Drones

Por Anna Kellen Bull, Da redação


O Mavic Air acaba de aterrissar no mercado de drones. Anunciado pela DJI nesta terça-feira (23), o novo modelo chega com câmera 4K dobrável e promete imagens mais estáveis graças ao braço mecânico de três eixos com amortecedores. Uma característica que chama a atenção é o peso. Com 430 gramas, a DJI garante que o lançamento é o mais portátil do portfólio da marca.

Outras novidades são os modos Asteroid e Boomerang, que deixam vídeos com efeitos divertidos, além de um recurso para aumentar a segurança de pilotagem. Segundo a fabricante, seu foco está em usuários viajantes e entusiastas da vida ao ar livre. O Mavic Air está em pré-venda nos Estados Unidos com preço a partir de US$ 799 (cerca de 2.573, em conversão direta e sem impostos). No Brasil, o produto fica disponível em março, mas o valor ainda não foi divulgado.

DJI Spark: veja as primeiras impressões do drone "irmão" do novo Mavic Air

DJI Spark: veja as primeiras impressões do drone "irmão" do novo Mavic Air

Imagens mais estáveis

Para capturar vídeos mais estáveis, o braço mecânico de três eixos fica suspenso por amortecedores. A câmera do Mavic Air é composta por um sensor CMOS de 1/2,3 polegadas, com uma abertura de lente de f/2.8 – números que devem agradar quem curte registrar momentos importantes com drones. Já a distância focal é de 24 mm (equivalente a 35 mm).

O modelo fotografa com os mesmos 12 megapixels que os irmãos Mavic Pro e Spark. Entre as novidades, a fabricante adicionou algoritmos HDR que devem deixar as imagens mais nítidas e com melhor equilíbrio entre as zonas claras e escuras do ambiente.

Lançamento do Mavic Air: drone da DJI chega ultraportátil e com câmera 4K — Foto: Divulgação/DJI Lançamento do Mavic Air: drone da DJI chega ultraportátil e com câmera 4K — Foto: Divulgação/DJI

Lançamento do Mavic Air: drone da DJI chega ultraportátil e com câmera 4K — Foto: Divulgação/DJI

Em relação à qualidade de vídeo, o drone filma em até 4K a 30 fps, com uma taxa máxima de bits de 100 Mb/s. O modelo ainda é capaz de gravar cenas em até 1080p e em câmera lenta com 120 fps.

De acordo com a DJI, o Mavic Air tem tempo máximo de voo de até 21 minutos. A promessa é de estabilidade em condições de vento de 22 km/h e em altas elevações de até 5,000 m acima do nível do mar. As antenas omnidirecionais tendem a aumentar a cobertura do sinal e devem oferecer um alcance de até 4 km. O dispositivo conta com velocidade máxima de até 68,4 km/h no modo Sport, segundo a fabricante.

Mavic Air é o lançamento da DJI — Foto: Divulgação/DJI Mavic Air é o lançamento da DJI — Foto: Divulgação/DJI

Mavic Air é o lançamento da DJI — Foto: Divulgação/DJI

Com armazenamento interno de 8 GB, o Mavic Air permite que o usuário salve suas mídias diretamente no drone. O produto também oferece slot para cartão microSD e porta USB-C.

Novos recursos

O aparelho estreia dois modos de vídeo: o Asteroid e o Boomerang. O Asteroid inicia a gravação com uma paisagem esférica que é aproximada aos poucos e, por fim, dá destaque a um objeto na superfície. Já o Boomerang faz com que o drone sobrevoe o usuário em um movimento circular até que finalize o vídeo do ponto onde começou.

Novo modo Asteroid que chega no DJI Mavic Air — Foto: Divulgação/DJI

Novo modo Asteroid que chega no DJI Mavic Air — Foto: Divulgação/DJI

O recurso QuickShot permite criar vídeos com caminhos de voo predefinidos e com um objeto enquadrado de forma automática. Vale citar que a função ActiveTrack ganhou uma atualização e agora deve detectar vários sujeitos simultaneamente e, inclusive, em situações de movimento, como corridas.

Suas funcionalidades ainda incluem o modo Sphere, que pode juntar automaticamente até 25 fotos para criar uma imagem panorâmica de 32 megapixels no intervalo de um minuto. Já a tecnologia SmartCapture dispensa o uso de controle remoto, pois permite comandar o drone por meio de gestos manuais. É possível, por exemplo, fotografar, gravar, seguir e aterrissar somente com movimentos do corpo.

 Exemplo do modo Boomerang do DJI Mavic Air — Foto: Divulgação/DJI

Exemplo do modo Boomerang do DJI Mavic Air — Foto: Divulgação/DJI

Falando nisso, o Air possui controle remoto com joysticks destacáveis. Assim, o usuário pode armazená-los dentro do próprio controle para maior portabilidade.

Para aumentar a segurança de voo, há um sistema de visão com duas câmeras que promete detectar obstáculos em até 20 m de distância. Além disso, o Mavic Air conta com uma assistência de pilotagem que deve ajudar o usuário a desviar de objetos automaticamente.

Controle remoto do DJI Mavic Air — Foto: Divulgação/DJI Controle remoto do DJI Mavic Air — Foto: Divulgação/DJI

Controle remoto do DJI Mavic Air — Foto: Divulgação/DJI

Preço e lançamento

O Mavic Air chega em três cores: preto, branco e vermelho. Em pré-venda nos EUA, o kit com o drone, bateria, controle remoto, estojo de transporte, dois pares de protetores de hélice e quatro pares de hélices custa US$ 799 (cerca de R$ 2.573).

Há ainda uma versão combo, por US$ 999 (aproximadamente R$ 3.227 em conversão direta), que inclui o drone, três baterias, um controle remoto, uma bolsa de viagem, dois pares de protetores de hélice, seis pares de hélices, uma bateria para o adaptador PowerBank e o hub de carga da bateria.

Os produtos ficam disponíveis no Brasil a partir de março. Porém, ainda não há previsão de preço para o nosso país.

DJI Mavic Air chega ao Brasil em março — Foto: Divulgação/DJI DJI Mavic Air chega ao Brasil em março — Foto: Divulgação/DJI

DJI Mavic Air chega ao Brasil em março — Foto: Divulgação/DJI

Mais do TechTudo