Por Thiago Rocha, para o TechTudo


Devido ao aumento do dólar e a situação econômica em que o Brasil se encontra, os preços de máquinas e peças gamers de qualidade estão bem elevados. Por isso, muitas pessoas acabam optando por adquirir produtos de segunda mão para montar o tão sonhado computador. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados para que você consiga realizar um bom negócio e também economizar dinheiro.

Veja alguns cuidados a tomar antes de comprar um PC usado — Foto: Divulgação/Acer

Estado de conservação

O fato de um computador gamer ser bonito por fora e não apresentar marcas de uso, não significa que está em boas condições. Procure saber a procedência do equipamento e se o antigo usuário utilizava uma fonte de qualidade com selo 80 Plus. Isso porque fontes genéricas, que emitem energia "suja", diminuem a vida útil de placas de vídeo e de outros dispositivos.

Socket LGA 1151 suporta processadores Intel — Foto: Divulgação/MSI

Além disso, verifique se todos os pinos do processador ( AMD) ou do socket da placa-mãe (Intel) estão em perfeitas condições, caso contrário, se um ou mais estiverem tortos, a máquina certamente irá apresentar um desempenho abaixo do esperado ou o hardware não conseguirá reconhecer as instruções e componentes do PC.

Preste atenção no preço

Não é raro encontrar boas ofertas em sites de varejo, mas antes de comprar, analise em lojas oficiais quanto o equipamento custa e, se necessário, pesquise o preço de cada peça para ver se realmente compensa o investimento.

Vale citar, é extremamente importante buscar por vendedores confiáveis, com boa reputação e também é aconselhável experimentar o computador antes de fechar negócio, se esta opção for possível.

Tempo de uso e ano de lançamento

É interessante verificar por quanto tempo o equipamento foi utilizado. Para isso, peça ao vendedor a nota fiscal das peças ou do computador inteiro, dessa forma você também garante que o aparelho tenha sido adquirido de forma legal e evita futuros problemas.

Tenha atenção à época que placas e demais hardwares foram comprados — Foto: Viviane Werneck/TechTudo

Confira também, no site da fabricante, quando que as peças da máquina foram lançadas, se ainda possuem suporte técnico e a data da última atualização de software que elas receberam, assim você tem a certeza que o computador não ficará obsoleto por questões de drivers.

Garantia

Sem dúvidas, o maior problema de produtos usados é a garantia. Geralmente, a maioria das máquinas usadas já expiraram o prazo oferecido pela fabricante que, basicamente, cobre os defeitos ocorridos durante a fabricação.

Computadores usados, geralmente, não contam mais com o suporte de alguma garantia — Foto: Divulgação/Cooler Master

Por isso, mais uma vez, certifique-se de que o computador ou as peças realmente estão funcionando sem nenhum problema, caso contrário, o barato sairá caro e você não será reembolsado pelo prejuízo.

Vale a pena?

Comprar um computador gamer ou peças usadas é uma boa alternativa para economizar dinheiro, mas só vale a pena caso você tome os devidos cuidados. Além disso, tenha em mente que você estará abrindo mão de um suporte técnico especializado e também da garantia.

Como montar um PC gamer? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo