Por Gabriel Ribeiro, para o TechTudo e Tainah Tavares, da redação

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

O iMac Pro, anunciado em junho de 2017 durante a WWDC, já tem preço para chegar ao Brasil: R$ 37.999. O valor foi revelado nesta quinta-feira (14) na loja online oficial da Apple, que ainda não informou a data para o lançamento do All-in-One no país. O novo Mac começa a ser vendido hoje nos Estados Unidos.

O iMac Pro é considerado o computador mais potente já criado pela fabricante. O aparelho conta com processador Intel Xeon de até 18 núcleos, placa de vídeo Radeon Vega e SSD de 1 TB de armazenamento interno.

Preço do iMac Pro 2017 é revelado na loja online da Apple — Foto: Reprodução/Apple Preço do iMac Pro 2017 é revelado na loja online da Apple — Foto: Reprodução/Apple

Preço do iMac Pro 2017 é revelado na loja online da Apple — Foto: Reprodução/Apple

O modelo mais básico, com Intel Xeon de 8 núcleos e SSD de 1 TB, custa R$ 38 mil (à vista tem 10% de desconto) – valor que o torna um dos computadores para uso pessoal mais caros já vendidos no país.

Com o anúncio, também é possível saber mais detalhes dos processadores que alimentam o iMac Pro. O mais básico, que teve o preço divulgado para o Brasil, vem com um Intel Xeon W, modelo octa-core que traz um clock base de 3,2 GHz e pode chegar a 4,2 GHz em modo turbo. Esta versão conta com um cache de 19 MB.

A configuração mais simples vem com 32 GB de memória RAM DDR4 e um armazenamento interno de 4 TB SSD. Para os gráficos, o All-in-One conta com a Radeon Vega Pro 56, GPU que traz 8 GB de memória HBM2. De acordo com a Apple, a placa de vídeo traz uma largura de banda de 400 GB/s e até 11 TFLOPs de perfomance.

iMac Pro vem com tela de 27'' (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) — Foto: Thássius Veloso iMac Pro vem com tela de 27'' (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) — Foto: Thássius Veloso

iMac Pro vem com tela de 27'' (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) — Foto: Thássius Veloso

O iMac Pro não traz muitas diferenças de design em relação ao iMac de 27’’. O modelo, inclusive, conta com a mesma Tela Retina com resolução 5K (5.120 x 2.880 pixels). A diferença está na cor: a versão Pro vem em cinza espacial e não mais em prata como as gerações passadas.

Na prática, o iMac Pro chega para substituir o Mac Pro, como a solução high-end para desktops. O modelo, como o nome sugere, é voltado para uso profissional. O aparelho é indicado para quem precisa de um alto poder de processamento, como quem trabalha com modelagem 3D, inteligência artificial ou realidade virtual

O preço assusta: esta mesma versão custa nos Estados Unidos US$ 5 mil, cerca de R$ 16,5 mil (em conversão direta e sem impostos). Nos EUA, a opção mais cara, com Xeon de 18 núcleos, 4 TB de SSD e 128 GB de RAM, tem preço de US$ 13.200, em torno de R$ 44 mil em conversão direta. Se fizermos a conversão usada pela Apple, o modelo mais parrudo pode chegar no Brasil custando facilmente mais de R$ 100 mil.

Vale a pena comprar o iMac 2017? Veja no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo