Por Rafael Monteiro, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Dying Light: Bad Blood é um multiplayer independente de Dying Light nos moldes "Battle Royale" de PlayerUnknown Battlegrounds (PUBG). Planejada para 2018, a expansão não exige o game original. Nela, seis jogadores serão lançados sem equipamentos em meio à cidade infestada de zumbis e vão precisar obter recursos para garantir a evacuação antes do anoitecer. Usuários já podem se inscrever no site oficial para ter a chance de participar de um teste global na plataforma Steam.

Apesar da escala menor de Bad Blood em número de pessoas, ele parece mais complicado ao misturar elementos PvP (Jogador vs. Jogador) com PvE (Jogador vs. Ambiente). Durante a jornada você vai precisar coletar amostras de sangue dos infectados. Quanto mais amostras, mais lugares disponíveis haverá no helicóptero de evacuação. No entanto, o preço para conquistar cada lugar é pago individualmente com a quantidade coletada por conta própria.

Dying Ligh: Bad Blood traz o multiplayer Battle Royale de PlayerUnknown's Battlegrounds com uma pitada de zumbis — Foto: Reprodução/Dying Light: Bad Blood Dying Ligh: Bad Blood traz o multiplayer Battle Royale de PlayerUnknown's Battlegrounds com uma pitada de zumbis — Foto: Reprodução/Dying Light: Bad Blood

Dying Ligh: Bad Blood traz o multiplayer Battle Royale de PlayerUnknown's Battlegrounds com uma pitada de zumbis — Foto: Reprodução/Dying Light: Bad Blood

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

Isso significa que deverá se optar por trabalhar cooperativamente no início e para enfrentar chefes mortos-vivos. Entretanto, vão existir vantagens imensas para eventualmente trair seus companheiros e roubar as amostragens de sangue já coletadas.

Qual é seu jogo favorito com zumbis? Comente no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo