Redes sociais

Por Taysa Coelho, Para o TechTudo


O Facebook anunciou, nesta segunda-feira (29), uma mudança no feed de notícias, que passará a priorizar a exibição de notícias locais. Com a novidade, a rede social pretende oferecer maior visibilidade a fontes de informação da cidade onde o usuário se encontra. Ou seja, se a pessoa segue uma publicação local ou um amigo compartilha uma história da região, esses links tendem a aparecer primeiro.

De acordo com o blog do Facebook, o objetivo da mudança é oferecer destaque a assuntos que têm impacto direto no usuário ou em sua comunidade. Por enquanto, a mudança no feed chega apenas para os Estados Unidos. No entanto, a promessa do site é expandir o recurso para outros países ainda neste ano.

Facebook: dicas para evitar que curiosos olhem suas informações

Facebook: dicas para evitar que curiosos olhem suas informações

O criador do Facebook, Mark Zuckerberg, também se pronunciou em seu perfil na rede sobre a novidade. Segundo o CEO da companhia, a mudança quer garantir que o Facebook não seja usado apenas para diversão, mas que também traga benefícios para a sociedade. “Pesquisas sugerem que ler notícias locais está diretamente relacionado ao engajamento cívico. Pessoas que sabem o que acontece ao seu redor são mais propensas a se envolverem e a ajudarem a fazer a diferença”, explicou em um post.

Tanto veículos locais maiores quanto aqueles focados em temas específicos, como esportes, artes ou histórias em geral, terão espaço no novo feed. Assim, páginas menores poderão se beneficiar com a novidade, já que tendem a ter uma grande concentração de leitores em regiões específicas.

Facebook passa a priorizar notícias locais no feed — Foto: Melissa Cruz/TechTudo Facebook passa a priorizar notícias locais no feed — Foto: Melissa Cruz/TechTudo

Facebook passa a priorizar notícias locais no feed — Foto: Melissa Cruz/TechTudo

Busca pela qualidade de informação

A mudança no feed é mais uma modificação realizada pelo Facebook para combater a desinformação na rede social, o que inclui notícias falsas, sites que caçam cliques ou sensacionalismo. Assim, a plataforma pretende ampliar a qualidade do conteúdo compartilhado pelos usuário.

No final de 2017, o site alterou a na forma de denunciar e sinalizar fake news para torná-la mais efetiva e informativa. Além disso, uma das mudanças mais recentes pretende priorizar publicações de cunho pessoal, feitas por amigos e familiares, em relação àquelas de caráter comercial.

Aparentemente, as surpresas não param por aí. “Notícias locais ajudam a construir comunidade, tanto online quanto offline. Isso é uma parte importante para assegurarmos que o tempo que passamos no Facebook é válido. Estou ansioso para compartilhar mais novidade logo”, concluiu Zuckerberg em seu post.

Via Facebook

Facebook: tem como recuperar mensagens apagadas? Descubra no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo