Por Isabela Giantomaso, para o TechTudo


A JBL e a Sony são algumas das melhores fabricantes de caixas de som no Brasil. Entre as opções à venda estão a Charge 3 e a SRS-XB3, ambas portáteis. A JBL Charge 3 é à prova d'água, enquanto a Sony SRS-XB3 é apenas resistente. No caso do modelo da JBL, há ainda compatibilidade com o aplicativo Connect e com as assistentes virtuais Siri e Google Now, para configurar o aparelho de forma fácil e rápida. Já o modelo da Sony promete autonomia da bateria de até 24 horas e graves intensos com o Extra Bass.

Antes de investir em um dos aparelhos, que custam entre R$ 600 e R$ 999, confira detalhes de cada caixinha de som e saiba qual vale mais a pena para o que está procurando. A seguir, veja o comparativo de design, conectividade, especificações, bateria e preço da JBL Charge 3 e da Sony SRS-XB3 e descubra qual tem o melhor custo-benefício.

JBL Charge 3 e Sony SRS-XB3 são resistentes à água e prometem som de qualidade; veja qual caixa é melhor — Foto: Isabela Giantomaso/TechTudo JBL Charge 3 e Sony SRS-XB3 são resistentes à água e prometem som de qualidade; veja qual caixa é melhor — Foto: Isabela Giantomaso/TechTudo

JBL Charge 3 e Sony SRS-XB3 são resistentes à água e prometem som de qualidade; veja qual caixa é melhor — Foto: Isabela Giantomaso/TechTudo

Design

O design da caixa de som da JBL é uma dos pontos fortes da fabricante, com formato circular revestido de tecido e borracha e com radiadores nas laterais. Já a SRS-XB3, da Sony, traz um desenho retangular mais comum na categoria de áudio, com dois alto-falantes. O tamanho dos modelos, no entanto, é quase o mesmo: enquanto a Charge 3 tem dimensões de 21 x 8 x 8,8 cm, a caixa da Sony fica com 21 x 8 x 8,3 cm, com peso de 800 g e 930 g, respectivamente.

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

O principal diferencial dos dispositivos no quesito "Design" está proteção contra água. A JBL sai na frente com certificação IPX7, o que garante que a caixa pode ser submersa em até 1 metro por 30 minutos. Já o aparelho da Sony oferece a garantia IPX5 contra jato d'àgua em baixa pressão com spray por até três minutos, ou seja, a caixa não pode cair na piscina, por exemplo, e nem ficar na chuva por muito tempo.

SRS-XB3 tem certificação contra jatos de água e poeira  — Foto: Divulgação/Sony SRS-XB3 tem certificação contra jatos de água e poeira  — Foto: Divulgação/Sony

SRS-XB3 tem certificação contra jatos de água e poeira — Foto: Divulgação/Sony

Conectividade

No quesito "Conectividade" há pouco o que comparar entre a Charge 3 e a SRS-XB3, já que o modelo da JBL sai muito na frente com o aplicativo JBL Connect para Android e iPhone (iOS) e suporte a assistentes virtuais como Siri e Google Now para configurar usando apenas comandos de voz. Há ainda Bluetooth 4.1, a possibilidade de conectar até três celulares ou tablets juntos para revezar a reprodução de músicas e emparelhamento de duas caixas juntas para expandir o áudio.

Já a caixa de som da Sony traz Bluetooth 3.0 e tecnologia NFC para conectar o smartphone ou outro dispositivo móvel sem fio ao aparelho. Além disso, a SRS-XB3 oferece a função Stereo Paring para, assim como na JBL, conectar duas caixas juntas para ampliar o som e auxiliar nas músicas de uma grande festa, por exemplo.

Caixa tem função Extra Bass para graves intensos — Foto: Divulgação/Sony Caixa tem função Extra Bass para graves intensos — Foto: Divulgação/Sony

Caixa tem função Extra Bass para graves intensos — Foto: Divulgação/Sony

Especificações

A Charge 3 e a SRS-XB3 trazem dois radiadores passivos cada, sendo o da JBL com transdutores de 50 mm e a da Sony com 48 mm. No primeiro modelo há ainda microfone embutido para controlar a assistente virtual e atender ligações com recurso de cancelamento de ruídos e ecos, enquanto o segundo traz tecnologia Extra Bass para graves mais intensos. Ambas oferecem também entradas P2 e USB e 3,5 mm para conectar o celular ou tablet.

Bateria

A bateria da Charge 3 e da SRS-XB3 prometem deixar o usuário sossegado durante uma comemoração, sem riscos da caixa parar de funcionar durante a festa. O modelo da JBL reproduz até 20 horas de música sem interrupção, com tempo de 4,5 horas para carregar, segundo a fabricante. Já a Sony indica que seu aparelho entrega carga suficiente para até 24 horas de som.

Tanto a Charge 3 quanto a SRS-XB3 oferecem opção para transformar caixa de som em carregador para o celular — Foto: Aline Batista/TechTudo Tanto a Charge 3 quanto a SRS-XB3 oferecem opção para transformar caixa de som em carregador para o celular — Foto: Aline Batista/TechTudo

Tanto a Charge 3 quanto a SRS-XB3 oferecem opção para transformar caixa de som em carregador para o celular — Foto: Aline Batista/TechTudo

Um destaque importante na bateria das duas caixas é que, por conta da boa autonomia, os modelos permitem carregar um smartphone conectado via cabo USB, tornando o aparelho um carregador portátil quando for necessário.

Preço

Ter uma caixa de som portátil de uma fabricante reconhecida e ainda com resistência à água é um investimento algumas vezes caro. Entretanto, no Brasil, basta pesquisar em diferentes lojas para encontrar um preço que cabe no bolso.

A Charge 3 é vendida na loja oficial da JBL por R$ 999, mas é possível encontrar o mesmo modelo no varejo nacional por R$ 700. Já a SRS-XB3 está por enquanto indisponível no site da Sony e pode ser achada nas lojas brasileiras por preços entre R$ 600 e R$ 900. Caso as caixas não sejam compradas direto com a fabricante é importante sempre conferir se a vendedora é confiável e se há garantia do estabelecimento.

Caixas podem ser encontradas por preço mais em conta em lojas do varejo nacional — Foto: Aline Batista/TechTudo Caixas podem ser encontradas por preço mais em conta em lojas do varejo nacional — Foto: Aline Batista/TechTudo

Caixas podem ser encontradas por preço mais em conta em lojas do varejo nacional — Foto: Aline Batista/TechTudo

Conclusão

Tanto a caixa da JBL quanto a da Sony prometem um som de qualidade com bateria para muitas horas de música. Enquanto a SRS-XB3 oferece o Extra Bass para graves mais intensos, a Charge 3 traz conectividade com aplicativo e assistente virtual. Comparando os preços mais baixos encontrados no mercado nacional, as duas só têm diferença de R$ 100, sendo a JBL mais cara.

Para escolher entre uma das caixas talvez seja indicado o consumidor colocar no papel o que está procurando e onde pretende utilizar o aparelho de som. Caso queira algo mais resistente, com audio preciso e mais opções de conectividade, a Charge 3 é o produto ideal. Para uma reprodução de qualidade, mas com recursos mais básicos, a SRS-XB3 também não deixa a desejar.

MAIS DO TechTudo
MELHORES DO MUNDO!
MsDossary campeão mundial, brasileiros na disputa e torneios de tirar e prêmios milionários; relembre os principais momentos da temporada
Foto: (Divulgação )
SABIA DESSA?
Funcionalidade pouco conhecida ajuda usuário a programar o seu dia
Foto: (Reprodução/Helito Beggiora)
DESCONTÃO!
Queda de preço fez celular ser um dos mais buscados na última Black Friday. Ficha técnica inclui processador de 4 núcleos.
Foto: (Thássius Veloso / TechTudo)
EITA!
Qual a arma mais cara do CS:GO? Skin muito valiosa foi vendida por US$ 61 mil em janeiro de 2018
Foto: (Reprodução/TechTudo)
JOGOS PARA IPHONE
Candy Crush Saga, PUBG Mobile, Fortnite e muito mais no Top 10 da loja de aplicativos do iOS
Foto: (Reprodução)
ESPORTS
Febre no Brasil no início dos anos 2000, lan houses foram importantes para o crescimento do esport no país e continuam vivas até hoje
Foto: (Divulgação/Rocketz)
BOMBARAM!
Confira o resumo de tudo o que rolou na semana no mundo dos games
BANIDO!
Escândalo começou com caso de racismo por parte do jogador da TNC Predator, mas o caso ganhou uma repercussão ainda maior
Foto: (Divulgação/Bully Hunters)