Por Felipe Alencar, para o TechTudo


O Moto E4 e o Moto E4 Plus são os novos integrantes da família Moto E, anunciados pela Motorola neste mês. A linha de celulares básicos da fabricante estava há dois anos sem novos modelos no Brasil, visto que o Moto E3 não chegou por aqui. Os smartphones trazem evoluções na tela, processador, quantidade de memória, câmera, dentre outras características, que os aproximam de telefones intermediários.

Em relação ao preço, a versão regular custa R$ 849, enquanto o preço do E4 Plus é de R$ 949. Confira abaixo as mudanças da segunda para a quarta geração do Moto E e veja se vale a pena o investimento.

Moto E4: veja evolução do smartphone da Motorola — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Moto E4: veja evolução do smartphone da Motorola — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Moto E4: veja evolução do smartphone da Motorola — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Design

As diferenças de design entre o Moto E2 e o Moto E4 são bastante perceptíveis. A começar pela tela, que aumentou de tamanho. Por conta disso, a versão atual tem dimensões maiores, mas está mais fino: são 144,7 x 72,3 x 9,3 mm contra 129,9 x 66,8 x 12,3 mm do Moto E2. Ele também é ligeiramente mais pesado, são 151 gramas contra 145 g do Moto E de 2015.

Além disso, a fabricante adotou uma traseira de alumínio escovado, o que deixa o visual mais bonito e com uma pegada melhor. O Moto E2 tinha a parte de trás em plástico que evidenciava o seu caráter mais básico. Já na parte frontal, temos duas novas adições: o leitor de impressão digital e o flash de LED.

Moto E2 tem tela 4,5" — Foto: Carol Danelli/TechTudo Moto E2 tem tela 4,5" — Foto: Carol Danelli/TechTudo

Moto E2 tem tela 4,5" — Foto: Carol Danelli/TechTudo

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

Tela

O Moto E ganhou um aumento no tamanho da tela. A versão de 2015 tinha um display de 4,5 polegadas com resolução de 540 x 960 pixels e densidade de 245 pixels por polegadas. Já o Moto E4 traz uma tela de 5 polegadas com resolução HD (1280 x 720 pixels) e 294 ppi. Há ainda o Moto E4 Plus, com tela HD de 5,5 polegadas e 267 ppi. Todos os dispositivos usam painel LCD IPS e proteção Gorilla Glass 3, contra riscos e arranhões.

Moto E4 Plus possui tela de 5 polegadas — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Moto E4 Plus possui tela de 5 polegadas — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Moto E4 Plus possui tela de 5 polegadas — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Câmera

A câmera é outra característica que mudou bastante. O Moto E2 era bem fraco neste quesito, oferecendo uma câmera principal de 5 megapixels, com abertura f/2.2, sem Flash LEDm, enquanto o sensor frontal tinha resolução VGA (é muito pouco, acredite). Para vídeos, a qualidade máxima era 720 pixels (HD) a 30 frames por segundo.

O modelo de 2017, por sua vez, traz uma câmera de 8 megapixels na traseira, com abertura f/2.2 e flash, enquanto o Moto E4 Plus tem sensor 13 MP, com abertura f/2.0 e flash. Ambos mantiveram a qualidade de gravação do antecessor. Para selfies, os dois telefones possuem câmera frontal de 5 MP, com flash LED. A diferença está na abertura da lente frontal. Curiosamente, o Moto E4 tem maior abertura (f/2.0) e, consequentemente, maior entrada de luz do que o Moto E4 Plus (f/2.4).

Moto E4 tem câmera traseira de 8 MP — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Moto E4 tem câmera traseira de 8 MP — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Moto E4 tem câmera traseira de 8 MP — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Processador e memória RAM

O Moto E2 utilizava um processador quad-core de até 1,2 GHz. Na versão com 3G, o chipset era um Snapdragon 200 e, no modelo com 4G, um Snapdragon 410, ambos da Qualcomm. Já os dois novos modelos de 2017 usam o mesmo processador, um quad-core de até 1,3 GHZ. A fabricante abandonou a tecnologia da Qualcomm e agora aposta num processador da MediaTek, que não tem reconhecimento do mercado. A GPU é Mali-T720.

Em relação à memória RAM, o Moto E2 tinha apenas 1 GB. Já os Moto E4 e E4 Plus vêm com o dobro, ou seja, 2 GB. O desempenho será superior ao do antecessor, mas smartphones com essa quantidade de RAM são indicado para tarefas mais básicas.

Traseira do Moto E2 — Foto: Carol Danelli/TechTudo Traseira do Moto E2 — Foto: Carol Danelli/TechTudo

Traseira do Moto E2 — Foto: Carol Danelli/TechTudo

Armazenamento

O smartphone também recebeu melhorias significativas no armazenamento. O Moto E2 tinha apenas 8 GB de espaço interno, que se tornava ainda menor, visto que o sistema operacional ocupa parte desse espaço. Já no Moto E4 e E4 Plus, a Motorola dobrou essa capacidade de armazenamento, chegando, assim, a 16 GB.

Além disso, o Moto E2 aceitava cartão de memória microSD de até 32 GB. Nos novos modelos, a capacidade máxima do cartão pode ser de até 128 GB.

Moto E4 e Moto E4 Plus têm armazenamento de 16 GB — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Moto E4 e Moto E4 Plus têm armazenamento de 16 GB — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Moto E4 e Moto E4 Plus têm armazenamento de 16 GB — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Android

O Moto E2 vinha de fábrica com Android 5, predominante em 2015. Posteriormente, ele foi atualizado para a versão 6.0 do sistema do Google. Os Moto E4 e E4 Plus já saem de fábrica com o Android 7, variante mais recente e atualizada, o que é uma boa notícia. Além disso, é provável que os telefones recebam a update para o Android 8.

Bateria

Os três dispositivos possuem baterias travadas (não podem ser retiradas ou substituídas). A do Moto E2 era de apenas 2.390 mAh. Na versão de 2017, o Moto E4 vem com 2.800 mAh, enquanto o Moto E4 Plus possui impressionantes 5.000 mAh. Portanto, quem procura por um celular com grande autonomia de bateria deve apostar no E4 Plus, que dobrou de capacidade em relação ao modelo de 2015.

Recursos adicionais

Tecla de início multifunção do Moto E4 é um dos diferenciais — Foto: Thássius Veloso / TechTudo Tecla de início multifunção do Moto E4 é um dos diferenciais — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Tecla de início multifunção do Moto E4 é um dos diferenciais — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Nesse tópico, a principal novidade dos Moto E4 em relação ao Moto E2 é o leitor de impressões digitais. O recurso, além de desbloquear o smartphone de forma mais segura, serve para navegar entre os menus e janelas. A novidade chamou a atenção quando foi testada em outro modelo, o Moto Z2 Play, que também conta com a tecnologia.

Preço

Assim como houve melhorias em diversos aspectos dos smartphones, o preço também sofreu um aumento. O Moto E2, lançado em 2015, custava de R$ 649, podendo chegar até R$ 729 nas versões mais caras, com TV digital, mais memória e capas coloridas. Já o Moto E4, por sua vez, tem preço de lançamento de R$ 849. O Moto E4 Plus custa R$ 949. Em lojas do varejo, já é possível encontrar os smartphones por preços mais baratos para pagamentos à vista.

Ficha técnica do Moto E2, Moto E4 e Moto E4 Plus

Especificação Motorola Moto E2 Motorola Moto E4 Motorola Moto E4 Plus
Preço oficial R$ 699 R$ 849 R$ 949
Lançamento Fevereiro de 2015 Junho de 2017 Junho de 2017
Sistema operacional Android 5.0 Lollipop Android 7.1.1 Nougat Android 7.1.1 Nougat
Processador Snapdragon 410 – Quad-core de 1,2 GHz Mediatek MT6737 – Quad-core de 1,3 GHz Mediatek MT6737 – Quad-core de 1,3 GHz
Memória RAM 1 GB 2 GB 2 GB
Memória interna 8 GB 16 GB 16 GB
Tela 4,5 polegadas 5 polegadas (HD) 5,5 polegadas (HD)
Câmera principal 5 megapixels 8 megapixels 13 megapixels
Câmera frontal VGA 5 megapixels 5 megapixels
Bateria 2.390 mAh 2.800 mAh 5.000 mAh
Dimensões e peso 129,9 x 66,8 x 12,3 mm; 143 g 144,7 x 72,3 x 9,3 mm; 145 g 155 x 77,5 x 9,6 mm; 198 g

Qual é o melhor celular de até mil reais? Opine no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo