Por Pedro Cardoso, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A GoPro anunciou na quinta-feira (27) que o seu serviço de hospedagem de fotos e vídeos na nuvem está disponível também no Brasil, através de uma assinatura mensal de R$ 19,99. O GoPro Plus pode ser testado gratuitamente por 30 dias e esta presente de forma nativa para todas as câmeras HERO 5.

Quem possui as câmeras HERO 2 HD, ou mais recentes, também poderá usar a função por meio do aplicativo Quik para desktop, que também é utilizado para edições básicas de vídeo. Assim, o usuário conseguirá enviar seu material para a nuvem de forma automática e abri-las em outros dispositivos como notebook, smartphones, ou sincronizar com a Apple TV através da ferramenta AirPlay.

GoPro Plus é o serviço de nuvem oficial da marca — Foto: Reprodução/site GoPro GoPro Plus é o serviço de nuvem oficial da marca — Foto: Reprodução/site GoPro

GoPro Plus é o serviço de nuvem oficial da marca — Foto: Reprodução/site GoPro

A empresa afirma que os assinantes do GoPro Plus terão descontos diversificados em acessórios para as câmeras, além de 20% de dedução nos preços de produtos licenciados na loja online da marca, como bonés, camisetas, moletons e mais.

Sobre as limitações do serviço, o site indica que a biblioteca na nuvem suporta até 35 horas de vídeo, 62.500 fotos ou uma combinação de ambas as mídias. Uma restrição da plataforma indica que os vídeos e fotos serão armazenados em até 1440p de resolução e 12 MP, independentemente da resolução que foi gravada.

O serviço GoPro Plus estreou nos Estados Unidos em 2 de novembro de 2016. “Nossa meta é fazer produtos que permitem capturar experiências e criar histórias engajadoras para compartilhar com sua família e amigos”, afirma CJ Prober, COO da GoPro. “A experiência que apresentamos com nossos apps torna a criação de vídeos divertida, simples e rápida. Agora, com o GoPro Plus, estamos entregando a habilidade de criar vídeos quando e onde quiserem, no próprio smartphone”.

Quem não quiser assinar o serviço poderá continuar a transferir suas gravações para um PC e, de lá, salvar em qualquer serviço gratuito da nuvem como Google Drive, OneDrive ou Dropbox por exemplo. Em todos os casos, é possível sincronizar com diversos sistemas operacionais e abrir suas fotos e vídeos em toda a sorte de computadores e smartphones. Porém, com estas opções, não há uma integração direta com os equipamentos da fabricante.

Além do Quik, que está disponível em sistemas móveis e desktop, a GoPro também tem outros apps oficiais que facilitam a captura e edição de vídeos. O Capture, antigo GoPro App, transforma o celular em um controle remoto para a câmera. Já o GoPro Studio é um programa para edições de vídeo simples disponível para Windows e macOS.

Via GoPro

MAIS DO TechTudo
QUE CONFUSÃO!
Smartphones mudam para o horário de verão na madrugada de 21 de outubro e usuários reclamam na web
Foto: (TechTudo)
LEMBRA DE SECOND LIFE?
Fundado em 2003, o simulador online ainda está em funcionamento
Foto: (Reprodução)
VALE A PENA?
Fone JBL T110BT é um dos mais baratos do mercado nacional e tem bateria para seis horas de música
Jogos
Quadriculados esquisitos, pombas e corações são algumas estampas das camisas mais estranhas do jogo
Foto: (Reprodução/Murilo Molina)
Redes sociais
Mensageiro recomenda sempre checar se a informação é confiável antes de compartilhar
SOLTA O SOM!
Orientações também indicam métodos para o carregamento ser mais rápido e eficiente
Foto: (Raquel Freire/TechTudo)
COMEÇOU!
Empresa também deixou de lado qualquer possibilidade de mudança no aplicativo até o fim do pleito presidencial
Foto: (Marvin Costa/TechTudo)
DEMAIS!
Listagem de setembro traz os dez smartphones Android mais rápidos. Dois estão à venda no Brasil: Galaxy Note 9 e Zenfone 5Z.
Foto: (Divulgação/Asus)