Por Da Redação; Para O TechTudo


O WordPress lança periodicamente novas versões a fim de corrigir vulnerabilidades. Contudo, a plataforma não está livre de ações cometidas por invasores, pois os usuários da ferramenta acabam fazendo uso de plugins desatualizados e temas piratas, que são desenvolvidos por terceiros. 

Mas nem tudo está perdido. O WordPress conta com extensões que são atualizadas com frequência, ajudando a monitorar e a proteger uma página criada dentro da plataforma. Conheça, a seguir, cinco plugins de segurança para proteger seu blog com domínio no WordPress de ataques. 

wordpress — Foto: TechTudo

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

O primeiro contato de um invasor com um blog ocorre pela página de login ou por uma brecha de segurança. Seja qual for o método, é preciso barrar as opções do invasor. Para isso, existem plugins de segurança como Login LockDown, MiniOrange Google 2 Factor Authentication, Sucuri Security , Wordfence Security e WP Content Copy Protection

login lockdown — Foto: TechTudo

Login LockDown

O Login Lockdown é um plugin gratuito que protege uma página de login contra uma técnica de invasão chamada ataque de força bruta, que adivinha senhas frágeis. Após uma certa quantidade de tentativas maliciosas, os invasores são impedidos de tentarem novamente, por meio de bloqueio de IP.

Mini Orange — Foto: TechTudo

MiniOrange Google 2 Factor Authentication

O MiniOrange Google 2 Factor Authentication é também gratuito e, da mesma forma, protege uma página de login de um blog contra invasores que utilizam ataque de força bruta para adivinhar senhas frágeis. Similiar ao Login Lockdown, a diferença desse é que o login passa a ser autenticado por e-mail e por mensagem de celular, dificultando, assim, a vida dos hackers.

sucuri 2 — Foto: TechTudo

Sucuri Security

O Sucuri Security é um plugin por meio do qual é possível corrigir arquivos adulterados com malwares no servidor de um blog no WordPress. Com o planos gratuitos e pagos, a extensão também permite monitorar os nomes de usuários testados por invasores nas tentativas de login

wordfence — Foto: TechTudo

Mais do TechTudo