Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Quem está em busca de um laptop novo, e faz questão de boa performance no departamento gráfico, tem como opções notebooks equipados com as GPUs Intel HD Graphics 620 ou a Geforce 940MX, da Nvidia.

Em geral, ambas as placas oferecem performance intermediária convincente para quem está disposto a investir um pouco mais no novo PC. Entretanto, há alguns detalhes importantes a considerar que podem te ajudar a encontrar a opção ideal para a sua próxima compra.

Há opções de notebooks com as três variantes: 940MX com DDR3, com GDDR5 e modelos com a Intel HD Graphics 620 — Foto: Divulgação/Dell Há opções de notebooks com as três variantes: 940MX com DDR3, com GDDR5 e modelos com a Intel HD Graphics 620 — Foto: Divulgação/Dell

Há opções de notebooks com as três variantes: 940MX com DDR3, com GDDR5 e modelos com a Intel HD Graphics 620 — Foto: Divulgação/Dell

Especificações técnicas

Antes de falar sobre as especificações técnicas de ambas as placas, é importante ter em mente que existem duas versões da 940MX disponíveis: com memória DDR3 e com memória GDDR5, sempre numa interface de 64 bits. Além disso, a placa da Nvidia pode vir com 512 ou 384 núcleos, ou ainda com velocidades de 795 a 861 MHz (na versão com 512 shaders) e 1.083 a 1.189 MHz na unidade com 384.

940MX com GDDR5 tem 30% mais performance que a versão com DDR3 que, por sua vez, é mais rápida que a HD Graphics 620 — Foto: Divulgação/Nvidia 940MX com GDDR5 tem 30% mais performance que a versão com DDR3 que, por sua vez, é mais rápida que a HD Graphics 620 — Foto: Divulgação/Nvidia

940MX com GDDR5 tem 30% mais performance que a versão com DDR3 que, por sua vez, é mais rápida que a HD Graphics 620 — Foto: Divulgação/Nvidia

Do lado da Intel, é tudo mais simples, já que a Intel HD Graphics é uma só: trata-se de uma GPU integrada com 24 núcleos. As velocidades variam entre 300 e 1.050 MHz na placa da Intel e a interface com a memória pode ser de 64 ou 128 bits.

E o que tudo isso significa na prática?

Basicamente, a placa da Nvidia apresenta larga vantagem, especialmente se a versão comparada for equipada com a memória GDDR5, muito mais rápida para aplicações gráficas do que o DDR3 e DDR4 acessados pela GPU da Intel. Além disso, a placa da Nvidia é mais robusta por conta da grande quantidade de núcleos especializados no processamento gráfico.

Desempenho

Comparativos de performance realizados entre as duas placas gráficas, dão vantagem para a Nvidia com algum conforto: mesmo a Geforce GT 940MX com memórias DDR3 supera em até 30% a Intel HD Graphics 620. Entretanto, no geral, estima-se que a diferença seja menor na maior parte do tempo e na maior parte das aplicações, girando num patamar de 15% em favor da 940MX com DDR3.

Nesse sentido, a placa da Nvidia é a melhor escolha para o usuário que faz questão de jogar. Com mais fôlego, melhor suporte às tecnologias usadas nos games e hardware mais potente, a 940MX pode rodar games recentes em configurações intermediárias e com resoluções acima do 720p.

A placa da Intel encara jogos, mas pode decepcionar ao forçar o jogador a abrir mão de muita qualidade de imagem, ou até mesmo comprometendo a experiência com taxas de atualização de quadros muito flutuantes.

Opções no mercado

Comprar a Intel HD Graphics 620 é, na verdade, escolher um dos processadores da Intel ofertados no momento: Core i7 7600U, i7 7500U e i5 7300U, todos de sétima geração. Deles, o Core i7 7500U é o único facilmente encontrado no mercado brasileiro em diversas máquinas: Dell Inspiron 15 7000, Acer Aspire F5, Vaio Fit 15S, Samsung Expert X51, Lenovo IdeaPad 320 e Asus X556UR são alguns exemplos.

Os preços desses computadores variam de R$ 2.100 e podem passar da casa dos R$ 4.500 nos modelos mais equipados.

Um ponto interessante é que a placa da Nvidia aparece em alguns deles: no Vaio FIT 15S, a versão DDR3 é oferecida. O mesmo acontece em algumas versões do Inspiron da Dell, no Samsung Expert X51, no IdeaPad 320 e no Aspire F5 da Acer. Entretanto, sempre que a GPU dedicada da Nvidia entra no orçamento, os preços sobem bastante: as opções mais baratas com a placa começam em R$ 2.700, em média.

Consumo

Processador gráfico da Intel consome menos energia — Foto: Divulgação/Intel Processador gráfico da Intel consome menos energia — Foto: Divulgação/Intel

Processador gráfico da Intel consome menos energia — Foto: Divulgação/Intel

O consumo de energia é um ponto crucial em notebooks. A placa da Nvidia, ao contrário de gerações anteriores, não assusta muito no gasto de eletricidade: a marca afirma que a GPU oscila entre 15 e 25 watts de consumo, dependendo da demanda e das configurações do computador.

O apetite da placa de vídeo dedicada da Nvidia pode até ser frugal, mas não chega perto do consumo espartano da placa da Intel: 15 watts de TDP (considerando que o valor é calculado para todo o pacote: os dois núcleos do i7 7500U mais os 24 da GPU).

Custo-benefício

A disputa pelo seu bolso deve ser orientada por uma ideia precisa do tipo de uso que você pretende dar ao seu novo computador: se jogar é o que você quer, a melhor escolha, de longe, é a Geforce 940MX com GDDR5.

Do outro lado, a Intel HD Graphics dá conta das necessidades mais genéricas de usuários comuns. E a 940MX com GDDR3? Dada a diferença pequena de performance dessa placa para a HD Graphics 620, o ideal é que você a considere apenas se encontrá-la por um bom preço.

Conclusão

Há muitas opções no mercado com ambas as soluções gráficas. Entretanto, para saber o que é melhor, o consumidor precisa ter em vista o uso que pretende dar ao computador: se jogos são essenciais para você, a melhor escolha é procurar opções que oferecem a 940MX com GDDR5.

Do outro lado, se jogar não é essencial e a sua perspectiva de uso de softwares de imagem pesados passa longe de suítes de edição pesada de vídeo e imagem, um i7 com a Intel Graphics HD 620 vai atender tranquilamente as suas necessidades.

Qual GPU é melhor para jogos atuais? Comente no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo