Primeiras impressões do Galaxy Note 8, um monstro do hardware

Lançamento da Samsung traz ficha técnica parruda. Câmera dupla marca presença pela primeira vez em um celular da marca, mas não mostra a que veio.

Primeiras impressões do Galaxy Note 8, um monstro do hardware Primeiras impressões do Galaxy Note 8, um monstro do hardware
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Thássius Veloso, de Nova York (EUA)

Os vazamentos nas últimas semanas foram certeiros: o Galaxy Note 8 é uma monstruosidade de hardware que se destaca entre os celulares premium da safra 2017. O lançamento aconteceu ontem (23), em Nova York, onde a Samsung revelou a impressionante ficha técnica: tela cinematográfica de 6,3 polegadas, com resolução Quad HD+ e painel Super AMOLED; processador de oito núcleos; memória RAM de 6 GB; e armazenamento de pelo menos 64 GB.

Houve diversas comparações com o iPhone 7 Plus num campo em que a Apple se sai muito bem: na fotografia. A provocação tem um motivo: a estreia da Samsung na liga das empresas de celular que oferecem câmera dupla. O Galaxy Note 8 captura o momento da foto com duas lentes distintas: uma telefoto tradicional e uma grande angular, capaz de registrar uma porção maior da paisagem e dos personagens.

Galaxy Note 8 é o novo celular premium da Samsung (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Galaxy Note 8 é o novo celular premium da Samsung (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Galaxy Note 8 é o novo celular premium da Samsung (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

O TechTudo brincou com o Note 8 por algumas horas. As primeiras impressões são as melhores possíveis: o telefone da Samsung tem design sóbrio e elegante, sem descambar para a sisudez. O desempenho continua espetacular, com a adição de novas funcionalidades que tiram proveito da ficha técnica. Só faltou a câmera dupla mostrar a que veio.

Observação: A Samsung realizou o lançamento do Galaxy Note 8 no Brasil em 5 de outubro. O supercelular tem preço sugerido de R$ 4.399 pelo modelo com 64 GB e de R$ 4.799 pelo modelo com 128 GB. No mercado nacional a fabricante optou por vender o smartphone somente na cor preta.

A câmera

A Samsung construiu uma bela reputação no que diz respeito à fotografia digital. O Galaxy S7 chegou ao mercado em 2016 com possivelmente a melhor câmera da época. O Galaxy S8 foi apresentado neste ano com a capacidade de produzir fotos sensacionais – este foi um dos pontos mais elogiados na minha análise do produto, publicada após meses de uso. O Galaxy Note 8 vai pelo mesmo caminho devido às duas câmeras de 12 megapixels alojadas na parte de trás do smartphone.

Galaxy Note 8 é o primeiro smartphone da Samsung com câmera dupla (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Galaxy Note 8 é o primeiro smartphone da Samsung com câmera dupla (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Galaxy Note 8 é o primeiro smartphone da Samsung com câmera dupla (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Aqui cabe uma ressalva. A gente sabe que até os telefones com especificações intermediárias à venda no Brasil realizam um bom trabalho de fotografar ambientes com iluminação razoavelmente presente. Aos produtos premium, como é o caso deste modelo, os desafios são fotografar paisagens em que as cores se sobressaem e registrar situações de baixa luminosidade – estamos falando de jantares, casamentos, festas e outros eventos sociais que acontecem majoritariamente à noite, com luz rarefeita.

O Note 8 faz tudo isso muito bem. De quebra, ainda dá mais opções ao usuário, pois ele pode escolher entre postar nas redes sociais a foto capturada pela câmera telefoto ou a foto feita pela grande angular – para isso é importante deixar ativada a função de dupla captura. Os dois arquivos digitais ficam salvos no armazenamento do smartphone, uma ótima pedida que outras empresas de celular deveriam copiar.

Destaque do lançamento, o foco dinâmico (live focus em inglês) nada mais é do que uma espécie de modo retrato do iPhone 7 Plus. O recurso caiu nas graças dos fãs da Apple por destacar o personagem da foto, enquanto o fundo fica desfocado. Ele combina em uma só foto o que foi registrado pelas duas câmeras.

Câmera dupla do Galaxy Note 8 traz recurso live focus (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Câmera dupla do Galaxy Note 8 traz recurso live focus (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Câmera dupla do Galaxy Note 8 traz recurso live focus (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Essa mesma tecnologia chega ao Galaxy Note 8 em uma versão turbinada que permite ao usuário controlar o nível do efeito de desfoque. Fez a foto e não gostou do resultado final? Não tem problema, pois o smartphone permite ajustar a profundidade da imagem mesmo depois do clique, já que as duas fotos ficam armazenadas. Fez os ajustes e ainda assim não gostou do foco dinâmico? Dá até para desativar a função e restaurar a foto para a versão sem efeito algum, algo de que o iPhone não é capaz.

As explicações técnicas são muito convincentes. Pena que, na prática, o Galaxy Note 8 não entrega o que promete. A câmera do supercelular tem dificuldades em reconhecer o contorno das pessoas, e por isso erra as áreas da foto que deveriam ficar desfocadas. Numa foto em que a pessoa faz o “V” de vitória com os dedos, o espaço entre o dedo indicador e o médio ficou completamente nítido e focado, enquanto o restante deste plano passou pelo processo de ficar embaçado.

Foto feita com o Galaxy Note 8 em modo de foco dinâmico; marcações em laranja indicam dificuldades do telefone em recortar o personagem principal (Foto: Thássius Veloso / TechTudo) Foto feita com o Galaxy Note 8 em modo de foco dinâmico; marcações em laranja indicam dificuldades do telefone em recortar o personagem principal (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

Foto feita com o Galaxy Note 8 em modo de foco dinâmico; marcações em laranja indicam dificuldades do telefone em recortar o personagem principal (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

Celular Samsung permite ajustar a intensidade do foco dinâmico depois que a foto foi feita (Foto: Thássius Veloso / TechTudo) Celular Samsung permite ajustar a intensidade do foco dinâmico depois que a foto foi feita (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

Celular Samsung permite ajustar a intensidade do foco dinâmico depois que a foto foi feita (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

Em conversa com o TechTudo, executivos da Samsung brasileira disseram que o software das unidades de Galaxy Note 8 disponíveis para testes de jornalistas pode receber atualizações até a chegada do produto ao mercado. Eles têm, portanto, até 15 de setembro para resolver a questão, pois nesta data o smartphone fará sua estreia nos Estados Unidos.

A caneta eletrônica

Não foi por acaso que a Samsung fez da caneta eletrônica (chamada de S-Pen) uma parte fundamental dos celulares Galaxy Note. O equipamento fica alojado em um compartimento especial do smartphone, que inclusive passa por vedação para que o Note 8 seja resistente à água e à poeira.

Menu rápido acessível quando a caneta eletrônica S-Pen está fora do compartimento (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Menu rápido acessível quando a caneta eletrônica S-Pen está fora do compartimento (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Menu rápido acessível quando a caneta eletrônica S-Pen está fora do compartimento (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

A caneta eletrônica traz novas formas de interagir com o smartphone e manipular as informações. Num dos casos de uso mais comuns, o celular está com a tela apagada e, ao retirar a caneta do compartimento, o smartphone automaticamente entra em modo de bloco de notas. Ao escrever sobre a superfície, linhas cinzas são registradas pelo aparelho. Depois que o consumidor conclui a tarefa, o próprio smartphone converte as anotações para que o fundo fique branco e as linhas fiquem pretas. Cada sessão de uso do caderno digital comporta a adição de até cem páginas.

A tradução de páginas da web também fica mais fácil com a S-Pen. Digamos que o internauta esteja lendo uma avaliação sobre um hotel. Entre opiniões salvas em português aparece uma escrita em coreano. Crise à vista? Que nada… é só retirar a caneta eletrônica do compartimento, selecionar a opção de tradutor no menu rápido da S-Pen, e na sequência manter a ponta do acessório sobre a palavra/frase em outro idioma. Não é preciso nem sequer tocar no texto.

O tradutor depende da internet para funcionar e usa tecnologia de idiomas do Google. O Galaxy Note 8 conta ainda com um conversor de medidas e câmbio de moedas.

Função de mensagem animada permite escrever em letra cursiva; Galaxy Note 8 aplica animação sobre a escrita e depois envia o GIF para amigos (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Função de mensagem animada permite escrever em letra cursiva; Galaxy Note 8 aplica animação sobre a escrita e depois envia o GIF para amigos (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Função de mensagem animada permite escrever em letra cursiva; Galaxy Note 8 aplica animação sobre a escrita e depois envia o GIF para amigos (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Se a forma de as pessoas se comunicarem mudou, o smartphone acompanha essa tendência. Ele permite selecionar uma parte da tela e salvar o que está sendo exibido ali em formato de GIF, imagem digital com movimento. É muito fácil cortar o trecho de um filme e mandar para os amigos pelo WhatsApp, Messenger e outros aplicativos de chat.

Galaxy Note 8 tem mensagem animada; usuário escreve com a caneta eletrônica e depois o telefone converte a animação em arquivo GIF (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

Galaxy Note 8 tem mensagem animada; usuário escreve com a caneta eletrônica e depois o telefone converte a animação em arquivo GIF (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

Também é fácil criar uma mensagem animada similar àquela que a Apple incluiu no aplicativo de mensagens nativo do iPhone. O usuário escolhe o tipo de animação digital, a cor da tinta e a espessura da ponta da caneta. Na sequência, ele precisa escrever a frase ou fazer o desenho, que será convertido em GIF e salvo na galeria de imagens. Não existem restrições para o envio de mensagens animadas da Samsung, pois o tipo de arquivo funciona nas principais plataformas de comunicação.

Galaxy Note 8 deve chegar ao Brasil em outubro (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Galaxy Note 8 deve chegar ao Brasil em outubro (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Galaxy Note 8 deve chegar ao Brasil em outubro (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Resumo da ópera

Ainda temos muito a falar sobre o Galaxy Note 8. O display, por exemplo, merece um capítulo à parte para comentar sobre a proporção de 18,9:5, mais próxima da usada nas telas de cinema. Cabe nele mais conteúdo, o que é ótimo para quem gosta de ler reportagens longas ou curte ficar zanzando pelo feed do Instagram.

Já a bateria, com 3.300 mAh, promete boa autonomia de uso. O veredito será dado quando publicarmos a análise completa sobre o smartphone.

O Galaxy Note 8 traz novidades interessantes que justificam a tela grande e a presença da caneta eletrônica. Os engenheiros da Samsung souberam adicionar recursos que tiram o máximo proveito das especificações técnicas.

Detalhe do Galaxy Note 8 (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Detalhe do Galaxy Note 8 (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Detalhe do Galaxy Note 8 (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Pena que a câmera dupla, ao menos por ora, fica só na promessa. Não me entenda mal: o Note 8 produz fotos espetaculares, tal como o Galaxy S8. Dar ao usuário a opção de escolher entre duas composições de imagens para um mesmo momento também é uma ótima pedida. No entanto, o foco dinâmico que deveria ser o destaque do dia mostrou-se ineficiente.

A Samsung anunciou que o Galaxy Note 8 chegará ao mercado norte-americano em 15 de setembro. O preço varia de US$ 930 a US$ 960, o que dá R$ 2.920 e R$ 3.015, em conversão direta e sem levar em consideração os impostos. Ainda não se sabe o preço e a disponibilidade no Brasil. A expectativa é de que ele apareça em terras tupiniquins na primeira quinzena de outubro.

Ficha técnica do Galaxy Note 8

  • Tela: Super AMOLED de 6,3 polegadas
  • Resolução da tela: Quad HD+ (2960 × 1440 pixels)
  • Câmera principal dupla: grande angular com 12 megapixels e f/1.7; telefoto com 12 megapixels e f/2.4
  • Câmera frontal: 8 megapixels com f/1.7
  • Armazenamento: 64 GB / 128 GB / 256 GB
  • Processador: octa-core de até 2,35 GHz
  • Memória RAM: 6 GB
  • Bateria: 3.330 mAh
  • Sistema: Android 7.1.1 com interface Samsung TouchWiz
  • Biometria: scanner de íris, reconhecimento facial e leitor de impressões digitais
  • Dimensões e peso: 162,5 x 74,8 x 8,6 mm e 195g
  • Cores: preto, cinza, dourado e azul

O jornalista viajou a convite da Samsung.

Vale a pena esperar pelo Galaxy Note 8? Opine no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo