App A.I.type de teclado virtual tem dados de milhões de usuários vazados

Mais de 500 GB de informações pessoais foram expostas por conta de servidor desprotegido.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Isabela Cabral, para o TechTudo

Dados pessoais de 31 milhões de usuários do aplicativo de teclado virtual A.I.type vazaram na internet. Segundo a empresa de segurança Kromtech Security Center, que descobriu a falha, 577 GB de informações foram expostas porque o servidor estava online e desprotegido, ou seja, sem senha ou qualquer forma de segurança. Consequentemente, as informações estavam acessíveis a qualquer um.

O app, que aprende com o estilo de digitação, está disponível para smartphones Android e iPhone (iOS), mas apenas usuários do sistema do Google foram afetados. Vale lembrar que o A.I.type está disponível no Brasil tanto na Apple Store quanto na Google Play Store.

A.I.type Keyboard teve dados de milhões de usuários vazados (Foto: Divulgação/A.I.type Keyboard) A.I.type Keyboard teve dados de milhões de usuários vazados (Foto: Divulgação/A.I.type Keyboard)

A.I.type Keyboard teve dados de milhões de usuários vazados (Foto: Divulgação/A.I.type Keyboard)

Entre os dados vazados estão nomes completos e e-mails dos usuários, modelo do dispositivo, idiomas habilitados, número do IMEI, país de residência, localização e informações associadas a redes sociais, como datas de nascimento e fotos do Facebook e Google+. Além disso, foram encontrados cerca de 10 milhões de e-mails e 373 milhões de números de telefone originados, ao que tudo indica, dos contatos registrados nos celulares. Já senhas e dados de pagamento não foram expostos.

Coleta de dados

Ao instalar o A.I.type, o usuário precisa autorizar o acesso a todos os dados do aparelho, o que indica o motivo de um simples app de teclado ter tantas informações. O site do aplicativo afirma que toda informação cedida pelos usuários é “encriptada e privada”, no entanto, o servidor que vazou não estava encriptado. Em declaração ao site Digital Trends, o criador do software, Eitan Fitusi, disse que o objetivo da coleta de dados é apenas estatístico, visando ajudar a alimentar o mecanismo de previsão do teclado.

A empresa, que tem base em Israel, informou que já tomou providências para tornar o servidor seguro. O vazamento teve escala mundial e, como o A.I.type pode ser encontrado na Google Play Store brasileira, os usuários devem ficar atentos e tomar medidas de segurança. Por precaução, vale até alterar suas senhas, caso tenha o app instalado e suspeite que possa ter sido afetado. E atenção: seja cuidadoso ao instalar novos aplicativos, verificando a quais dados você permite acesso.

Com informações da MacKeeperSecurity e Digital Trends

MAIS DO TechTudo