iPhone refurbished custa mais barato, mas compra requer cuidados

Celular recondicionado da Apple pode ser boa opção para economizar dinheiro; conheça dicas para não cair em ciladas

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Luana Marfim, para o TechTudo

Comprar um iPhone refurbished pode ser uma boa opção para quem deseja um smartphone da Apple, mas não pode gastar tanto. Refurbished é um termo que pode ser traduzido com "recondicionado", e indica que o celular já foi usado por alguém. Essa pessoa depois se desfez do produto, que foi reconstruído e está perfeito para uso.

É como comprar um celular usado, mas com a certeza de que ele passou por inspeções que atestam sua qualidade. Esse recondicionamento pode ser feito tanto pela própria Apple, quanto por empresas e pessoas que trabalham com iPhones, mas de forma autônoma.

No Brasil, a companhia não realiza esse serviço e as lojas da fabricante não vendem aparelhos recondicionados. No entanto, é possível comprar um iPhone refurbished (carinhosamente apelidado de refurb) em sites de leilão.

Veja que cuidados tomar ao comprar um iPhone refubished (Foto:  Lucas Mendes/TechTudo) Veja que cuidados tomar ao comprar um iPhone refubished (Foto:  Lucas Mendes/TechTudo)

Veja que cuidados tomar ao comprar um iPhone refubished (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

Já nos Estados Unidos, a Apple realiza o serviço e vende aparelhos reconstruídos em seu próprio site. Um iPhone 6S Refurbished com 64 GB é vendido por US$ 509, enquanto um novo de 32 GB custa US$ 549. A diferença é de 40 dólares, algo próximo a R$ 140 com a cotação atual, porém com o dobro da memória. Os valores podem ser ainda mais baixos se a compra for feita em outros locais como na Amazon, Walmart e Best Buy.

No Brasil, é preciso pesquisar bastante e estar bem atento aos valores na hora de comprar. Durante a produção desta matéria, os modelos recondicionados encontrados custavam mais caro que celulares novos. Além disso, como a Apple não realiza esse serviço no Brasil, é importante tomar cuidado com a qualidade do produto adquirido. Ao que tudo indica, é mais vantajoso importar um iPhone refurbished na próxima viagem – sua ou de amigos – ao exterior do que procurar no país.

iPhone refubished por ser uma boa opção para quem deseja ter um celular da Apple mas não pode pagar tanto  (Foto: Lucas Mendes/TechTudo) iPhone refubished por ser uma boa opção para quem deseja ter um celular da Apple mas não pode pagar tanto  (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

iPhone refubished por ser uma boa opção para quem deseja ter um celular da Apple mas não pode pagar tanto (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

App do TechTudo: dicas e notícias de tecnologia no celular

Consulte o número de modelo

Quando o celular é recondicionado, ele ganha um novo número de modelo. Isso é importante para que não haja nenhum vestígio do usuário anterior e evitar complicações. A sequência do número de modelo de celulares novos começa com a letra M, os refurbished começam com N. Essa informação fica em cima do número de série. Aprenda também como descobrir o número de série do seu iPhone ou iPad.

O ideal é buscar modelos que sejam desbloqueados para as principais redes de telefonia.

Veja se a bateria está funcionando

Baterias de iPhone são um assunto polêmico. Por isso, para evitar surpresas desagradáveis, teste a saúde do componente. Existem programas que realizam essa tarefa, como o Battery Life, um app que mostra quanto a bateria está boa, levando em conta o modelo e o sistema do aparelho. Aprenda a checar a saúde da bateria do seu iPhone com o Battery Life.

Vale destacar ainda que, ao comprar um iPhone recondicionado diretamente da Apple, a empresa garante que a bateria é completamente nova.

Teste todos os botões e entradas

Teste todos os botões e entradas: fone, carregador, botão de início (Home), de ligar/desligar, de aumentar e de reduzir o volume. O celular foi reconstruído e pode apresentar arranhões, marcas de uso, marcas “cosméticas" de poeira, mas precisa estar em condições perfeitas de uso. Por isso, certifique-se de que os botões estão funcionado usando-os de fato.

Teste todas as entradas e botões do iPhone refurbished (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo) Teste todas as entradas e botões do iPhone refurbished (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

Teste todas as entradas e botões do iPhone refurbished (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

No caso dos modelos refurbished oficiais, vendidos pela própria Apple, a empresa garante que a parte exterior do telefone fica nova, enquanto os componentes internos são reutilizados.

Verifique se as câmeras estão limpas

O celular pode ter sido devolvido tanto porque o usuário anterior quis apenas trocar de modelo, quanto porque apresentou algum problema. Por isso, é bom se certificar de que tudo está funcionando em perfeito estado, inclusive as câmeras. Fotografe usando a câmera traseira e a câmera frontal. Se possível, compare com as imagens de outros aparelhos do mesmo modelo.

Procure a garantia

Ao adquirir um iPhone refurbished, o usuário compra um produto que já esteve em uso, mas não tem como saber da sua procedência ou do histórico do aparelho. Por isso, é muito importante que o celular tenha um período bom de garantia. Mesmo recondicionados, smartphones são caros e ninguém quer comprar algo para ter dor de cabeça, por isso, é bom ter a tranquilidade de saber que o celular poderá ser trocado caso haja algum problema.

Site da Apple americana tem ofertas de iPhones recondicionados (Foto: Reprodução / Apple) Site da Apple americana tem ofertas de iPhones recondicionados (Foto: Reprodução / Apple)

Site da Apple americana tem ofertas de iPhones recondicionados (Foto: Reprodução / Apple)

O site da Apple nos Estados Unidos possui as condições mais generosas para modelos recondicionados: um ano garantia, com direito a bateria completamente nova e carcaça também nova. A empresa ainda envia o produto sem cobrar pela entrega. Em outros fornecedores, a oferta pode ser menos abrangente, mas ainda assim é importante checar se a marca oferece garantia e por quanto tempo.

Sites confiáveis para comprar celulares recondicionados? Usuários trocam dicas no Fórum TechTudo.

Mais iPhone: quatro dicas para aumentar a duração da bateria

Mais iPhone: quatro dicas para aumentar a duração da bateria

MAIS DO TechTudo