Publicidade

Por Fonte; Para O TechTudo


O Super Nintendo ainda é um dos consoles mais famosos de todos os tempos e o motivo para isso é bem simples: o seu catálogo de jogos. Alguns dos maiores clássicos foram lançados nele, como Donkey Kong Country, Mortal Kombat, Top Gear, Super Mario World e The Legend of Zelda. Nesta lista, conheça ou relembre os melhores e saiba o motivo de serem tão queridos pelos fãs no mundo todo.

Donkey Kong Country

O Donkey Kong Country foi um dos grandes games de sua época. Fazendo uso de uma tecnologia até então inédita, ele levou gráficos quase 3D ao Super Nintendo, de forma pré-renderizada, com cenários bem elaborados e personagens com volume.

Donkey Kong Country é um dos melhores do SNES (Foto: Reprodução/Retro Gaming) — Foto: TechTudo

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

Todos estavam acostumados com visual 2D em jogos do Super Nintendo, mas em DK Country vimos algo bem diferente. Se não for o suficiente, há ainda uma jogabilidade bem equilibrada e campanha divertida de se jogar no comando de Diddy Kong ou Donkey Kong.

O Chrono Trigger é também um dos melhores jogos de RPG lançado em todos os anos. O traço de Akira Toriyama, de Dragon Ball, traduzido para o 2D do jogo ficou bem adequado em sua época. Além disso, a jogabilidade era tudo que esperávamos em um RPG.

Chrono Trigger (Foto: Divulgação/Square Enix) — Foto: TechTudo

Produzido pela Squaresoft, Chrono Trigger é o exemplo do que um RPG de videogame precisa ser: personagens carismáticos, enredo épico, trilha sonora caprichada e muita emoção nas batalhas. Ele foi o responsável por elevar o nível de outros jogos do gênero, em sua época.

Super Mario World 2: Yoshi’s Island

O Super Nintendo teve outros jogos principais do Super Mario na época, como o próprio Super Mario World, mas em Super Mario World 2: Yoshi’s Island a diversão é elevada em muitos níveis inesperados.

Yoshis Island (Foto: Reprodução/Retro Gaming) — Foto: TechTudo

No controle de Yoshi, que carrega um “Mario bebê” em suas costas, precisamos lidar com ameaças que surgem pelo caminho nas fases 2D. O gráfico lembra um desenho animado em pleno movimento na frente de nossos olhos. Os cenários desenhados com “giz de cera” e a trilha sonora foram destaque.

Top Gear

Quando lemos o nome “ Top Gear”, já ouvimos sua clássica música tocar em nossas cabeças. Não é por menos, pois o jogo de corrida futurista se destacou justamente por conta da trilha sonora no Super Nintendo.

Top Gear (Foto: Reprodução/Retro Gaming) — Foto: TechTudo

Mas Top Gear vai além e nos presenteia com um game verdadeiramente divertido e com controles bem trabalhados. A disputa multiplayer era um dos grandes destaques da ação, que, somada às músicas viciantes, deixava tudo mais emocionante.

Super Mario RPG

O Super Mario RPG mistura o que tornou jogos como Donkey Kong Country e Chrono Trigger bons: gráficos inovadores com uma história de RPG extraordinária. Em Super Mario RPG, vimos pela primeira vez o herói Mario em um game bem diferente do que estávamos acostumados, e a experiência foi boa.

Super Mario RPG (Foto: Reprodução/Retro Gaming) — Foto: TechTudo

Em Super Mario RPG, controlamos não apenas Mario, mas também uma equipe de heróis e até vilões, já que Bowser se junta ao antigo inimigo durante toda a aventura, graças a uma nova ameaça. O game é tão divertido que até hoje os fãs pedem por uma continuação digna.

The Legend of Zelda A Link to the Past

O The Legend of Zelda A Link to the Past é também um dos melhores jogos de todos os tempos. A aventura de Link no Super Nintendo surpreende pelo visual limpo e bonito, mas brilha mesmo é na jogabilidade.

The Legend of Zelda A Link to the Past (Foto: Reprodução/Retro Gaming) — Foto: TechTudo

A visão superior herdada do primeiro Zelda dá tons de nostalgia à aventura, que é guiada em tempo real pelo jogador no comando de Link. O personagem deve novamente salvar a princesa Zelda. The Legend of Zelda A Link to the Past até hoje é jogado sem cansar, já que se trata de um dos games mais caprichados da série.

Super Metroid

O Super Metroid é inesquecível. A grande aventura de Samus Aran no Super Nintendo fez história para a saga Metroid e elevou o nível de muitas formas. Os gráficos são verdadeiramente um destaque, com animações bem detalhadas e um design de cenários que chega a ser assustador.

Super Metroid (Foto: Reprodução/Retro Gaming) — Foto: TechTudo

O clima de ficção científica sinistro e os monstros que surgiam em cada sala fizeram dele um dos games mais difíceis do Super Nintendo. Mas isso não impediu que Super Metroid fosse um enorme sucesso.

O Mega Man X foi o primeiro “derivado” da série Mega Man que inaugurou a série “X” e fez sua estreia no Super Nintendo. Ele tinha tudo que fez de Mega Man um enorme sucesso, mas melhor, a começar pelos gráficos.

Mega Man X (Foto: Reprodução/Retro Gaming) — Foto: TechTudo

Em Mega Man X, o jogador estava ainda mais no futuro, com novas armas, novidades na jogabilidade e até mesmo outros personagens, como Zero, que viria a se tornar seu aliado mais adiante. É um dos melhores da série.

Street Fighter 2

O Street Fighter 2 não era exclusivo do Super Nintendo, mas foi um dos principais jogos de luta da época e ainda é lembrado como um dos melhores games do gênero de todos os tempos. A Capcom caprichou neste aqui.

Street Fighter 2 (Foto: Reprodução/Retro Gaming) — Foto: TechTudo

O combo de personagens interessantes e gráficos bonitos alavancou a série Street Fighter de um “limbo” de onde nunca mais voltaria a estar. A versão Super Nintendo traduziu bem o que era vistos nos fliperamas, e por isso vendeu milhares de unidades.

F-Zero

O F-Zero é mais um jogo de corrida que fez grande sucesso no Super Nintendo. O game é da própria Nintendo e fez sua estreia no console, ainda no início dos anos 90. Os gráficos eram bem diferentes do que todos tinham visto.

F-Zero (Foto: Reprodução/Retro Gaming) — Foto: TechTudo

A visão era frontal e a pista ia se formando na frente do jogador, dando um efeito de velocidade bem inesperado. Os carros futuristas faziam seu trajeto de forma pouco segura, mas com bastante emoção, além da jogabilidade equilibrada.

Mais do TechTudo