Prós e contras do Facebook Lite, aplicativo mais leve da rede social

Aplicativo que economiza memória e dados tem melhor desempenho em smartphones básicos.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Isabela Cabral, para o TechTudo

Quase três anos após seu lançamento, em janeiro de 2015, o Facebook Lite cresceu e mudou bastante, acompanhando os avanços da rede social. A versão mais leve do aplicativo para celulares Android, lançada de olho nos países com conexões lentas e predomínio de smartphones modestos, já alcançou mais de 500 milhões de downloads. A promessa de economia de espaço na memória e de dados de Internet, aliadas a uma performance rápida, conquistou os usuários.

Ver o feed de notícias, fazer posts, curtir ou reagir a publicações, comentar, compartilhar, interagir com grupos e páginas, salvar links e muito mais: todas as funções fundamentais do app do Facebook estão na versão Lite, que é bem mais leve. No entanto, existem limitações e a experiência do usuário pode ser menos agradável. Conheça os prós e os contras do aplicativo e descubra se é a melhor solução para você.

Versão Lite do Facebook promete economia de armazenamento e Internet (Foto: Isabela Cabral/TechTudo) Versão Lite do Facebook promete economia de armazenamento e Internet (Foto: Isabela Cabral/TechTudo)

Versão Lite do Facebook promete economia de armazenamento e Internet (Foto: Isabela Cabral/TechTudo)

PRÓS

1. Economia de armazenamento

A diferença entre os tamanhos dos arquivos do Facebook e do Facebook Lite é enorme. Baixar e instalar o primeiro exige 68 MB de espaço. No entanto, logo em seguida, com login feito, o app já passa a armazenar dados, ocupando um total de mais de 250 MB. Enquanto isso, o download do Lite tem apenas 1,55 MB e, após a instalação, o software ocupa 7 MB. Além disso, o cache, informações temporárias dos apps, também é bem reduzido na versão mais leve.

Facebook Lite  (Foto: Reprodução/Isabela Cabral) Facebook Lite  (Foto: Reprodução/Isabela Cabral)

Facebook Lite (Foto: Reprodução/Isabela Cabral)

2. Aproveitamento de dados móveis

O aplicativo padrão tem um consumo muito alto de dados móveis, devido a constantes atualizações em background e carregamento de fotos em alta resolução, por exemplo. Já o Lite otimiza a utilização da conexão 4G ou 3G para que seu pacote de dados não se esgote rapidamente, o que é ótimo para quem tem planos muito limitados. Você ainda pode monitorar o uso de dentro do app, por meio da opção “Utilização de dados”.

Além de economizar dados móveis, o Facebook lite te ajuda a acompanhar o consumo (Foto: Reprodução/Isabela Cabral) Além de economizar dados móveis, o Facebook lite te ajuda a acompanhar o consumo (Foto: Reprodução/Isabela Cabral)

Além de economizar dados móveis, o Facebook lite te ajuda a acompanhar o consumo (Foto: Reprodução/Isabela Cabral)

3. Desempenho

Seu celular está lento ou trava o tempo todo? Trocar do app tradicional para o mais leve pode resolver o problema. Se o Facebook chega a ocupar de 150 MB a 300 MB de memória RAM, na versão Lite do app estes números vão de 50 MB a 150 MB. O Facebook Lite tem uma velocidade muito boa e, além disso, por não pesar tanto na memória, melhora a performance geral do smartphone, quando comparado a sua versão mais robusta.

4. Messenger integrado

Ao contrário do Facebook, o Lite não te obriga a instalar um aplicativo extra, caso do Facebook Messenger, para conversar por bate-papo com seus contatos da rede social. É possível usar o app de mensagens dentro do próprio Facebook Lite. Contatos online, grupos, solicitações de mensagens, envio de fotos: tudo funciona.

É possível utilizar o Messenger na versão Lite do app do Facebook (Foto: Reprodução/Isabela Cabral) É possível utilizar o Messenger na versão Lite do app do Facebook (Foto: Reprodução/Isabela Cabral)

É possível utilizar o Messenger na versão Lite do app do Facebook (Foto: Reprodução/Isabela Cabral)

CONTRAS

1. Design e experiência

O maior impacto para quem está acostumado com o aplicativo tradicional do Facebook é o design. Para permitir toda essa leveza, o Lite precisa sacrificar o visual sofisticado em favor de algo simples e menos polido. Em alguns aspectos, sua interface se assemelha à de um app antigo. O resultado é que a experiência do usuário pode não ser tão agradável.

2. Não permite fazer Stories nem Live

A versão atual do Facebook Lite permite visualizar os Stories dos seus amigos. No entanto, você não vai conseguir publicar a sua história. Além disso, o app mais leve ainda não oferece a função de transmissão ao vivo. Ou seja, se você utiliza muito esses recursos, pode não ter uma boa experiência com a ferramenta.

Facebook Lite apresenta interface mais simples (Foto: Reprodução/Isabela Cabral) Facebook Lite apresenta interface mais simples (Foto: Reprodução/Isabela Cabral)

Facebook Lite apresenta interface mais simples (Foto: Reprodução/Isabela Cabral)

3. Restrições na busca

A pesquisa do Lite tem algumas limitações. Ao realizar uma busca, há as opções de filtrar por pessoas, páginas, grupos ou eventos. No entanto, a lista de resultados não inclui publicações, fotos, vídeos, locais, links. Além disso, sub-filtros para as categorias que existem, como escolher a cidade e a universidade da pessoa procurada, por exemplo, também não aparecem. Nos grupos, não dá para fazer buscas nos posts ou entre os membros.

Conclusão

O Facebook Lite se mostra uma alternativa muito atrativa para usuários com smartphones de entrada ou mesmo intermediários, dependendo do estado do aparelho. Quando economizar dados móveis é uma questão, o aplicativo também pode ser vantajoso. Em vista dos benefícios, os pontos negativos não são expressivos para a maioria das pessoas. Já quem não enfrenta esses problemas, pode continuar com o app padrão e aproveitar seu design refinado e os recursos da rede na íntegra.

MAIS DO TechTudo