Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Durante sua participação na GTC 2017 (GPU Technology Conference), a Nvidia fez uma demonstração de uma instalação que permite o uso de realidade virtual em um modo multiplayer local, com tudo rodando a partir de quatro máquinas virtuais hospedadas em um servidor. Para isso, foram necessárias quatro placas Quadro P6000 e, claro, quatro conjuntos completos do HTC Vive. A técnica abre espaço para uma série de usos e aplicações que podem ajudar na popularização da realidade virtual, já que torna possível o streaming de conteúdos e desobriga o uso de máquinas caríssimas.

Servidor abriga as quatro placas Quadro P6000 e permite rodar realidade virtual para quatro usuários simultâneos no mesmo ambiente — Foto: Divulgação/Nvidia Servidor abriga as quatro placas Quadro P6000 e permite rodar realidade virtual para quatro usuários simultâneos no mesmo ambiente — Foto: Divulgação/Nvidia

Servidor abriga as quatro placas Quadro P6000 e permite rodar realidade virtual para quatro usuários simultâneos no mesmo ambiente — Foto: Divulgação/Nvidia

Não se trata de uma instalação barata em nenhuma medida, já que quatro HTC Vive e quatro placas Quadro P6000 não são pouca coisa. Mas a tecnologia da Nvidia abre espaço para que o streaming de jogos e experiências em realidade virtual, inclusive com a habilidade de se oferecer multiplayer local, seja possível em pouco tempo.

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

Isso porque, embora as placas Quadro sejam mais caras e orientadas a um perfil de usuário com ambições mais profissionais, a P6000 usa basicamente o mesmo processador gráfico GP102, encontrado nas atuais e mais domésticas Geforce GTX Titan Xp e GTX 1080 Ti.

A Nvidia também chama atenção para o fato de que a tecnologia pode contribuir na popularização da realidade virtual. O acesso a conteúdo em máquinas virtuais pode desobrigar o consumidor de investir pesado num computador poderoso o suficiente para dar conta das exigências dos headsets disponíveis atualmente.

Entre outras aplicações, a Nvidia aponta inclusive usos que saem do mundo do entretenimento para a sua plataforma multiplayer em realidade virtual. Plataformas de treinamento militar ou de qualquer atividade que se beneficie de ambientes de simulação, por exemplo, poderiam tirar proveito desse tipo de estrutura.

Qual GPU é melhor para jogos atuais? Comente no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo