Por Melissa Cruz Cossetti, da redação


A quinta edição da Black Friday Brasil decepcionou nos descontos, mas teve uma alta de vendas após a pico da crise. Os dados a seguir são do Reclame Aqui, que compila queixas de consumidores de lojas online. O brasileiro voltou a comprar, principalmente com foco empresentes antecipados de Natal, mas "perdeu o encanto". Segundo o RA, o evento, que acontece na última sexta-feira do mês de novembro, não trouxe descontos surpreendentes, longe do "sonho americano" que a inspirou.

Ainda está rolando desconto, saiba evitar fraudes; vídeo

Black Friday: cinco dicas para comprar com segurança

Black Friday: cinco dicas para comprar com segurança

Usuários que registraram reclamações no site apontaram que, ao longo das 24 horas de compras, as lojas não ofereceram nada mais do que descontos similares aos de saldões de fim de ano. Quem esperava por descontos de mais de 50% — com promessa de baixas de 80% no preço — pouco encontrou nas lojas virtuais.

Empresas mais reclamadas da Black Friday 2017 — Foto: Reprodução/ Reclame Aqui Empresas mais reclamadas da Black Friday 2017 — Foto: Reprodução/ Reclame Aqui

Empresas mais reclamadas da Black Friday 2017 — Foto: Reprodução/ Reclame Aqui

Mais de 3,5 mil queixas

O reflexo disso foi "propaganda enganosa" como o principal motivo de queixa no Reclame Aqui, que fechou a Black Friday 2017 com 3.503 reclamações. O total é 17,1% a mais do que a edição passada do evento, quando foram registradas 2,9 mil queixas. Em 2014, porém, quando foi batido o recorde de ocorrências — de cerca de 12 mil reclamações — apresentando queda constante até 2016.

Veja o balanço final, que inclui reclamações desde as 18h de quinta-feira (23), até a meia-noite de sexta-feira (24) para sábado (25). Ao longo do fim de semana, algumas lojas ainda oferecem descontos para esvaziar os estoques; fique atento.

Queixas no Reclame Aqui durante a Black Friday Brasil
Levantamento do site compara anos anteriores da iniciativa no e-commerce nacional
Fonte: Reclame Aqui

Lojas mais reclamadas

  1. Magazine Luiza – Loja Online — com 263 reclamações;
  2. Americanas.com – Loja Online — com 245 queixas;
  3. Kabum! — com 173 ocorrências.

Principais queixas

  1. Propaganda enganosa em 13,5% dos casos;
  2. Problemas na finalização da compra em 9,6%;
  3. Divergência de valores em 8,8%

Produtos mais reclamados

  1. Smartphones — 8,9%
  2. TVs — 4%
  3. Perfume — 1,7%
  4. Tênis — 1,5%
  5. Notebooks — 1,3%

Principais problemas e queixas de consumidores na Black Friday — Foto: Divulgação/Reclame Aqui Principais problemas e queixas de consumidores na Black Friday — Foto: Divulgação/Reclame Aqui

Principais problemas e queixas de consumidores na Black Friday — Foto: Divulgação/Reclame Aqui

O Reclame Aqui também chama a atenção para as muitas denúncias de consumidores sobre sites falsos (que se passam por lojas verdadeiras), fretes abusivos e até mesmo mais caros que os produtos, além do tempo de entrega longo que impede que os produtos chegem a tempo das festas de fim de ano.

MAIS DO TechTudo