Por Rafael Monteiro, para o TechTudo


Destiny 2 foi revelado pelas produtoras Activision e Bungie em Los Angeles, nos Estados Unidos. O primeiro trailer do jogo exibiu o começo de sua história e um pouco da primeira missão do game, chamada Homecoming, enquanto outros detalhes da versão para PC, e novos modos também foram divulgados. Destiny 2 tem lançamento marcado para 8 de setembro no PS4, Xbox One e PC.

O conceito de Destiny 2 traz um "novo começo para todos", o que é visto em sua primeira missão. Homecoming mostra um ataque à Torre pelos Cabais, mais precisamente a Legião Vermelha liderada pelo Comandante Primus Ghaul. A queda do último lugar seguro da Terra fará com que os jogadores percam seus poderes e itens, o que os leva em uma busca para recuperar suas forças e enfrentar Ghaul. Assim como o primeiro Destiny, a jogabilidade é primariamente de tiro com elementos de RPG, como evolução dos personagens.

Homecoming será a primeira missão de Destiny 2 e traz um grande ataque à Torre — Foto: Reprodução/Kotaku Homecoming será a primeira missão de Destiny 2 e traz um grande ataque à Torre — Foto: Reprodução/Kotaku

Homecoming será a primeira missão de Destiny 2 e traz um grande ataque à Torre — Foto: Reprodução/Kotaku

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

Os produtores do game também explicaram que não seria possível transferir os dados dos personagens do primeiro Destiny pois novas subclasses serão introduzidas ao game. Os Hunters terão a nova classe Arcstrider capaz de invocar um cetro eletrificado, os Titans ganham a Sentinel, uma classe com um forte escudo e os Warlocks terão a classe Dawnblade, a qual invoca uma espada flamejante capaz de disprar ondas de energia.

Os jogadores poderão visitar quatro planetas em Destiny 2: Terra, Titan, Io e Nessus, cada um com várias atividades como caçadas ao tesouro e masmorras chamadas Lost Sectors. Uma das novas áreas reveladas foi a European Dead Zone, um local que seria lançado para o primeiro game na expansão The Taken King, mas foi adiado para a sequência.

Guided Games

Umas das maiores novidades é para jogadores que gostam de se aventurar sozinhos no mundo de Destiny: os Guided Games. Esse recurso permite encontrar outras pessoas para jogar Destiny 2 em conjunto e ao lado de clãs específicos para enfrentar Raids e Nightfalls que seriam impossíveis de se encarar sozinho. A função também ajuda grupos já formados que podem ficar sem um membro em cima da hora. No lançamento, porém, Destiny 2 contará com apenas uma Raid.

Jogadores poderão se unir a clãs para enfrentar partes difíceis de Destiny 2 — Foto: Reprodução/GameInformer Jogadores poderão se unir a clãs para enfrentar partes difíceis de Destiny 2 — Foto: Reprodução/GameInformer

Jogadores poderão se unir a clãs para enfrentar partes difíceis de Destiny 2 — Foto: Reprodução/GameInformer

Modos PvP

Os populares modos PvP, Jogador vs. Jogador, terão algumas mudanças em Destiny 2 ao serem focados em times menores. Todos os modos, agora, terão suporte para quatro usuários em cada equipe, até mesmo o modo Crucible, que, no primeiro Destiny, trazia partidas de seis contra seis. Um dos novos modos mencionados foi Countdown, uma disputa a qual um time tenta plantar uma bomba na base adversária e precisa mantê-la ativa até a explosão.

Versão PC

Uma das maiores surpresas da apresentação foi sobre a versão PC de Destiny 2, que não será lançada no Steam. Em vez disso o game utilizará o Blizzard Launcher, anteriormente conhecido como Battle.net. A versão para PC terá suporte a resolução 4K e taxa de FPS ilimitada, enquanto nos consoles a taxa estará travada em 30 FPS.

O que você achou do primeiro Destiny? Comente no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo