Por Thássius Veloso, de São Paulo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Acessório que transforma qualquer televisão (com entrada HDMI) em dispositivo “smart”, a Apple TV 4K chega ao Brasil nesta semana. A fabricante da maçã aposta, desta vez, em duas siglas que significam maior qualidade de imagem: o 4K e o HDR. Quem quiser comprar o dispositivo no país tem de desembolsar R$ 1.299 pelo modelo com armazenamento de 32 GB ou R$ 1.399 pela Apple TV com 64 GB. A encomenda pode ser feita no site oficial ou nas lojas a partir de sexta-feira (3).

Ao contrário do que as especificações podem sugerir, os filmes e séries não ficam salvos na memória interna do dispositivo – considerado uma companhia esperta para TVs antigas. Em vez disso, os 32 GB do modelo básico são utilizados para guardar os dados de aplicativos e também as fotos do usuário. Tudo fica sincronizado por meio do iCloud, serviço de backup na nuvem oficial da Apple.

Apple TV 4K chega ao Brasil com 32 GB ou 64 GB; saiba os preços  — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Apple TV 4K chega ao Brasil com 32 GB ou 64 GB; saiba os preços  — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Apple TV 4K chega ao Brasil com 32 GB ou 64 GB; saiba os preços — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Trocando em miúdos, a resolução 4K comporta quatro vezes mais pixels – os pontos brilhantes que compõem a imagem – do que a resolução Full HD, presente na geração anterior da Apple TV. Já o HDR garante maior qualidade na exibição da imagem, pois permite a reprodução de até um bilhão de cores. Em demonstração feita pela Apple em São Paulo, o TechTudo constatou que paisagens ficam mais imersivas quando vistas em formato HDR. Além disso, cenas em ambientes mais escuros ficam valorizadas e o espectador não perde nenhum detalhe.

Diversos filmes e séries à disposição na iTunes, a loja de conteúdo da Apple, estão disponíveis em 4K. Segundo a fabricante, o Brasil conta com mais títulos neste formato do que alguns países da Europa. Além disso, quem comprou conteúdo em resolução Full HD pelo iTunes deve receber uma nova versão, agora em 4K, tão logo o título seja atualizado na plataforma de conteúdo. Não é preciso pagar pelo upgrade.

Entradas da Apple TV 4K — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Entradas da Apple TV 4K — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Entradas da Apple TV 4K — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Como nem só de iTunes vivem os clientes da Apple, a Apple TV 4K também aceita conteúdo em altíssima resolução e que seja disponibilizado por outras plataformas de streaming. Por exemplo, o Globo Play marca presença: ainda esta semana entram em cartaz diversas novelas da Rede Globo em formato 4K, simultaneamente à chegada do acessório às lojas. O app da Globo oferece transmissão ao vivo da programação nas cidades cobertas pela função “Agora na Globo”, uma vantagem em relação ao Chromecast. Netflix, HBO Go e Fox também têm conteúdo em 4K.

Controle da Apple TV 4K — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Controle da Apple TV 4K — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Controle da Apple TV 4K — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O controle remoto da Apple TV continua o mesmo, com a diferença de que a tecla “Menu” agora tem uma borda branca. Ele conversa com a Apple TV 4K por Bluetooth. Donos de iPhone e iPad têm ainda a opção de usar a central de controle do iOS para controlar o dispositivo.

A Apple TV 4K funciona como uma central de streaming de vídeos e músicas, mas com armazenamento de arquivos no próprio dispositivo. A Apple recomenda uma conexão de pelo 25 Mb/s para utilizar o equipamento sem engasgos. Vale lembrar que a TV do usuário também deve ser compatível com 4K e HDR para garantir a experiência de entretenimento mais rica.

Dentre as tecnologias de HDR, a Apple destacou o formato proprietário Dolby Vision, que conta com melhor qualidade técnica das imagens, mas ao mesmo tempo tem menor oferta de conteúdo e de televisões compatíveis. No Brasil, por exemplo, apenas a LG (com OLED e Super UHD) e a Sony oferecem o recurso. AOC, Philips e Samsung não vendem TVs com a tecnologia no país.

Apple TV 4K de frente com controle — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Apple TV 4K de frente com controle — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Apple TV 4K de frente com controle — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Por fim, uma ausência notória: o aplicativo oficial do YouTube não é compatível com a altíssima definição. É aguardado que o Google faça a atualização num futuro breve.

Modelo do ano passado, a Apple TV de quarta geração continua à venda no Brasil pelo preço sugerido de R$ 1.099. Ela conta com 32 GB e não oferece suporte a 4K e HDR.

O jornalista viajou para São Paulo a convite da Apple.

Smart TV ou Chromecast? Veja comparativo e descubra qual vale mais a pena

MAIS DO TechTudo