de 13 MP com flash LED, e a abertura é de f/2.0, sendo maior do que a da câmera frontal. Além disso, o celular da Sony pode gravar em Full HD (1080p) com filtro HDR para tons mais vivos.

Telão com boa resolução para filmes e jogos

O Xperia C5 Ultra vem com uma tela gigante, de seis polegadas, com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) e densidade de 367 ppi. Com essas características, o aparelho deve ser ótimo para quem deseja assistir filmes e séries em telas maiores, bem como para leitura.  No caso de jogos e no uso do dia a dia, porém, vale a pena refletir se o tamanho avantajado do aparelho não será desconfortável.

Desempenho para tarefas do dia a dia

Embora não seja um top de linha, o Xperia C5 Ultra traz um conjunto que deve dar conta do recado na maioria das tarefas do dia a dia, como aplicativos sociais e jogos casuais. O celular tem um processador octa-core Mediatek MT6752 de 1,7 GHz, memória RAM de 2 GB e 16 GB de armazenamento interno, expansíveis em até 256 GB.

Xperia C5 ultra tem processador octa-core Mediatek, 2 GB de RAM e 16 GB internos (Foto: Reprodução/Elson de Souza) — Foto: TechTudo

O telefone traz ainda outras características interessantes. A primeira delas é o suporte à rede 4G, bem como Wi-Fi, Bluetooth e NFC. Já a bateria possui 2.930 mAh e deve durar até dois dias, segundo a Sony. No entanto, essa previsão só vale quando está ligado o moto Stamina, que desativa recursos do telefone para prolongar a carga.

PONTOS NEGATIVOS

Preço acima da média para intermediários

O Xperia C5 Ultra chegou ao Brasil com preço sugerido de R$ 2.199, nas cores menta (verde), preto e branco. Mesmo tendo pontos positivos, como a câmera frontal e processador de oito núcleos, o valor é consideravelmente elevado para um celular considerado intermediário. Para se ter uma ideia, o Moto G4 Plus e o Galaxy A7 (2016) estão à venda por R$ 1.499 e R$ 1.690, respectivamente.

Uma boa dica para quem deseja comprar o telefone da Sony é dar uma olhada em sites de busca de ofertas. Em nossos testes, conseguimos encontrá-lo por um valor inicial de R$ 1.750, que já é uma belo desconto em relação ao preço oficial.

Xperia C5 é vendido a R$ 2.199, mas pode ser encontrado em site de ofertas (Foto: Reprodução/Elson de Souza) — Foto: TechTudo

Nada de Android Marshmallow, apesar da promessa do update

Quem comprar o Xperia C5 Ultra receberá o telefone com o sistema Android 5.0 (Lollipop), do Google , e possibilidade de atualização para o 5.1. No site da Sony, o aparelho consta na lista de dispositivos que serão atualizados para a versão mais recente da plataforma, a 6.0 (Marshmallow). No entanto, não há prazo de quando isso acontecerá.

Embora o Android 5.1 (Lollipop) seja totalmente usável e compatível com apps, a chegada da versão 6.0 vai trazer novidades interessantes como o modo Doze, que aumenta a bateria, maior controle de privacidade e o compartilhamento direto com amigos. A versão já foi liberada pelo Google há quase um ano e o Android N já está sendo preparado, esse último podendo nem chegar ao Xperia C5 Ultra.

Não tem leitor de digitais e carregador rápido

Na comparação de recursos com os seus principais concorrentes, o Xperia C5 Ultra deixa a desejar em alguns pontos. O aparelho não vem com um leitor de digitais, para desbloqueio do aparelho sem senha e uso em pagamentos ou aplicativos. Outra ausência é o sistema de carregamento rápido, capaz de oferecer algumas horas de uso com apenas poucos minutos na tomada.

Xperia C5 Ultra não tem leitor de digitais e nem carregamento rápido como rivais (Foto: Reprodução/Elson de Souza) — Foto: TechTudo

Ambas as características citadas estão presentes em dois concorrentes já citados anteriormente: O Galaxy A7 (2016) e o Moto G 4. Além disso, o telefone da Lenovo ainda conta com o foco à laser na câmera traseira, que promete focar mais rápido, embora o Xperia C5 Ultra se saia bem quando o quesito é fotografias.

Mais do TechTudo