Por Caio Bersot, para o TechTudo


As dashcams, conhecidas como filmadoras para carro, são câmeras que servem tanto para a segurança do veículo quanto para gravar vídeos de trajetos, seja em viagens, passeios ou para trabalhos audiovisuais. Essas câmeras precisam ter características diferentes das especificações técnicas de filmadoras convencionais.

Há recursos que podem fazer toda a diferença na usabilidade de uma dashcam, como estabilização de imagem, visão noturna, eixo de rotação e outros detalhes que nem sempre estão presentes em câmeras fotográficas ou smartphones. Se você vai comprar uma câmera para o carro, descubra tudo que pode ser útil ter em uma dashcam com as dicas abaixo. Isso pode te ajudar a escolher um modelo de câmera ideal para suas necessidades.

Confira dicas para encontrar a câmera veicular ideal — Foto: Divulgação/Tech One

1. Estabilizador de imagem

Acopladas no para-brisas ou no painel dos veículos, as dashcams podem resultar em vídeos tremidos. Afinal, os carros podem passar por diversos tipos de terrenos, o que pode atrapalhar a qualidade das filmagens. Uma solução interessante para esse problema é investir em uma câmera com sistema de estabilização de imagens, assim os vídeos parecerão muito menos tremidos. A Cobra CDR810 é um exemplo de câmera para o carro, que conta com a função de estabilizar imagens, por preço a partir de R$ 700.

2. Armazenamento suficiente

Seja para trabalho, diversão ou por segurança, a sua dashcam vai precisar de boa capacidade de armazenamento. Vídeos podem ser arquivos bastante pesados, principalmente filmes gravados durante longos períodos, que, geralmente, são o caso das câmeras para carros. Por isso, é importante investir em uma dash com armazenamento grande - provavelmente, a partir de 32 GB - e espaço para cartão de memória. Pelo preço de R$ 64,90, a câmera veicular Tech One tem entrada microSD por um valor acessível.

Cobra CDR810: câmera veicular conta com estabilizador de imagem — Foto: Divulgação/Cobra

3. Visão noturna

A visão noturna não é um item presente em todas as câmeras para carro, mas é algo que pode ser bem útil para os usuários, independentemente da finalidade. Para filmar o carro e o ambiente ao redor durante a noite ou para documentar passeios, a visão noturna permite deixar os vídeos feitos à noite com uma definição bem mais nítida do que com celulares, por exemplo. Esse é o caso da câmera veicular HTcom, que tem preço a partir de R$ 119 no Brasil.

4. Eixo de rotação

Os eixos de rotação permitem maior mobilidade das câmeras veiculares. Com isso, os consumidores não precisam ficar presos a somente uma posição ou ponto de vista para o vídeo. Nas dashcams, esses eixos podem fazer parte do corpo do dispositivo ou virem como uma opção acoplável ao corpo da câmera. Com preço de R$ 699, a câmera veicular Jado D740 tem rotação de 360 graus. É possível, porém, encontrar modelos com a função por valores menores.

Jado D740: câmera veicular tem rotação de 360 graus — Foto: Divulgação/Gaja-Tec

5. Vídeos em alta resolução

É cada vez mais raro encontrar câmeras veiculares que filmam em resolução abaixo de HD (720 x 1280 pixels). Ainda assim, na hora de comprar uma dashcam, vale a pena lembrar que modelos com resolução inferior ao HD podem não oferecer os melhores resultados, principalmente em locais pouco iluminados. A boa notícia é que há câmeras para carros em resolução Full HD por preços acessíveis, como a filmadora veicular Multilaser, que custa a partir de R$ 190 em lojas online e faz vídeos em 1080p.

Como escolher uma boa câmera veicular? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo