Por Isabela Giantomaso, para o TechTudo


O Facebook anunciou nesta sexta-feira (28) melhorias para o Gerenciador de Direitos de vídeos publicados por páginas. A partir das próximas semanas, administradores de todos os países poderão ganhar dinheiro com imagens 'roubadas' na rede social. O processo retorna parte da receita publicitária obtida pelos posts 'piratas' para o produtor de conteúdo, além de poder bloquear o carregamento dos materiais copiados logo após o upload. Configurações para estabelecer quanto dos vídeos podem ser duplicados também estarão disponíveis com a atualização.

Facebook vai permitir ganhar dinheiro com vídeos 'roubados' por outras páginas — Foto: Luciana Maline/TechTudo Facebook vai permitir ganhar dinheiro com vídeos 'roubados' por outras páginas — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Facebook vai permitir ganhar dinheiro com vídeos 'roubados' por outras páginas — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

A ferramenta foi lançada em abril de 2016, mas agora as ações foram automatizadas para uma reivindicação dos direitos mais simples e rápida. Segundo o Facebook, os donos de páginas com vídeos originais que foram roubados poderão bloquear o conteúdo protegido logo após identificar a correspondência, além de solicitar parte do dinheiro gerado na cópia. Para este último, a rede social afirma que ainda está testando a quebra de anúncios em imagens 'pirateadas'.

De acordo com a rede social de Mark Zuckerberg, as páginas, antes de solicitar parte do dinheiro gerado pelo vídeo roubado, poderão definir quais detalhes serão considerados para identificar uma imagem correspondente. Entre as opções estão o estabelecimento de quanto do conteúdo precisa ser copiado para se tornar um material 'pirata'. É possível, por exemplo, liberar a publicação de pequenos trechos, mas não do vídeo inteiro.

Como saber quem me excluiu do Facebook? Troque dicas no Fórum do TechTudo.

Via Facebook

MAIS DO TechTudo