Sete recursos que o iPhone X tem e que o Galaxy Note 8 fica devendo

Novo iPhone tem tela inovadora e reconhecimento facial.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Paulo Alves, para o TechTudo

O iPhone X ainda não tem data para chegar ao Brasil, mas já tem um rival à espera: o Galaxy Note 8, da Samsung. Os celulares têm ficha técnica avançada, incluindo os melhores processadores da atualidade. Eles também trazem recursos exclusivos de desbloqueio, como reconhecimento de face e de íris. Além disso, ambos estreiam telas diferentes com um design fino e leve. Por outro lado, os preços são igualmente grandiosos.

O smartphone da Apple alcança pela primeira vez ao patamar de US$ 1 mil (R$ 3.163, em conversão direta, sem impostos) nos EUA e tende a desembarcar no Brasil mais caro do que os R$ 4.399 cobrados pela Samsung por seu melhor smartphone. Em troca, o novo iPhone promete uma série de vantagens para justificar o investimento. Veja sete recursos que o iPhone X e que não existem no Galaxy Note 8.

iPhone 8, 8 Plus e X: preço e especificações dos lançamentos da Apple

iPhone 8, 8 Plus e X: preço e especificações dos lançamentos da Apple

O texto de hoje faz parte de uma série que mostra os benefícios e desvantagens de cada modelo premium. Acesse também:

Face ID

O iPhone X abandonou o leitor de digitais Touch ID em favor do Face ID, uma nova tecnologia que identifica o rosto do usuário para desbloquear o aparelho. Em vez de usar os dedos no botão de início, o usuário posiciona o celular à frente dos olhos. Segundo a Apple, o novo método de bloqueio é até 20 vezes mais seguro que o leitor de impressões digitais do iPhone 8 e modelos anteriores.

Face ID desbloqueia tela do iPhone X (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Face ID desbloqueia tela do iPhone X (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Face ID desbloqueia tela do iPhone X (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

A proteção extra vem do mecanismo de rastreio, que consiste em uma câmera especial e um projetor que identifica 30 mil pontos diferentes da face para criar um modelo 3D.

O Galaxy Note 8 conta com um bloqueio por scanner de face. No entanto, a tecnologia de identificação facial ainda não é segura o suficiente para usar no dia a dia. Tanto que a própria Samsung recomenda o uso do leitor de digitais ou o sensor de íris.

Tela Super Retina HD

A tela Super Retina HD, que ocupa quase toda a parte frontal do iPhone X, é o carro-chefe do aparelho. O painel é o mais avançado presente em um iPhone, feito com tecnologia OLED, alta gama de cores e um formato mais alongado. O único local sem display é a parte de cima do display, que esconde alto-falante, câmera e sensores.

Tela ocupa quase toda parte frontal do iPhone X (Foto: Thássius Veloso / TechTudo) Tela ocupa quase toda parte frontal do iPhone X (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

Tela ocupa quase toda parte frontal do iPhone X (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

O Note 8 também se destaca pela tela grande, que inclusive é maior do que a do iPhone X (6,3 contra 5,8 polegadas), mas há mais espaço frontal desperdiçado no celular da Samsung.

Corpo compacto

Por conta do aproveitamento maior da parte frontal, o iPhone X tem uma tela grande de 5,8 polegadas, mas seu corpo não aumenta tanto assim. Embora sua diagonal seja maior do que no iPhone 8 Plus, que tem painel de 5,5 polegadas, as dimensões são ligeiramente maiores do que a do modelo menor, o iPhone 8.

iPhone X cabe melhor em uma mão (Foto: Thássius Veloso / TechTudo) iPhone X cabe melhor em uma mão (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

iPhone X cabe melhor em uma mão (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

A comparação fica ainda mais desproporcional ao confrontar com o Galaxy Note 8, que tem display de 6,3 polegadas. O iPhone X é menor, mais fino e 20 g mais leve que o aparelho da Samsung.

3D Touch

O 3D Touch é uma tecnologia que estreou no iPhone 6S e se mantém no iPhone X para facilitar a interação nos menus do iOS 11. A cada versão do sistema, o celular oferece novos comandos para acessar ao pressionar a tela, como os ajustes de volume. A mesma tecnologia permite entregar uma resposta aprimorada a qualquer interação do usuário, resultando em uma experiência de uso potencialmente superior.

Painel de controle do iOS 11 no iPhone X (Foto: Thássius Veloso / TechTudo) Painel de controle do iOS 11 no iPhone X (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

Painel de controle do iOS 11 no iPhone X (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

No Galaxy Note 8, o único recurso parecido está no botão de início sob o display, que emite uma vibração quando pressionado. Nada mais no Android revela novas funções quando o usuário toca na tela com mais força.

Som estéreo

A partir do iPhone 7, a Apple passou a oferecer dois alto-falantes no aparelho, algo que se mantém no iPhone X. O celular conta com uma saída de áudio na parte inferior e uma frontal, no visor localizado na parte superior da tela. O resultado é uma experiência melhorada ao ouvir música e assistir a vídeos, já que o som da reprodução tende a ficar mais claro e livre de bloqueios acidentais com as mãos.

iPhone X tem som estéreo frontal (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) iPhone X tem som estéreo frontal (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

iPhone X tem som estéreo frontal (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

No Galaxy Note 8 há um único alto-falante na parte inferior, facilmente passível de ser bloqueado ao segurar o celular de uma determinada maneira. Além disso, mesmo quando a saída está desobstruída, o áudio emitido é mono.

Animoji

iPhone X com animoji (Foto: Thássius Veloso / TechTudo) iPhone X com animoji (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

iPhone X com animoji (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

Além de escanear o rosto do usuário para desbloquear, o Face ID do iPhone X permite criar modelos 3D do usuário para construir os Animoji, espécie de emojis especiais. É possível usar suas próprias expressões faciais para animar figuras que se movem e podem ser compartilhadas em mensagens do iMessage. No Note 8, não há nada parecido, já que seu scanner facial é limitado.

Mais cores

O iPhone X foi lançado nos EUA nas cores cinza espacial e prateado. Se a tradição de lançamentos da Apple no Brasil se confirmar, os celulares deverão chegar ao mercado nacional em ambas as opções, superando o rival Galaxy Note 8, que só está à venda no país na cor preta.

iPhone X tem nova cor prateada, além da clássica cinza espacial (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) iPhone X tem nova cor prateada, além da clássica cinza espacial (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

iPhone X tem nova cor prateada, além da clássica cinza espacial (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

MAIS DO TechTudo