Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


O Windows 10 trouxe várias funções para facilitar a vida dos usuários, mas ainda pode apresentar problemas de sistemas passados, como lentidão ou travamentos. Esses erros podem ser ocasionados por uma variedade de fatores facilmente identificados. Por isso, o TechTudo reuniu dicas para identificar e resolver esses problemas no computador e deixá-lo funcionando corretamente.

Com o uso diário do Windows, não é incomum que o sistema operacional encontre dificuldades no funcionamento, geralmente por causa da instalação de novos programas, alterações no registro do sistema operacional, entre outros motivos. As dicas abaixo devem ajudar a resolver essas questões, mas, caso você não consiga identificar a razão da lentidão do computador, é aconselhável buscar um profissional qualificado para consertar o PC.

Além de detalhar o cronograma do Windows 10 para 2017, Microsoft pode surpreender com lançamento de desktop Surface (Foto: Luana Marfim/TechTudo) (Foto: Além de detalhar o cronograma do Windows 10 para 2017, Microsoft pode surpreender com lançamento de desktop Surface (Foto: Luana Marfim/TechTudo)) — Foto: TechTudo

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

1) Arquivos temporários acumulados

Conforme você utiliza o computador, instalando novos programas, salvando e apagando arquivos, entre outras ações, o sistema operacional gera arquivos temporários que, em teoria, deveriam ser apagados após a sua utilização. O problema começa quando o Windows acumula muitos desses arquivos, ocupando espaço no disco e deixando o funcionamento de programas prejudicado.

Para resolver isso, você pode apagar esses arquivos utilizando o programa CCleaner. Para fazer isso, baixe o programa (clique aqui), instale no computador e realize o seguinte processo:

Passo 1. Com o programa instalado, selecione a opção "Cleaner" e, em seguida, procure por “Temporary Files” na lista “System”.

Exclua os arquivos temporários do Windows com o CCleaner (Foto: Reprodução/André Mello) — Foto: TechTudo

Passo 2. Com a caixa dos arquivos temporários marcada, selecione “Analyze” e, em seguida, “Run Cleaner”. Isso fará com que o programa se livre desses arquivos presentes no seu computador. Se tudo correu como planejado, além de o PC estar um pouco mais rápido, você também ganhará mais espaço no disco.

2) PC infectado por vírus

É mais comum do que muitos imaginam ter o PC infectado por algum vírus. Por maior que seja o cuidado na instalação de programas no computador, muitas vezes malwares e spywares acabam infectando a sua máquina.

O melhor jeito de verificar se algo de errado está no computador é abrir o Gerenciador de Tarefas do computador (clique com o botão direito do mouse na barra de tarefas e selecione o gerenciador) e verificar a lista de processos abertos no Windows.

Caso o seu computador esteja infectado, existe a chance de aparecer algum processo estranho em execução, sem que seja possível encerrá-lo. Para resolver esse problema, é necessária a instalação de um bom antivírus para realizar a procura e a eliminação do vírus. Para verificar qual programa utilizar, clique aqui.

3) Disco mal fragmentado

Conforme você utiliza o computador, instalando programas e usando diversos arquivos, pedaços desses arquivos acabam espalhados pelo disco. Ao apagar aplicativos, o sistema deixa o posicionamento deles no disco vazio, em vez de otimizar a localização dos arquivos remanescentes. Isso faz com que a execução dos programas fique longe do ideal.

Para resolver isso, siga os passos abaixo:

Passo 1. Vá até o disco que deseja desfragmentar e clique com o botão direito do seu mouse. Selecione “Propriedades”.

Desfragmente o seu disco (Foto: Reprodução/André Mello) — Foto: TechTudo

Passo 2. Nas propriedades do disco, selecione “Ferramentas” e, em seguida, “Otimizar e desfragmentar unidade”. Clique em “Otimizar” e aguarde o processo finalizar.

4) Envio de arquivos do Windows Update

Com o lançamento do Windows 10, a Microsoft optou por mudanças na maneira como entrega as atualizações do sistema operacional. Por padrão, além de conseguir os arquivos do Windows Update através dos seus servidores, a Microsoft também usa o computador de outros usuários online, que enviam pedaços desses arquivos para facilitar a disponibilidade deles.

Por causa disso, muitas vezes o seu computador pode estar enviando trechos de atualizações do Windows para outros usuários sem que você saiba disso, gastando a sua internet e deixando as tarefas da máquina mais lentas.

Para desativar esse envio automático, siga estes passos:

Passo 1. Selecione as configurações do computador. Em seguida, vá até “Atualização e Segurança” e clique em “Opções avançadas”, dentro da sessão “Configuração de atualização”.

Altere a maneira como recebe ~e envia as atualizações do Windows 10 (Foto: Reprodução/André Mello) — Foto: TechTudo

Passo 2. Dentro das opções avançadas, clique em “Escolha como as atualizações serão obtidas” e, em seguida, desative a opção.

5) Muitos programas iniciados juntos com o Windows

Muitos programas, quando instalados no Windows, trazem a opção padrão de serem inicializados junto com o sistema operacional. Isso acaba deixando a inicialização mais lenta do que ideal, além de deixar esses aplicativos rodando em segundo plano, caso você não pare o que esteja fazendo para fechá-los.

Para resolver quais programas realmente serão inicializados com o Windows, siga esses passos:

Passo 1. Abra o gerenciador de tarefas do Windows, conforme o tutorial informado acima. Dentro dele, selecione a aba “Inicializar”.

Selecione quais programas serão inicializados junto com o Windows (Foto: Reprodução/André Mello) — Foto: TechTudo

Passo 2. Você deve visualizar a lista de programas que iniciam junto com o Windows. Escolha qual você deseja remover e, em seguida, clique no botão “Desabilitar”.

6) Registro do Windows desatualizado ou corrompido

Conforme você instala e desinstala programas no Windows, o registro do sistema operacional pode acabar corrompido, com entradas para aplicativos e tipos de arquivos que não estão mais no PC. Isso faz com que o sistema operacional não funcione da melhor maneira possível, já que acaba procurando por vestígios que não estão na máquina.

Para corrigir esses erros no registro, você pode utilizar um programa como o CCleaner.

Baixe o programa, clicando aqui, e realize os seguintes passos:

Passo 1. Dentro do CCleaner, na barra de opções na esquerda, selecione “Registry”.

Passo 2. Dentro da área, clique em “Scan for Issues”. O programa fará uma varredura no registro do Windows, procurando possíveis falhas. Ao encontrá-las, elas serão listadas e você pode arrumá-las clicando em “Fix selected issues…”.

Analisando entradas do registro do Windows que apresentam problemas (Foto: Reprodução/André Mello) — Foto: TechTudo

Passo 3. Caso queira, você pode analisar cada entrada incorreta no registro e selecionar a ação do programa. Se preferir eliminá-las automaticamente, clique em “Fix all selected issues”. 

Você ainda pode analisar cada entrada errada e o que fazer com ela (Foto: Reprodução/André Mello) — Foto: TechTudo

Você pode repetir o processo algumas vezes para tentar encontrar mais falhas no registro até que fique completamente limpo.

Quais placas de vídeo usar com Windows 10? Veja no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo