Google Play Store vai banir apps que exibem anúncios na tela de bloqueio

Mudança afeta qualquer aplicativo que não seja desenvolvido especificamente como substituto da tela bloqueada.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Paulo Alves, para o TechTudo

O Google anunciou uma nova política que visa banir da Play Store os aplicativos que usam a tela de bloqueio do Android para exibir anúncios. A empresa mudou as regras para desenvolvedores, que passam a ser proibidos de explorar a tela bloqueada do celular ou tablet para mostrar banners de propaganda. A única exceção vai para apps feitos especificamente para substituir a interface nativa de bloqueio, como o Next Lock Screen, da Microsoft.

A mudança afeta apps gerenciadores de arquivos, assistentes de limpeza de memória, jogos e outros programas que costumavam incrementar o faturamento com publicidade mesmo quando o telefone estava travado com senha.

Google Play Store: como resolver os principais problemas

Google Play Store: como resolver os principais problemas

Na página da central de políticas para desenvolvedores de apps Android, o Google não deixa margem para dúvida. “Os apps não podem apresentar anúncios ou recursos que gerem receita a partir da tela bloqueada de um dispositivo, a menos que o único objetivo do app seja oferecer o serviço de tela de bloqueio”, diz a nova regra, liberando anúncios somente em apps do tipo “lock screen”.

Amazon e Samsung

A medida pode afetar uma modalidade de comercialização da Amazon, que oferece celulares com desconto em troca de anúncios na tela de bloqueio. A propaganda é gerida no aparelho pelo app Amazon Offers, que tende a ser banido com a vigência da nova política do Google. Os smartphones em oferta com publicidade não são comercializados pela Amazon no Brasil.

A Samsung é outra empresa que costuma mostrar anúncios na tela de bloqueio de seus aparelhos. Como o encaminhamento de banners não funciona por um app, pois é integrado ao sistema, é possível que o comportamento de celulares da fabricante se mantenha mesmo após a mudança nas regras do Google. O recebimento de propaganda na tela inicial dos smartphones Galaxy, vale lembrar, pode ser desativado manualmente.

Com informações da Google Play

Google Play Store parou de funcionar. O que fazer? Descubra no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo