Por Isabela Giantomaso, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Ao pesquisar sobre o passado de determinados locais ou pessoas é comum encontrar fotos apenas em preto e branco, deixando a curiosidade de como as imagens realmente eram em cores. Para resolver esse problema, o site Algorithmia usa deep learning para colorir qualquer fotografia em preto e branco (p&b) automaticamente, basta inserir a URL ou o arquivo do que quer transformar.

Com o deep learning (aprendizado profundo), o software online trabalha com as chamadas "redes neurais", que simulam a forma como neurônios funcionam ao ligar informações de um enorme banco de dados. Segundo os desenvolvedores, o programa tem um algoritmo treinado com milhões de imagens do serviço Imagenet (image-net.org) e é capaz de oferecer resultados muito satisfatórios.

Algorithmia tem software treinado com milhões de imagens para ajudar a colorir fotos — Foto: Reprodução/Pixabay Algorithmia tem software treinado com milhões de imagens para ajudar a colorir fotos — Foto: Reprodução/Pixabay

Algorithmia tem software treinado com milhões de imagens para ajudar a colorir fotos — Foto: Reprodução/Pixabay

Aplicativo do TechTudo: receba dicas de tecnologia no celular

Ao inserir uma foto no site Algorithmia, o programa busca por referências em seu sistema para colorir cada detalhe de acordo com a realidade. Durante testes com paisagens, objetos e pessoas, o app mostrou resultados mais satisfatórios com fotos de rostos, enquanto nos outros exemplos apresentou sempre tons alaranjados, talvez baseados apenas em um ponto de iluminação da foto.

Algorithmia pode ajudar a colorir fotos antigas que estejam em preto e branco — Foto: Isabela Giantomaso/TechTudo Algorithmia pode ajudar a colorir fotos antigas que estejam em preto e branco — Foto: Isabela Giantomaso/TechTudo

Algorithmia pode ajudar a colorir fotos antigas que estejam em preto e branco — Foto: Isabela Giantomaso/TechTudo

Por enquanto, o Algorithmia é parte de um programa de desenvolvimento de algoritmos de última geração e ainda está em versão demo, o que indica que pode receber melhorias no software para colorir fotos. No entanto, mesmo ainda em progresso, o programa já facilita para o usuário comum um trabalho que demanda tempo e habilidade em editores avançados como o Adobe Photoshop.

Qual editor de imagem você prefere? Comente no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo