Por Paulo Alves, Para o TechTudo


A Apple apresentou durante a WWDC 2017 o HomePod, uma nova caixa de som inteligente que promete rivalizar com o Google Home. Os aparelhos são uma forma de ter assistentes de voz dentro de casa e, ao mesmo tempo, escutar música por streaming sem precisar de ajuda do celular ou computador.

Os dispositivos trazem algumas semelhanças, mas diferem em aspectos essenciais caso você esteja interessado em importar – começando pelo preço. Compare os modelos e saiba qual é o ideal para você.

Design

Google Home tem visual personalizável — Foto: Divulgação/Google Google Home tem visual personalizável — Foto: Divulgação/Google

Google Home tem visual personalizável — Foto: Divulgação/Google

As caixas de som têm visual discreto e prometem não atrapalhar o visual da sala. O modelo da Apple mede 17 cm de altura e vem em duas cores, preta e branca. Já o Google Home é ligeiramente menor, com 14,2 cm, e permite maior nível de personalização. Caso o usuário deseje combinar o aparelho com a decoração, pode trocar a parte exterior do aparelho por outras de cores diferentes, algo que não será possível no HomePod.

Hardware

HomePod promete espalhar som igualmente pelo ambiente — Foto: Divulgação/Apple HomePod promete espalhar som igualmente pelo ambiente — Foto: Divulgação/Apple

HomePod promete espalhar som igualmente pelo ambiente — Foto: Divulgação/Apple

Embora devam competir no mesmo segmento, o HomePod tem foco especial em reprodução de músicas. Para isso, conta com sete tweeters e um sistema de emissão de som que se propaga mesmo quando há objetos obstruindo a passagem. Segundo a Apple, o aparelho consegue entender o ambiente no qual está localizado para tocar músicas de forma adequada e imersiva.

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

Já o Google Home oferece internamente alto-falantes ativos e passivos para entregar graves altos e de boa qualidade. Na hora de reconhecer a voz do usuário para comandos, o Google se limita a dizer que oferece identificação de “longo alcance”. No caso do HomePod, a Apple entra em detalhes e descreve uma fileira de seis microfones que captam a voz do dono.

Assistente de voz

Google Assistant é mais versátil — Foto: Divulgação/Google Google Assistant é mais versátil — Foto: Divulgação/Google

Google Assistant é mais versátil — Foto: Divulgação/Google

Voz é palavra de ordem nos dois aparelhos. O HomePod vem equipado com a Siri para responder a perguntas como no iPhone. Para isso, basta dizer o comando “Hey, Siri”, que desperta a caixa de som e a faz começar a ouvir o usuário. O método é o mesmo adotado pelo Google Home, que reage ao comando “Ok, Google” para ativar o Google Assistant, com a vantagem de oferecer suporte a vários usuários ao mesmo tempo.

Tanto Siri quanto Google Assistente já falam português brasileiro, mas ainda não há implementação da língua nem no Goolge Home, nem no HomePod. Por enquanto, só é possível usá-las no Brasil em inglês.

Funções

HomePod é feito para funcionar com Apple Music — Foto: Divulgação/Apple HomePod é feito para funcionar com Apple Music — Foto: Divulgação/Apple

HomePod é feito para funcionar com Apple Music — Foto: Divulgação/Apple

O HomePod é um aparelho feito principalmente para escutar música, e o Apple Music é a única fonte de álbuns e artistas disponível, com direito a recomendações diárias. No aparelho da Apple não é possível usar Spotify ou outro aplicativo de terceiro como acontece no Google Home, o que acaba tornando a caixa de som com Google Assistente muito mais versátil.

Se você não for assinante do serviço de músicas da Apple, o HomePod é útil somente para controlar outros dispositivos smart conectados via Apple HomeKit – ou seja, não será de muita serventia no Brasil. Por outro lado, o Google Home consegue enviar vídeos para o Chromecast e trabalha com mais facilidade com outros apps, como o IFTTT.

Preço e disponibilidade

O HomePod já foi anunciado, mas só chega ao mercado em dezembro por US$ 349, equivalentes a R$ 1.145 na cotação atual, sem considerar impostos. O preço é muito mais alto do que o cobrado pelo Google Home, vendido atualmente nos EUA por US$ 109, ou R$ 357.

Ainda assim, vale lembrar, o aparelho da gigante das buscas não é comercializado por lojas online com entrega no Brasil. Já o HomePod tem chances de chegar ao Brasil oficialmente, mesmo que a previsão da Apple nesse começo seja de vende-lo só nos EUA, Reino Unido e Austrália.

Mais do TechTudo