Por Bruno Soares, para o TechTudo


Caixa Bluetooth de qualidade e com bom preço pode não ser assim tão fácil de encontrar. Mas a Sony e a Ultimate Ears vendem, no Brasil, produtos que oferecem bom desempenho de áudio. Além disso, os modelos são compactos e podem ser usados em viagens, passeios e até mesmo durante exercícios físicos. São, respectivamente, as caixinhas SRS-XB10 e Wonderboom.

Os dois modelos são relativamente parecidos e, por isso, podem deixar o usuário na dúvida: qual é a melhor opção? O comparativo do TechTudo analisou quesitos importantes, como design, desempenho, suporte, garantia, preço e pode te ajudar a decidir pela escolha que mais combina com você. Está na dúvida? Confira nosso comparativo e decida.

 SRS-XB10, da Sony, enfrenta a Wonderboom, da Ultimate Ears — Foto: Divulgação/Sony  SRS-XB10, da Sony, enfrenta a Wonderboom, da Ultimate Ears — Foto: Divulgação/Sony

SRS-XB10, da Sony, enfrenta a Wonderboom, da Ultimate Ears — Foto: Divulgação/Sony

Design: Ultimate Ears Wonderboom

As caixinhas da Sony e da Ultimate Ears são relativamente parecidas. As duas têm formato cilíndrico e ligeiramente achatado, o que as torna bastante portáteis. Cada uma, entretanto, traz certa vantagem em relação à outra. A SRS-XB10, por exemplo, é mais leve do que a Wonderboom, pesando 260 g, 165 g a menos do que o peso da concorrente (425 g). O modelo da Ultimate Ears, por sua vez, tem design mais atrativo, com combinações de cores mais interessantes e variadas; disponível em seis versões diferentes da rival, que tem cinco. Nenhum dos dois modelos tem muitos botões e ambos buscam um ar mais minimalista, com poucas informações. Além disso, eles vêm com cordões que os permitem serem pendurados a bolsas, bicicletas e outros locais.

O principal motivo da vitória da Wonderboom é sua resistência à água, muito mais significativa que aquela encontrada na SRS-XB10. Segundo a Sony, a caixa de som é resistente à água fresca, água corrente e suor, mas não há garantias quanto a outros tipos de líquido e nem contra água de piscina. A Ultimate Ears, porém, garante que sua caixa de som pode boiar em piscinas, sobrevive à lama e à poeira e pode ser encharcada, lavada por enxágue e submersa a até 1m por 30 minutos. Isso aumenta as possibilidades de utilização.

UE Wonderboom é mais resistente à água — Foto: Divulgação/Ultimate Ears UE Wonderboom é mais resistente à água — Foto: Divulgação/Ultimate Ears

UE Wonderboom é mais resistente à água — Foto: Divulgação/Ultimate Ears

Desempenho: Empate

A caixa da Sony não é ruim. Segundo a fabricante, sua bateria aguenta até 16 horas de reprodução, dependendo do uso, tempo que, no geral, é atribuído a produtos mais caros. Além disso, aliado à frequência de 20 Hz a 20 KHz, ela promete tecnologia Extra Bass, o que melhoraria os baixos mesmo com o tamanho compacto. O produto suporta, ainda, conexões Bluetooth e NFC. Assim como a concorrente, pode ser conectada a outra caixa do mesmo modelo para melhorar o som.

SRS-XB10: caixa de som tem 16 horas de autonomia de bateria — Foto: Divulgação/Sony SRS-XB10: caixa de som tem 16 horas de autonomia de bateria — Foto: Divulgação/Sony

SRS-XB10: caixa de som tem 16 horas de autonomia de bateria — Foto: Divulgação/Sony

A UE Wonderboom oferece menos tempo de bateria, com, no máximo, 10 horas por carga. Mas além de também prometer graves cuidadosos e ter frequência de 80 Hz a 20 kHz, ela tem som em 360º, o que pode dar mais profundidade e nitidez à música. Como para boa parte dos usuários, a qualidade do áudio é um dos fatores mais importantes na hora de escolher um speaker Bluetooth, para outros, o tempo de duração de bateria fala mais alto, a solução para o quesito desempenho é o empate.

Suporte e Garantia: Empate

No site da Sony, a página de suporte é bastante completa, com espaço para encontrar uma assistência técnica perto de você, além de FAQs, tutoriais, downloads e central de relacionamento. No caso da Ultimate Ears, não fica tão claro se a Logitech é ou não a responsável pelo suporte do produto. A Apple, que também o disponibiliza em sua loja, não se responsabiliza pelo suporte.

No quesito garantia, entretanto, a caixinha da Ultimate Ears vence disparado. Isso porque ela oferece 2 anos, enquanto a concorrente tem apenas 1. Isso é uma grande vantagem, já que o usuário terá um tempo bastante satisfatório para que possíveis defeitos de fábrica se manifestem a tempo de obter trocas e reparos gratuitos.

Ultimate Ears Wonderboom tem 2 anos de garantia — Foto: Divulgação/Ultimate Ears Ultimate Ears Wonderboom tem 2 anos de garantia — Foto: Divulgação/Ultimate Ears

Ultimate Ears Wonderboom tem 2 anos de garantia — Foto: Divulgação/Ultimate Ears

Preço: Sony SRS-XB10

Para os que desejam o máximo possível de economia, a melhor escolha é a Sony SRS-XB10. Na loja oficial da fabricante, a caixinha pode ser comprada por preços a partir de R$ 323, um valor não muito salgado. Mas para comprar a Ultimate Ears Megaboom, será necessário investir um pouco mais. Isso porque o produto custa a partir de R$ 449,10 na loja oficial da Apple Brasil e R$ 474,05 no site da Logitech. A diferença de pouco mais de R$ 100 pode acabar falando mais alto na hora da decisão.

Caixinha da Sony tem melhor preço — Foto: Divulgação/Sony Caixinha da Sony tem melhor preço — Foto: Divulgação/Sony

Caixinha da Sony tem melhor preço — Foto: Divulgação/Sony

E aí, qual a melhor?

Temos um empate. A caixinha da Ultimate Ears tem melhor design, tempo de garantia maior e deve oferecer som mais nítido. O produto da Sony, entretanto, ganha no preço, na assistência técnica e na bateria, que promete capacidade de até seis horas a mais do que a concorrente. Dessa forma, o usuário deve analisar o que é mais importante para ele: se ele costuma escutar música o dia todo e quer usar sua caixa Bluetooth para isso, a SRS-XB10 é a melhor opção. Mas se está mais preocupado com um som nítido e não vai utilizar o produto por tantas horas assim, pode valer mais a pena investir na Wonderboom.

Vale a pena comprar caixa de som Bluetooth? Comente no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo