GTX 950 vs GTX 1050: compare especificações das placas de vídeo da NVIDIA

Placas de entrada apresentam diferenças consideráveis na ficha técnica, na performance e no preço.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Filipe Garrett, para o TechTudo

Modelos de entrada das duas últimas gerações da NVIDIA, as GeForce GTX 950 e 1050 podem ser opções interessantes para quem deseja boa performance gráfica sem gastar muito dinheiro. Com ficha técnica adequada para rodar jogos em Full HD, as placas de vídeo apresentam diferenças consideráveis nas especificações, mesmo que apenas um ano tenha se passado da chegada da 950 para o lançamento da GTX 1050, em outubro de 2016.

No comparativo a seguir, você descobre quais são as vantagens da 1050 e até que ponto compensa comprar a GTX 950 em 2017.

GTX 1050 tem ficha técnica muito superior (Foto: Viviane Werneck/TechTudo) GTX 1050 tem ficha técnica muito superior (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

GTX 1050 tem ficha técnica muito superior (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

Especificações

Mais recente, a GTX 1050 tem especificações técnicas superiores às disponíveis entre as 950. Para começar, o processador gráfico da 1050 é mais rápido, registrando velocidades entre 1.354 e 1.455 MHz contra 1.024 e 1.188 MHz da antecessora.

As vantagens da ficha técnica da GTX 1050 continuam quando o assunto é a memória RAM. Nessa placa, são 2 GB de GDDR5 funcionando a uma velocidade de 7 Gb/s (gigabits por segundo), em contraposição aos mesmos 2 GB de RAM a 6,6 Gb/s na 950.

A memória mais rápida da 1050 também é acompanhada por uma banda mais larga na hora de trocar informações com o processador gráfico: são 112 Gb/s contra 105,6 Gb/s. Essa especificação é essencial para determinar a capacidade de uma placa de vídeo, pois não adianta uma GPU ser muito rápida e ter muita memória se a via de comunicação entre esses dois componentes for estreita. Portanto, quanto mais larga essa banda, melhor a performance da placa.

Performance

Geforce 950 carece da tecnologia mais avançada da 1050 e o resultado é performance inferior (Foto: Divulgação/Asus) Geforce 950 carece da tecnologia mais avançada da 1050 e o resultado é performance inferior (Foto: Divulgação/Asus)

Geforce 950 carece da tecnologia mais avançada da 1050 e o resultado é performance inferior (Foto: Divulgação/Asus)

Como já deve ter ficado claro, a 1050 é superior tecnicamente e é natural que, na prática, ela seja mais rápida que o modelo anterior. Segundo a Nvidia, a GPU da 1050 é até 30% mais rápida do que a encontrada na 950.

Benchmarks independentes mostram que a medida de diferença de performance pode variar um pouco abaixo desse número, dependendo das configurações do sistema em que a placa está montada e das aplicações. No geral, em condições normais, o usuário deve contar com uma vantagem de pelo menos 20% a favor da 1050.

Consumo

Placa GTX 1050 é mais eficiente e consome menos (Foto: Divulgação/Nvidia) Placa GTX 1050 é mais eficiente e consome menos (Foto: Divulgação/Nvidia)

Placa GTX 1050 é mais eficiente e consome menos (Foto: Divulgação/Nvidia)

Segundo a Nvidia, a Geforce GTX 950 tem TDP de 90 watts, requerendo uma fonte de 300 watts para operar corretamente no sistema. Por essa conta, se você usar uma fonte de potência inferior, é possível que seu sistema apresente instabilidades e travamentos.

A 1050, mais uma vez, tem vantagem: de acordo com a Nvidia, a TDP da placa é de 75 watts, exigindo os mesmos 300 watts de fonte de energia.

Na prática, a TDP de um componente do seu computador mede a quantidade de energia elétrica que a peça dissipa na forma de calor. Em outras palavras, a TDP é a quantidade de eletricidade desperdiçada pela placa durante seu funcionamento sob alta demanda. Por conta disso, quanto menos calor a placa liberar, menos energia ela desperdiça e maior é a sua eficiência energética.

Preço e disponibilidade

Mais antiga e fora de linha, a GTX 950 não é tão presente no mercado atualmente. Em todo caso, o consumidor ainda consegue encontrá-la à venda no Brasil. No entanto, a GTX 1050, lançada em 2016, tem presença muito maior.

Há uma vantagem no valor também: a 1050 pode ser encontrada no país pelo preço na casa dos R$ 600, significativamente inferiores aos R$ 900 praticados nas poucas versões da GTX 950 ainda à venda no Brasil.

Versões

Baixa disponibilidade e preço alto tornam a escolha pela GTX 950 difícil de ser justificada (Foto: Divulgação/Asus) Baixa disponibilidade e preço alto tornam a escolha pela GTX 950 difícil de ser justificada (Foto: Divulgação/Asus)

Baixa disponibilidade e preço alto tornam a escolha pela GTX 950 difícil de ser justificada (Foto: Divulgação/Asus)

A idade da GTX 950 acaba refletindo também na variedade de versões diferentes disponíveis no mercado nacional. No momento, o consumidor tem quatro opções diferentes de EVGA, PNY, Asus e Galax para escolher. A melhor delas é a edição da EVGA, que vem com bom overclock de fábrica, e sai por R$ 930, em média.

Do lado da 1050, o cenário é ainda mais interessante. Há mais de 10 versões diferentes da placa no momento, todas vendidas a preços inferiores aos praticados nas 950.

Custo-benefício

A Geforce GTX 950 perde em especificações técnicas, performance, variedade, disponibilidade e preço. Por isso, recomendar a compra dessa placa em específico acaba se tornando uma tarefa difícil. Em todo caso, se o consumidor encontrar uma boa oferta que derrube o valor da 950 a patamares inferiores a R$ 600, talvez o modelo possa ser uma boa escolha.

Entretanto, quem não se convence a respeito da GTX 1050, pode considerar as opções da AMD na mesma faixa de preço. Placas como as Radeon RX 460, 560 e 570 têm perfis semelhantes e orbitam no mesmo patamar.

Geforce GTX 950 vs. Geforce GTX 1050

Especificações Geforce GTX 950 Geforce GTX 1050
Lançamento Julho de 2015 Outubro de 2016
Preço A partir de R$ 930 A partir de R$ 600
Clock 1.024 a 1.188 MHz 1.534 a 1.445 MHz
Núcleos CUDA 768 640
Memória RAM 2 GB GDDR5 2 GB GDDR5
Velocidade da memória 6,6 Gbps 7 Gbps
Interface 128 bits 128 bits
Largura de banda 105,6 GB/s 112 GB/s
TDP 90 watts 75 watts

Qual GPU é melhor para jogos atuais? Comente no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo