Battle for Azeroth: jogamos a nova expansão de World of Warcraft

Nova expansão foca mais do que nunca no conflito entre as duas facções do jogo e ainda traz áreas inéditas

Battle for Azeroth: jogamos a nova expansão de World of Warcraft Battle for Azeroth: jogamos a nova expansão de World of Warcraft
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Viviane Werneck, da BlizzCon 2017*

O ponto alto da BlizzCon 2017, na Califórnia, certamente ficou com o anúncio de Battle for Azeroth - a nova expansão de World of Warcraft. O conteúdo explora, mais do que nunca, o desfecho do conflito entre as duas facções, Aliança e Horda. Além da história, outros elementos foram adicionados ao MMORPG, como novos cenários, criaturas antigas e nível máximo aumentado para 120. A expansão ganhará, ainda, um modo de jogo de dominação de territórios. O TechTudo jogou a novidade e traz as primeiras impressões a seguir.

A trégua acabou. Agora é guerra!

Battle for Azeroth explora a queda da Legião Ardente que, como consequência, desencadeou uma enxurrada de destruição trazendo de volta a antiga rivalidade entre a Aliança e a Horda, as duas facções do universo de WoW. Com o início de uma nova era de guerras, os jogadores precisam escolher um lado e partir em uma jornada, que não promete ser fácil, e disputar os recursos mais raros de Azeroth. Dessa forma, os heróis devem dominar o conflito e ter alguma vantagem em diversas linhas da frente na batalha. Ao final, o lado vencedor terá a responsabilidade de conduzir o futuro incerto do mundo.

Novos reinos, saquear ilhas místicas e recrutar aliados

Resumidamente, objetivo principal da expansão é ajudar a preparar sua facção para a grande batalha pelo domínio de Azeroth. Para isso, o jogador deverá recrutar novos aliados e ir em busca de recursos para reforçar sua frente de batalha. Mas Battle for Azeroth também traz outras novidades que prometem agradar aos fãs.

World of Warcraft: Battle for Azeroth (Foto: Divulgação) World of Warcraft: Battle for Azeroth (Foto: Divulgação)

World of Warcraft: Battle for Azeroth (Foto: Divulgação)

O conteúdo adiciona dois novos reinos fantásticos: como um membro da Aliança, você poderá explorar o reino naval Kul Tiraz, local de origem de Jaina Proudmore, e recrutar habitantes para lutar ao seu lado. Já como um integrante da Horda, o jogador viajará para o império Zandalar para tentar convencer os trolls a te emprestar sua poderosa frota naval.

Em ambos os gameplays, de acordo com a facção escolhida, é possível acessar novas raças aliadas jogáveis, que trazem habilidades raciais exclusivas. Você poderá, por exemplo, tentar conquistar a confiança dos taurens de Alta Montanha, elfos caóticos, anões Ferro Negro, dentre outros. Dessa forma, é possível criar um novo personagem da raça para fortalecer a sua facção.

World of Warcraft: Battle of Azeroth (Foto: Divulgação) World of Warcraft: Battle of Azeroth (Foto: Divulgação)

World of Warcraft: Battle of Azeroth (Foto: Divulgação)

Além de convencer mais raças para abraçar a sua causa, você também precisará de recursos para custear sua empreitada. Para isso, será necessário viajar para as Ilhas do Grande Oceano e saquear suas riquezas. Não pense que você terá uma recepção calorosa ao chegar em algumas das ilhas, ainda não cartografadas, de Azeroth. Vários inimigos, como uma espécie de caranguejo gigante, também são atraídos pelas riquezas do local e não vão desistir tão fácil. O interessante aqui é batalhar em grupos, de três jogadores, para lutar contra os invasores ou jogadores inimigos e, finalmente, conseguir coletar os recursos da região.

Frontes de guerra e nível máximo de 120

Em Battle for Azeroth, o nível máximo foi aumentado para 120 e 10 novas missões foram adicionadas para te ajudar a fortalecer seu herói. Todo o seu esforço de recrutar aliados e batalhar por recursos preciosos tem um objetivo bem claro: alimentar seus fornos da guerra contra a facção rival.

World of Warcraft: Battle for Azeroth (Foto: Divulgação) World of Warcraft: Battle for Azeroth (Foto: Divulgação)

World of Warcraft: Battle for Azeroth (Foto: Divulgação)

E este é o ponto alto desta expansão com os Frontes de Guerra. Esse modo de jogo traz eventos cooperativos com 20 jogadores para conquistar territórios estratégicos. Para ser bem sucedido, o jogador deve capturar recursos e liderar investidas, enquanto suas tropas preparam o cerco. É claro que você também deverá enfrentar os comandantes inimigos para ser o vencedor neste modo “jogador contra o computador”, inspirado nas nostálgicas batalhas de Warcraft.

Overwatch ou Battlefield 1? Opine no Fórum do TechTudo!

*A jornalista viajou para Anaheim à convite da Blizzard.

MAIS DO TechTudo