Celulares

Por Isabela Cabral, para o TechTudo

Bugs, panes e falhas: mundo dos celulares foi marcado por problemas em 2017 Bugs, panes e falhas: mundo dos celulares foi marcado por problemas em 2017

Mesmo com todo o sucesso de seus smartphones, as maiores empresas do setor de celulares não conseguiram atravessar 2017 sem algumas falhas e polêmicas. Principal destaque, a Apple passou por maus bocados em virtude do reconhecimento facial do poderoso iPhone X, enganado por diversos usuários. Enquanto isso, os iPhones 8 e 8 Plus tiveram falhas de áudio e o iOS 11 apresentou diversos bugs.

Os dispositivos da Motorola e da Samsung e o sistema do Google também demonstraram defeitos, como o ghost touch do Moto G4 Plus ou a “linha rosa da morte” do Galaxy S7 Edge. Algumas das falhas já foram resolvidas, mas outras permanecem sem solução. Relembre, a seguir, os principais problemas que afetaram os usuários neste ano.

Apple: brechas no Face ID, áudio com chiado do iPhone 8 e bugs no iOS

O mais celebrado recurso do iPhone X, lançado em novembro, foi colocado à prova por vários usuários e, em algumas ocasiões, falhou. Testes divulgados em canais do YouTube demonstraram que o Face ID, o sistema de reconhecimento facial do celular premium da Apple, não é capaz de distinguir entre irmãos gêmeos idênticos e também pode se confundir com familiares parecidos. Um garoto de dez anos desbloqueou o dispositivo da mãe com facilidade. Além disso, uma empresa de segurança enganou o Face ID com uma máscara criada com uma impressora 3D.

Apple admite que o sistema de reconhecimento facial do iPhone X pode se confundir com familiares — Foto: Reprodução/ YouTube Apple admite que o sistema de reconhecimento facial do iPhone X pode se confundir com familiares — Foto: Reprodução/ YouTube

Apple admite que o sistema de reconhecimento facial do iPhone X pode se confundir com familiares — Foto: Reprodução/ YouTube

O iPhone 8 e o iPhone 8 Plus também foram alvo de polêmica. Alguns compradores reclamaram do surgimento de um ruído no áudio durante as chamadas, inclusive pelo FaceTime. A Apple admitiu o problema e, em outubro, lançou uma atualização de software que resolve a falha.

Outros bugs ainda afetaram usuários do iOS este ano. Em outubro, foi descoberta uma falha em que as fotos da câmera são visualizadas mesmo com o smartphone bloqueado. É possível resolver o problema desativando o funcionamento da Siri no bloqueio de tela. Já em novembro, foi identificado um bug que impedia a digitação da letra “i” no iOS 11, substituindo o caractere automaticamente por um “A” mais um símbolo. Um update já solucionou o erro, que afetou principalmente quem usa o telefone configurado com inglês como idioma.

Na reta final de 2017, a empresa veio a público pedir desculpas aos consumidores pela redução na velocidade máxima de telefones antigos. Em uma carta, a Apple anunciou desconto para que os clientes façam a troca da bateria problemática por uma nova, a fim de restaurar o desempenho dos iPhones vendidos entre 2014 e 2016. Até então, o valor cobrado pelo procedimento poderia chegar a R$ 449.

Motorola: toque fantasma no Moto G4 Plus e falha na câmera do Moto X4

No início do ano, diversos proprietários do Moto G4 Plus relataram defeitos no display de seus aparelhos. O modelo pode apresentar um problema conhecido como toque fantasma, em que o celular faz toques independentes e aleatórios, sem que o usuário esteja de fato tocando na tela. A Motorola admitiu a falha e orientou os consumidores afetados a levarem o produto a uma assistência técnica autorizada, para reparo dentro da garantia.

Moto G4 Plus teve reclamações de ghost touch por usuários na internet — Foto: Ana Marques/TechTudo Moto G4 Plus teve reclamações de ghost touch por usuários na internet — Foto: Ana Marques/TechTudo

Moto G4 Plus teve reclamações de ghost touch por usuários na internet — Foto: Ana Marques/TechTudo

Em novembro, foi a vez do Moto X4 revelar uma falha. Donos do smartphone se queixaram nas redes sociais sobre um problema com o foco da câmera frontal. Após realizar testes e identificar o mesmo erro, a associação brasileira de defesa do consumidor Proteste notificou a Motorola sobre a questão. Em nota, a fabricante informou que iria averiguar a reclamação junto à instituição e que “todos os seus produtos são fabricados segundo rigorosos processos de controle de qualidade”. Desde então não se teve notícias sobre as conversas entre Proteste e Motorola.

Diretamente de Berlim: conheça o celular intermediário Moto X4

Diretamente de Berlim: conheça o celular intermediário Moto X4

Samsung: brecha no reconhecimento facial do Galaxy S8 e problema na tela do S7 Edge

A Apple não foi a única com brechas no sistema de reconhecimento facial. Método similiar de segurança está presente no Galaxy S8 e no Galaxy S8 Plus, lançados em março. Um youtuber demonstrou, porém, que é possível desbloquear os smartphones premium da Samsung com uma simples foto do dono. Os modelos contam com outras opções para o desbloqueio: leitor de impressões digitais e scanner de íris. A empresa recomenda o reconhecimento facial apenas como conveniência, mas admitiu que o ideal é o usuário utilizar os outros recursos de biometria.

Em vídeo divulgado pelo YouTube, um celular com a foto do usuário é usado para desbloquear o Galaxy S8 — Foto: Reprodução/Marcianophone Em vídeo divulgado pelo YouTube, um celular com a foto do usuário é usado para desbloquear o Galaxy S8 — Foto: Reprodução/Marcianophone

Em vídeo divulgado pelo YouTube, um celular com a foto do usuário é usado para desbloquear o Galaxy S8 — Foto: Reprodução/Marcianophone

Outro problema que atingiu o Galaxy S8 foi uma distorção na cor da tela, que de repente ganhou um tom avermelhado, segundo alguns usuários. A Samsung logo liberou um update de software com a correção. O display do Galaxy S7 Edge, porém, também andou apresentando uma falha. Proprietários do celular relataram o aparecimento de uma linha rosa na tela. A fabricante classificou os casos como pontuais e aconselhou que os usuários busquem ajuda no atendimento ao consumidor da empresa.

Na última semana, consumidores passaram a se queixar do Galaxy Note 8. As reclamações na internet indicam que a bateria do smartphone para de recarregar quando chega a 0%.

Lançamento de 2017: confira a análise completa do Galaxy Note 8

Lançamento de 2017: confira a análise completa do Galaxy Note 8

Google: emojis “errados” e falhas de segurança no Android

Uma discussão curiosa tomou a internet em outubro, quando os usuários notaram que o emoji de hambúrguer do Google tem o queijo embaixo da carne e, por isso, estaria “errado”. A situação só foi resolvida quando o gigante da web modificou a figura em uma atualização Android. Os emojis de cerveja e de queijo também haviam causado estranheza e foram alterados.

Comparação entre os emojis de hambúrguer — Foto: Divulgação/Emojipedia Comparação entre os emojis de hambúrguer — Foto: Divulgação/Emojipedia

Comparação entre os emojis de hambúrguer — Foto: Divulgação/Emojipedia

Além disso, problemas mais sérios também afetaram o sistema do Google. Uma vulnerabilidade permitia que criminosos enganassem usuários com telas falsas, abrindo espaço para o roubo de informações pessoais. A falha foi corrigida por um update em setembro. Outra brecha possibilitava a interceptação de dados trocados entre dispositivos de mesma rede. Por enquanto, só os smartphones Google Pixel e outros que são atualizados diretamente pelo Google receberam um update que resolve o problema.

Mais do TechTudo