Parque Indígena do Xingu ganha doodle do Google; conheça história do PIX

Ilustração mostra pés de mandioca, ocas, barcos e acessórios decorativos

Parque Indígena do Xingu ganha doodle do Google; conheça história do PIX Parque Indígena do Xingu ganha doodle do Google; conheça história do PIX
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Felipe Alencar, para o TechTudo

O Parque Indígena do Xingu (conhecido também como PIX) completa hoje 56 anos de fundação e, por isso, recebe um doodle da Google como uma singela forma de homenagem. Doodles são formas modificadas da marca do Google. A empresa faz isso para relembrar momentos históricos, celebrar datas comemorativas e homenagear pessoas importantes em nossa história.

A arte do doodle de hoje traz elementos característicos da cultura indígena, como a pesca – a forma predominante de sustento do povo indígena –, pés de mandioca, ocas, barcos, plantações e acessórios de decoração. O doodle de hoje é exclusividade do Brasil.

Doodle Parque Nacional Xingu (Foto: (Foto: Felipe Alencar/TechTudo) ) Doodle Parque Nacional Xingu (Foto: (Foto: Felipe Alencar/TechTudo) )

Doodle Parque Nacional Xingu (Foto: (Foto: Felipe Alencar/TechTudo) )

O Parque Indígena do Xingu, antes conhecido como Parque Nacional Indígena do Xingu, foi a primeira terra reconhecidamente indígena homologada pelo governo federal, em 1961 com o aval do presidente Jânio Quadros.

Os principais idealizadores do Parque Indígena do Xingu foram os irmãos Villas Bôas (Orlando, Cláudio e Leonardo). O Parque está localizado no estado de Mato Grosso e possui aproximadamente 2.8000.000 hectares, cerca de 27 mil quilômetros quadrados. Ela é cortada pelos formadores do Rio Xingu, que são os rios Kuluene, Tanguro, Kurisevo e Ronuro.

O PIX abriga, atualmente, cerca de 5.500 índios, divididos em 14 tribos distintas: Cuicuros, Calapalos, Nauquás, Matipus, Icpengues, Meinacos, Uaurás, Iaualapitis, Auetis, Camaiurás, Jurunas, Caiabis, Trumais e Suiás. Mas o parque já chegou a contar com 17 tribos, mas os Panarás, Caiapós e Tapaiunas deixaram a região.

Foto de 2015 mostra a comemoração dos 20 anos da Associação Terra Indígena do Xingu (Foto: Divulgação / Mario Vilela / Funai) Foto de 2015 mostra a comemoração dos 20 anos da Associação Terra Indígena do Xingu (Foto: Divulgação / Mario Vilela / Funai)

Foto de 2015 mostra a comemoração dos 20 anos da Associação Terra Indígena do Xingu (Foto: Divulgação / Mario Vilela / Funai)

O objetivo do Parque Indígena Xingu é poder melhorar a assistência aos índios, preservar sua fauna, flora e cultura e ainda documentar tudo através dos mais diversos meios. Vários documentários foram produzidos no local, além de um filme em 2011, com o nome de “Xingu” e que conta toda a saga dos irmãos Villas Bôas em criar este importante parque.

O doodle anterior a este tinha sido em homenagem a Chu Ming Silveira, inventora do orelhão.

Vídeo › Conheça a história dos doodles

A história dos Doodles do Google

A história dos Doodles do Google

MAIS DO TechTudo