Por Thássius Veloso, da CES 2018, em Las Vegas


A LG apresenta nesta segunda-feira (8) as novidades que os consumidores vão encontrar nas lojas ao longo de 2018. Como parte da programação da CES, feira de tecnologia que acontece em Las Vegas, a sul-coreana aposta na plataforma de inteligência artificial ThinQ, que conecta o usuário aos seus dispositivos eletrônicos. Assim, é possível controlar os aparelhos da LG, como smart TVs e ar-condicionado, por meio de inteligência artificial e comados de voz, inclusive com suporte ao Google Assistente. As smart TVs da marca poderão compreender os pedidos de usuários e respondê-los com o auxílio de informações salvas em aplicativos.

Anteriormente, a empresa já havia apresentado sua primeira televisão com painel OLED e resolução 8K, cujo tamanho chega à incrível marca de 88 polegadas.

LG aposta em inteligência artificial ThinQ e casa conectada na CES 2018 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo LG aposta em inteligência artificial ThinQ e casa conectada na CES 2018 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

LG aposta em inteligência artificial ThinQ e casa conectada na CES 2018 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Inteligência artificial em tudo

A grande aposta da LG está na plataforma de inteligência artificial ThinQ, capaz de fazer diversos dispositivos da marca funcionarem em conjunto. A companhia divulgou alguns cenários em que a chamada AI deve tornar a vida dos consumidores mais conveniente:

  • O ar-condicionado aprende a temperatura preferida do usuário após algumas interações, e passa a reproduzir esta configuração.
  • O aspirador de pó aprende quais são os bichos de estimação da casa, para diferenciá-los dos móveis e outros objetos fixos na residência.
  • No carro: o sistema aprende as feições do usuário e emite alertas quando estiver estiver cansado. O ThinQ também é capaz de ajustar música, temperatura e luz de acordo com a atividade do usuário.
  • Máquina de lavar: reconhece o tipo de tecido e decide o melhor ciclo de lavagem. O sistema reconhece mudanças climáticas e na qualidade do ar.

O vice-presidente de marketing da LG nos Estados Unidos, David Vanderwaal, lembrou que todos os equipamentos da LG contam com conexão Wi-Fi. Em outras palavras, refrigeradores, máquinas de lavar, aparelhos de ar-condicionado e fogões serão integrados numa mesma realidade de casa inteligente.

LG na CES 2018: dispositivos conectados — Foto: Thássius Veloso/TechTudo LG na CES 2018: dispositivos conectados — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

LG na CES 2018: dispositivos conectados — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Robô parou de funcionar em demonstração

O executivo passou por maus bocados ao tentar demonstrar a robô CLOi, dedicada a auxiliar nas atividades domésticas. O equipamento, que apresenta olhos e uma voz feminina, deixou de funcionar quando Vanderwaal pediu para ver os produtos dentro da geladeira. Ela também se recusou a informar receitas de asinhas de frango, atraindo risos constrangidos da plateia composta por analistas de mercado e jornalistas.

Cloi parou de funcionar durante demonstração na CES 2018 — Foto: Thássius Veloso / TechTudo Cloi parou de funcionar durante demonstração na CES 2018 — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Cloi parou de funcionar durante demonstração na CES 2018 — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Em tese, o robô seria capaz de buscar as informações na internet, bem como realizar compras online a partir da integração com o site do supermercado.

Ainda durante o evento de hoje, os sul-coreanos mostraram dois novos robôs

  • LG Serving Robot: a empresa explicou que o equipamento, dedicado a hotéis, vai poupar que seres humanos subam e desçam escadas ou percorram distâncias enormes simplesmente para entregar uma refeição ou uma cópia do jornal do dia.
  • LG Shopping Cart Robot: criado para supermercados, ele faz o papel de carrinho de compras e acompanha o consumidor carregando as compras.

Robô da LG — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Robô da LG — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Robô da LG — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Processador Alpha 9

As smart TVs da LG contam, a partir de agora, com um novo processador, chamado de Alpha 9. O cérebro responsável por processar as informações que passam pelo televisor e — mais importante no mundo televisivo — analisar as imagens ficou mais veloz, com o objetivo de apresentar cores mais vivas e naturais.

O aumento no poder de processamento é da ordem de 35%, de acordo com a LG. O dispositivo também permite que as TVs ofereçam suporte a imagens em 120 quadros por segundo. Segundo a companhia, o resultado da tecnologia será uma experiência de assistir a filmes e séries sem borrões que são considerados naturais em TVs atuais.

A maioria dos produtos conectados exibidos hoje na CES não serão vendidos no Brasil, de acordo com o escritório da LG no país. A companhia acredita que smart TVs da série LG W8 chegarão ao mercado nacional durante o ano.

O jornalista viajou para os Estados Unidos a convite da Panasonic.

MAIS DO TechTudo