Mouse óptico ou laser: saiba qual é o melhor para o seu perfil de uso

Descubra as diferenças entre as tecnologias e descubra qual é a melhor opção de acordo com o seu perfil.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Thiago Rocha, para o TechTudo

Quando precisamos comprar um mouse novo nos deparamos com duas tecnologias diferentes: a óptica e a laser. Ambas possuem algumas características distintas, mas embarcam o mesmo princípio básico de funcionamento e compartilham aquela tradicional "luz vermelha" na parte inferior do periférico.

Por isso, muitas pessoas ficam na dúvida em qual tipo de mouse comprar ou sequer sabem a real diferença entre os aparelhos. A seguir, mostraremos qual o mais indicado para você e explicaremos com detalhes como cada tecnologia funciona.

Mouse com sensor óptico ou laser? Veja o mais indicado para você (Foto: Divulgação/Razer) Mouse com sensor óptico ou laser? Veja o mais indicado para você (Foto: Divulgação/Razer)

Mouse com sensor óptico ou laser? Veja o mais indicado para você (Foto: Divulgação/Razer)

Laser vs Óptico: qual a diferença?

Talvez você não saiba, mas os dois tipos de mouse funcionam como se fossem câmeras. Basicamente, eles capturam milhares de fotos da superfície que estão e as transformam em dados de localização, baseando-se na diferença de movimento entre uma imagem e outra. Em tese, isso permite que os periféricos saibam exatamente as coordenadas X/Y e através delas consigam exibir o ponteiro no lugar certo.

Tt eSports Theron possui sensor a laser (Foto: Divulgação/Thermaltake) Tt eSports Theron possui sensor a laser (Foto: Divulgação/Thermaltake)

Tt eSports Theron possui sensor a laser (Foto: Divulgação/Thermaltake)

A diferença entre eles consiste simplesmente no emissor de luz. O modelo chamado de óptico utiliza fotodiodos e LED (Light Emitting Diode) para projetar luz no sensor. Enquanto os dispositivos a laser, como o próprio nome já diz, usam laser infravermelho em vez de LED, o que permite captar mais DPI e uma resolução maior.

Além disso, os aparelhos a laser são mais precisos e podem ser utilizados em quase todas as superfícies ao contrário do óptico que está limitado a um mousepad de qualidade para ter um desempenho interessante. Outro ponto que vale destacar é que o laser, por ser uma luz mais forte e densa, oferece mais DPIs podendo chegar facilmente aos 3.600.

Sensor óptico funciona melhor com Mousepad (Foto: Divulgação/Razer) Sensor óptico funciona melhor com Mousepad (Foto: Divulgação/Razer)

Sensor óptico funciona melhor com Mousepad (Foto: Divulgação/Razer)

Porém, essa enorme sensibilidade e precisão dos modelos a laser, em alguns casos, pode ser um problema. Existem situações em que o periférico com essa tecnologia detecta informações inúteis que acabam desorientando o ponteiro. Para os profissionais da área de design gráfico, por exemplo, isso certamente pode ser um incômodo, visto que eles precisam posicionar pixels, camadas e outras coisas no lugar certo.

Afinal, qual é o melhor para mim?

Isso depende muito de como e onde você irá utilizar o mouse. Tanto a tecnologia óptica quanto a laser possuem aparelhos de excelente qualidade, cabendo a você analisar melhor cada opção. Mas, geralmente, os dispositivos a laser são indicados para aquelas pessoas que realmente necessitam de muita precisão e procuram por um aparelho que funcione em qualquer superfície. É o caso dos gamers e editores de vídeo.

Os ópticos, por sua vez, também entregam uma precisão interessante e possuem preços mais acessíveis. Eles são uma boa opção para jogadores iniciantes ou pessoas que já contam com um lugar específico para utilizar o periférico. Um bom exemplo de cada tipo de mouse é o G502 da Logitech, com sensor óptico, e o Razer Mamba a laser.

Como montar um PC gamer? Comente no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo