Por Thiago Rocha, para o TechTudo


Um grupo de pesquisadores e engenheiros mecânicos da Universidade de Stanford desenvolveram um robô semelhante a uma minhoca, que alonga o corpo para se mover. Basicamente, ele funciona por meio de um sistema de controle pneumático capaz de fazê-lo crescer de 28 cm até incríveis 78 metros em poucos minutos.

Apesar da semelhança com um balão em forma de cilindro, os pesquisadores detalham que o robô é muito mais do que isso. A máquina é composta por sistemas de câmaras internas capaz de desviá-la de obstáculos, levantar pesos e entrar em lugares estreitos onde os seres humanos seriam incapazes de alcançar.

Robô tem semelhança de uma minhoca — Foto: Divulgação/Stanford

Robô tem semelhança de uma minhoca — Foto: Divulgação/Stanford

A “minhoca” é feita em polietileno e, conforme divulgado pela revista Science Robotics, os pesquisadores informam que ela foi inspirada em raízes de plantas por dois motivos. O primeiro é a sua capacidade de aumentar o tamanho na ordem de 1.000 por cento. O segundo é que, enquanto o robô está em crescimento, o seu corpo não desliza à medida que aumenta de tamanho.

Robô consegue subir pelo ar — Foto: Divulgação/Stanford

Robô consegue subir pelo ar — Foto: Divulgação/Stanford

Além disso, a máquina pode se locomover com ou sem controle humano, chegar a uma velocidade de aproximadamente 35 km/h e subir pelo ar facilmente. Nos testes realizados pelos engenheiros mecânicos, o robô ainda foi capaz de levantar com sucesso e sem muita dificuldade uma caixa de madeira que pesava mais de 68 quilos.

Um dos pesquisadores envolvidos nesse projeto, Joey Davis Greer, afirma que versões mais fortes e mais modernas desse dispositivo podem ajudar de diversas formas a humanidade no futuro. O robô pode ser usado em missões de busca e resgate, e até em cirurgias ao guiar um cateter dentro do corpo humano. Assista ao vídeo de demonstração no YouTube.

Mais do TechTudo