Por Thiago Rocha, para o TechTudo


A Microsoft, especificamente a sua divisão de pesquisa Research, desenvolveu recentemente uma Inteligência Artificial capaz de controlar e ajudar aeronaves a se manterem no ar, além de otimizar o consumo de energia.

A tecnologia já está sendo testada em Nevada, nos Estados Unidos, e se espelha em um falcão. Basicamente, a IA consegue ler os padrões do vento e utilizar as informações coletadas para planejar uma rota e buscar os melhores locais com colunas de ar quente para permanecer voando.

Equipe da Microsoft Research — Foto: Divulgação/Microsoft Research Equipe da Microsoft Research — Foto: Divulgação/Microsoft Research

Equipe da Microsoft Research — Foto: Divulgação/Microsoft Research

Outro objetivo da Inteligência Artificial é ajudar as aeronaves a tomarem as melhores decisões quando estiverem com dúvidas ou em perigo, baseando numa técnica matemática chamada Markov, que aprende sobre o meio ambiente e o utiliza para tomar as decisões certas.

Inteligência Artificial da Microsoft Research — Foto: Divulgação/Microsoft Research Inteligência Artificial da Microsoft Research — Foto: Divulgação/Microsoft Research

Inteligência Artificial da Microsoft Research — Foto: Divulgação/Microsoft Research

Segundo o que foi divulgado, a IA também poderá ser utilizada em outras áreas, como o acompanhamento dos padrões climáticos, monitoramento de culturas agrícolas ou até mesmo para levar internet para regiões de difícil acesso. Além disso, a tecnologia permite utilizar energia solar ou eólica, possibilitando períodos mais longos de voo.

Por enquanto, para evitar acidentes graves, os testes estão sendo realizados apenas em planadores, mas posteriormente a Microsoft Research pretende utilizá-la em aeronaves maiores e carros autônomos.

Mais do TechTudo