Por Da Redação; Para O TechTudo


O Acer Predator 17 teve lançamento no Brasil com o objetivo de conquistar o público gamer. Com Windows 10, hardware potente e tela de 17 polegadas Full HD (1920 x 1080 pixels), o notebook para jogos tem vantagens e desvantagens que podem influenciar diretamente na decisão de comprar ou não o PC.

A avaliação a seguir tem base na ficha técnica do computador, a partir de uma análise de características importantes como preço, tamanho, peso, memória RAM, processador, armazenamento e sistema operacional. Para descobrir quais são os prós e contras do notebook gamer da Acer, confira o texto abaixo.

Vale a pena comprar o Acer Predator 17? Veja prós e contras do notebook (Caio Bersot/TechTudo) — Foto: TechTudo

Vantagens

1) Desempenho

Como apontado no review do TechTudo, o funcionamento do Acer Predator 17 é de alto nível, justamente para rodar os jogos mais pesados e recentes. Para que isso ocorra, o PC conta com memória RAM DDR4 de 16 GB, processador Intel Core i7, placa de vídeo GeForce GTX 980M e armazenamento de 128 GB SSD com 1 TB HDD. Com Windows 10 Home, o computador roda sem lentidão ou congelamentos, ou seja, promete e cumpre uma ótima experiência de uso quanto ao hardware.

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

O Predator 17 tem memória RAM DDR4 de 16 GB (Caio Bersot/TechTudo) — Foto: TechTudo

2) Teclado gamer

Os detalhes físicos são uma das partes mais importantes dos acessórios gamers, e a Acer pareceu entender isso com o teclado do Predator 17. Com opção de personalizar as cores, destaque para as teclas mais usadas (W, A, S e D) e atalhos para configurações importantes do computador, o notebook oferece digitação confortável e acerta ao permitir mais de 16 milhões de cores na iluminação dos botões.

Com teclado adaptado para gamers, o Predator 17 ajuda na jogabilidade (Caio Bersot/TechTudo) — Foto: TechTudo

3) Sistema contra poeira e calor

Por causa do investimento alto que é comprar o Acer Predator 17, uma tecnologia contra poeira e excesso de calor é bem-vinda. Com o sistema DustDefender, o notebook consegue alterar o fluxo de ar dentro do aparelho, expulsando a poeira. O melhor disso é que permite que o laptop gamer tenha grades de ventilação maiores, o que garante maior refrigeração para as peças. Além disso, o PC ainda chega acompanhado de um cooler externo, que pode ser acoplado para evitar o superaquecimento.

Acer Predator 17 tem grades para melhor ventilação (Caio Bersot/TechTudo) — Foto: TechTudo

Desvantagens

1) Pouco portátil

O Predator 17 tem dimensões de 3,97 x 42,3 x 32,15 cm, o que é um tamanho bem acima da média, e deve ser difícil de encontrar mochilas em que o notebook caiba com facilidade, por exemplo. O tamanho grande, a princípio, é para comportar todo o hardware e fornecer uma tela maior, no entanto, isso não deixa de ser um incômodo para os usuários que pretendem levar o dispositivo para outros lugares.

2) Preço salgado

Acer Predator 17: notebook tem desempenho alto, mas preço salgado (Divulgação/Acer) — Foto: TechTudo

Com preço sugerido de R$ 13.999, o Acer Predator 17, com certeza, é um bom notebook gamer. Ainda assim, o valor cobrado pelo computador pode deixar muitos consumidores em dúvida, principalmente ao considerar o público específico do PC. Para quem pretende usar muitas funções além de jogar com o laptop, é possível encontrar outros modelos à venda no mercado por preços mais acessíveis. Com isso, as vantagens do computador ficam muito restritas a jogadores.

3) Peso

Como se o tamanho já não fosse suficiente para limitar a portabilidade do Predator 17, o peso de 4 kg do notebook gamer também não ajuda muito. Carregar o computador na mochila por muito tempo pode ser um desafio cansativo, e é provável que esse detalhe faça o uso do notebook ser parecido com o de um PC desktop, que, geralmente, fica sobre um mesmo lugar dentro da casa. Afinal, até mesmo deixar o Predator 17 sobre as pernas é desconfortável.

Mais do TechTudo