Por Gabriel Ribeiro, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

O Google revelou nesta terça-feira (5) alguns detalhes do Android Oreo Go Edition. A nova versão do sistema traz como foco os smartphones com configurações mais modestas, que tenham memória RAM entre 512 MB e 1 GB. A ideia é oferecer uma experiência semelhante à do Android 8 Oreo, porém com vários aplicativos e serviços modificados para consumir menos recursos do celular.

O Android Oreo Go Edition foi um promessa feita pela empresa de Mountain View durante a Google I/O 2017. A companhia deve liberar a compilação para os desenvolvedores nas próximas semanas, mas ainda não se sabe quando os primeiros telefones com a nova versão do sistema devem chegar ao mercado.

Android Oreo Go Edition é o sistema voltado para smartphones com memória RAM de até 1 GB — Foto: Divulgação/Google Android Oreo Go Edition é o sistema voltado para smartphones com memória RAM de até 1 GB — Foto: Divulgação/Google

Android Oreo Go Edition é o sistema voltado para smartphones com memória RAM de até 1 GB — Foto: Divulgação/Google

O Go Edition traz uma proposta diferente do Android One, outra versão voltada para aparelhos de baixo custo. Enquanto no sistema apresentado em 2014 o Google se junta ao fabricante na concepção do aparelho, no Android Oreo Go Edition ele fica responsável apenas pelo software. Ou seja, qualquer empresa poderá criar smartphones com o novo sistema mobile.

Para tornar o Android Go Edition mais leve, o Google deu uma atenção especial aos aplicativos pré-instalados. Google Search, Google Assistente, YouTube, Google Maps, Gmail, Gboard, Google Play e Chrome ganharam versões otimizadas para ocupar menos espaço no sistema e também consumir menos dados. Todos esses apps recebem o termo "Go" no nome, por exemplo, YouTube Go.

Diferença entre o espaço ocupado por aplicativo padrão e pela versão Go  — Foto: Divulgação/Google Diferença entre o espaço ocupado por aplicativo padrão e pela versão Go  — Foto: Divulgação/Google

Diferença entre o espaço ocupado por aplicativo padrão e pela versão Go — Foto: Divulgação/Google

Juntos, esses novos aplicativos ocupam 50% menos da memória do aparelho em relação à versão padrão do Android Oreo. Em smartphones com armazenamento de 8 GB, por exemplo, os softwares ocupam até duas vezes menos, aumentando a memória interna livre. O novo app de pesquisas (Google Go) pesa apenas 5 MB e promete consumir até 40% menos dados.

Além disso, o aplicativo Files Go está presente no sistema. A ferramenta, que chegou nesta terça-feira (05) à Play Store, libera espaço no smartphone ao fazer uma varredura e apaga arquivos inúteis, como fotos e vídeos duplicados.

Play Store mostrará aplicativos otimizados para Android Oreo Go Edition  — Foto: Divulgação/Google Play Store mostrará aplicativos otimizados para Android Oreo Go Edition  — Foto: Divulgação/Google

Play Store mostrará aplicativos otimizados para Android Oreo Go Edition — Foto: Divulgação/Google

O Android Oreo Go Edition também terá uma área reservada na Play Store, com indicação de aplicativos otimizados para funcionar no sistema. Apesar disso, também será possível fazer o download de qualquer app ou jogo.

Android 8.1: o que há de novo?

O Google também aproveitou esta terça-feira para anunciar a versão final do Android 8.1. O sistema foi liberado oficialmente para as fabricantes e chega, inicialmente, aos smartphones Pixel e Nexus compatíveis. Entre as principais novidades está o uso do Neural Networks API, que permite aos aplicativos usar o chip de inteligência artificial e a gravação em HDR+, graças ao Pixel Visual Core presente no Pixel 2 e Pixel 2 XL.

O atualização traz algumas mudanças visuais, como a indicação do nível de bateria de dispositivos Bluetooth nas configurações rápidas e o ajuste automático da cor do tema de acordo com o papel de parede. O update também corrige a polêmica dos emojis do hambúrguer e cerveja no Android.

Esta versão, entretanto, ainda vai demorar a chegar aos outros smartphones fora da linha do Google, visto que muitos aparelhos ainda nem receberam o Android 8.0 Oreo. Em novembro, a Sony detalhou o longo caminho entre a liberação do sistema para as fabricantes até o lançamento para os usuários.

MAIS DO TechTudo