Google Pixelbook: conheça o notebook 2 em 1 mais leve da fabricante

Substituto do Pixel pode virar tablet, tem tela QuadHD, caneta stylus e é compatível com o Google Assistant

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Filipe Garrett, para o TechTudo

O Google Pixelbook é um laptop 2 em 1 com ChromeOS, compatível com a Pixelbook Pen e Google Assistente. Apresentado nesta quarta-feira (4), durante o evento de lançamento dos novos smartphones Pixel, o novo Chromebook deixa para trás o nome Pixel e chega com características interessantes: trata-se do primeiro laptop conversível do Google, reproduzindo o design bastante portátil dos Surface da Microsoft e do Yoga da Lenovo. O preço inicial do Pixelbook é de US$ 999 (R$ 3.125, em conversão direta sem impostos).

Pixelbook tem tela 2K (1440p), Google Assistente, pode rodar apps e jogos do Android e é compatível com uma nova caneta Pixelbook (Foto: Divulgação/Google) Pixelbook tem tela 2K (1440p), Google Assistente, pode rodar apps e jogos do Android e é compatível com uma nova caneta Pixelbook (Foto: Divulgação/Google)

Pixelbook tem tela 2K (1440p), Google Assistente, pode rodar apps e jogos do Android e é compatível com uma nova caneta Pixelbook (Foto: Divulgação/Google)

A tela é de 12,3 polegadas e é disposta num aspecto 3:2, o mesmo usado pela Microsoft na linha Surface Book.As configurações de hardware partem de um Core i5 de sétima geração, 8 GB de memória RAM e 128 GB de espaço em um SSD.

No pacote mais parrudo, o Pixelbook sai com um i7, 16 GB de RAM e a capacidade de armazenamento pula para 512 GB. Em comum nas duas versões é a resolução de tela em 2K (ou o QuadHD dos smartphones).

A duração de bateria foi estimada em até 10 horas de uso. O Google não entrou em detalhes a respeito da capacidade bruta do componente em mAh.

Com relação às portas de expansão, o Pixelbook oferece apenas duas portas USB-C: uma delas para recarga da bateria, deixando a outra disponível para o uso com periféricos.

Pixelbook é o novo Chromebook do Google (Foto: Divulgação/Google) Pixelbook é o novo Chromebook do Google (Foto: Divulgação/Google)

Pixelbook é o novo Chromebook do Google (Foto: Divulgação/Google)

Segundo o Google, o híbrido entre laptop e tablet com ChromeOS pesa apenas 1 quilo. Feito em metal, o notebook tem espessura máxima de 10,3 milímetros quando fechado. Ao contrário da tendência de bordas mínimas, a tela apresenta bordas mais espessas do que o usado em notebooks como os XPS da Dell ou nos MacBooks Pro.

Na configuração mais simples, com i5, o computador sai por US$ 999 (R$ 3.125) no mercado norte-americano. Na especificação top de linha, o Pixelbook sai por US$ 1.649 (R$ 5.175). De acordo com o Google, a máquina está em pré-venda com entregas previstas para começar em 31 de outubro nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. Não há informações sobre a chegada do computador em outros mercados, como o Brasil.

Caneta vendida separadamente

Vendida separadamente, Pixelbook Pen é a caneta do novo notebook do Google (Foto: Divulgação/Google) Vendida separadamente, Pixelbook Pen é a caneta do novo notebook do Google (Foto: Divulgação/Google)

Vendida separadamente, Pixelbook Pen é a caneta do novo notebook do Google (Foto: Divulgação/Google)

A Pixelbook Pen promete estender as funcionalidades do notebook, permitindo interação com aplicativos de criação, realização de anotações e etc. Entretanto, a caneta será vendida separadamente a US$ 99 (R$ 309, em conversão direta).

Usando pilhas AAA comuns, a caneta reconhece até 2 mil níveis de pressão de escrita, bem como a inclinação da ponta. Segundo o Google, a caneta é compatível com o Assistente para interações como a realização de anotações e lembretes.

A caneta, desenvolvida em parceria com a Wacom, tem 10 ms (milissegundos) de latência e conta com um único botão no topo.

Google Assistente no ChromeOS

Pixelbook é compatível com jogos e apps do Android (Foto: Divulgação/Google) Pixelbook é compatível com jogos e apps do Android (Foto: Divulgação/Google)

Pixelbook é compatível com jogos e apps do Android (Foto: Divulgação/Google)

Um dos grandes destaques do novo notebook é a compatibilidade com a Google Assistente. Há uma tecla específica para que o usuário chame o assistente virtual e passe a interagir, seja por meio de comandos de voz, por digitação ou até notas escritas na tela com a Pixelbook Pen.

Além da tecla, é possível convocar a ajuda da Google Assistente por meio do comando "OK, Google", repetindo a ação comum nos smartphones.

No computador, as funções da Google Assistente reproduzem aquilo que é possível no celular: buscas, anotações, configuração de lembretes e entradas em agenda, além de tarefas que possam ser integradas a apps instalados passam a ser acessíveis via comando de voz.

Um exemplo de uso com a Pixelbook Pen seria circular uma imagem, ou um conjunto de palavras, e pressionar o botão de ação do Assistente que, em seguida, realizaria uma busca na Internet a partir daquilo que o usuário selecionou.

Aplicativos do Android

Notebook entra em pré-venda nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido com entregas previstas para 31 de outubro (Foto: Divulgação/Google) Notebook entra em pré-venda nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido com entregas previstas para 31 de outubro (Foto: Divulgação/Google)

Notebook entra em pré-venda nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido com entregas previstas para 31 de outubro (Foto: Divulgação/Google)

A escolha de resolução alta, oferta de tela sensível ao toque, modo tablet com caneta stylus e acesso ao Google Assistente fortalecem a proposta de compatibilidade do Pixelbook com os aplicativos do Android.

O usuário poderá acessar a Play Store para comprar jogos, aplicativos e mídia para consumo no dispositivo.

MAIS DO TechTudo