Facebook anuncia apoio a projetos de combate a fake news no Brasil

Curso online e bot para Messenger devem estar disponíveis até junho

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Gabriel Ribeiro, para o TechTudo

O Facebook começou a apoiar dois projetos para ajudar a identificar notícias falsas no Brasil. O primeiro é um curso chamado ‘Vaza, Falsiane!’, com aulas online e gratuitas voltadas para professores e para o público jovem. A outra iniciativa é um bot para o Messenger chamado 'Fátima', que vai permitir aos próprios usuários da rede fazer a checagem dos fatos para identificar fake news.

As iniciativas são ideias de brasileiros e foram pensadas em conjunto com a rede social. De acordo com o anúncio feito na última quinta-feira (4), tanto o ‘Vaza, Falsiane!’ quanto o Fátima ainda estão em fase de desenvolvimento e devem estar disponíveis aos usuários em breve.

Rede social está empenhada em tentar acabar com a disseminação de notícias falsas  (Foto: Luciana Maline) Rede social está empenhada em tentar acabar com a disseminação de notícias falsas  (Foto: Luciana Maline)

Rede social está empenhada em tentar acabar com a disseminação de notícias falsas (Foto: Luciana Maline)

Não é de hoje que o Facebook trabalha para reduzir o impacto das notícias falsas dentro da rede. Ao longo de 2017, a empresa de Mark Zuckerberg anunciou diversas ferramentas para evitar a disseminação deste tipo de conteúdo, como um guia contra fake news, mudanças no algoritmo e até mesmo um botão para contextualizar as publicações.

Em setembro do ano passado, a empresa reuniu um público composto por professores, jornalistas e entidades de combate a notícias falsas. No evento, foram esboçados oito projetos. Apenas o curso e o robô foram selecionados para receber o apoio do Facebook.

O ‘Vaza, Falsiane!’ tem a proposta de educar as pessoas para identificar fake news. O curso será adaptado para a linguagem da Internet, com vídeos, memes, listas e testes. O material será desenvolvido pelos professores Leonardo Sakamoto (PUC-SP), Ivan Paganotti (MidiAto ECA-USP) e e Rodrigo Ratier (Faculdade Cásper Líbero).

Já o 'Fátima', vai oferecer meios para que as pessoas descubram se a notícia é verdadeira ou falsa. O projeto foi elaborado pela Aos Fatos, plataforma brasileira que participa da International Fact-Checking Network, entidade de combate a fake new’. O nome do robô vem de “FactMachine”, ou máquina dos fatos, em tradução livre.

Ainda não há informações sobre a inscrição para o ‘Vaza, Falsiane’. A expectativa é que os dois projetos estejam disponíveis ao público até o fim do primeiro semestre, antes do período das eleições presidenciais.

Como descobrir quem visitou meu Facebook? Veja dicas no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo