Por Jeferson Borges, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A Microsoft anunciou o fim da produção do adaptador USB do Kinect, o periférico da família de consoles Xbox. A companhia declarou que fará isso para se concentrar em lançamentos de outros acessórios mais solicitados pelos fãs. A informação é do Polygon e chega meses após a empresa ter divulgado que não irá mais fabricar o sensor de movimentos.

Por meses, o adaptador USB não era encontrado nas lojas da Microsoft. Com isso, estabelecimentos de terceiros, como Amazon e eBay, cobravam um preço maior do que era vendido inicialmente. A Amazon, segundo o site Polygon, chegou a aumentar o preço em 7,5 vezes.

Adaptador do Kinect para PCs Windows, original da Microsoft — Foto: Divulgação/Microsoft Adaptador do Kinect para PCs Windows, original da Microsoft — Foto: Divulgação/Microsoft

Adaptador do Kinect para PCs Windows, original da Microsoft — Foto: Divulgação/Microsoft

Desde o lançamento do Xbox One S, a Microsoft tem sinalizado o fim do periférico. O console foi lançado sem uma entrada direta, necessitando de adaptador USB. A empresa ofereceu-o de modo gratuito a usuários que substituíssem o Xbox One por um One S, mas isso durou apenas oito meses.

Após o período, o gadget passou a ser vendido por US$ 39,99, forçando um gasto extra para novos proprietários que quisessem utilizar o sensor de movimentos. A promoção não se renovou quando o Xbox One X chegou às lojas .

Kinect já foi descontinuado pela Microsoft — Foto: Divulgação/Microsoft Kinect já foi descontinuado pela Microsoft — Foto: Divulgação/Microsoft

Kinect já foi descontinuado pela Microsoft — Foto: Divulgação/Microsoft

Atualmente, há um pouco mais de 20 jogos com suporte Kinect para o Xbox One contra mais de 150 no Xbox 360. Alguns que precisavam exclusivamente do sensor foram relançados para o Xbox One X adaptados para o uso de controles comuns.

O Kinect foi criado pelo brasileiro Alex Kipman e lançado no Xbox 360 para fazer captação de movimentos e reproduzi-los nos games, trazendo maior interação e imersão. O acessório chegou a vender milhões de unidades e foi usado para outros tipos de interações em computadores.

Via Polygon

Vale mais a pena comprar um Xbox One ou um PS4? Comente no fórum do TechTudo!

MAIS DO TechTudo