Por Raquel Freire, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A Panasonic apresentou, nesta segunda-feira (08), durante a CES 2018, duas smart TVs 4K com a tecnologia HDR10+, padrão desenvolvido primeiramente pela Samsung em parceria com a Amazon. Trazendo painel OLED, os novos modelos FZ950 e FZ800 estão disponíveis em versões de 55 e 65 polegadas.

No evento, a fabricante também mostrou a câmera fotográfica Lumix GH5S e dispositivos blu-ray. A companhia não divulgou os preços ou data de venda, mas os produtos deverão chegar ao mercado ainda neste ano.

Panasonic FZ950, uma das smart TVs 4K com HDR10+ lançadas na CES 2018  — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Panasonic FZ950, uma das smart TVs 4K com HDR10+ lançadas na CES 2018  — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Panasonic FZ950, uma das smart TVs 4K com HDR10+ lançadas na CES 2018 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

As TVs da Panasonic são as primeiras com display OLED a trazer resolução 4K e HDR10+, uma espécie de evolução do HDR10. A grande diferença entre os padrões é que o mais moderno inclui a tecnologia Dynamic Tone Mapping, que permite à tela ajustar a luminosidade cena a cena ou, até mesmo, quadro a quadro.

A companhia japonesa também promete que as televisões FZ950 e FZ800 vão entregar níveis baixos de preto na tela, da ordem de 2,5 a 5%. Isso significa maior controle sobre as sombras no visor, que ganham, em tese, mais detalhamento.

Os novos modelos ainda vão vir com um novo processador, chamado HCX (Hollywood Cinema eXperience). Segundo a marca, é ele que permite que a LUT (Look Up Tables, sistema que informa qual cor estará em cada posição na tela) das novas TVs seja dinâmica, e não estática, como ocorre tradicionalmente.

Design super fino das novas smart TVs OLED 4K da Panasonic — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Design super fino das novas smart TVs OLED 4K da Panasonic — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Design super fino das novas smart TVs OLED 4K da Panasonic — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Na prática, isso quer dizer que o processador da Panasonic analisa cada imagem 10 vezes por segundo. Assim, a promessa é de que mudanças bruscas no esquema de cores sejam acompanhadas de forma muito mais realista do que nas concorrentes.

A única diferença entre as TVs está no som. O modelo FZ950 possui a tecnologia Dynamic Blade Speaker, que oferece melhor experiência de áudio.

Câmera e dispositivos blu-ray

Para acompanhar a alta qualidade de imagem da sua nova linha de smart TVs, a companhia lançou também dispositivos Blu-ray 4K. O modelo top de linha é o DP-UB820, que traz suporte ao HDR10+ e ao Dolby Vision, este último pela primeira vez em um aparelho da marca. Os outros são o UB420, que traz apenas o suporte ao HDR10+, e os UB330/UB320, que não conta com nenhuma das tecnologias.

Outro lançamento na feira foi o sistema de som H-Fi Dynamic Blade Speaker. Pensado nos audiófilos, o aparelho desenvolvido pela Technics, a divisão de áudio da Panasonic, reúne oito unidades de alto-falantes (quatro woofers maiores e quatro médios, além de dois tweeters).

Panasonic Lumix GH5S tem sensor 4/3 e filma em 4K — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Panasonic Lumix GH5S tem sensor 4/3 e filma em 4K — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Panasonic Lumix GH5S tem sensor 4/3 e filma em 4K — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

A apresentação ainda contou com a presença da Lumix GH5S, uma câmera com sensor 4/3 de 10,2 megapixels ─ praticamente a metade do tamanho da antecessora, a GH5. Com a mudança, a nova geração aumenta sua sensibilidade à baixa luz, com ISO de 51.200, e passa a suportar imagens RAW estáticas de 14 bit.

Além disso, a máquina ganhou capacidade de gravação 4K. A câmera chegará ao mercado americano em fevereiro, custando US$ 2.500 (cerca de R$ 8.100 em conversão direta, excluindo os impostos de importação).

Colaborou Thássius Veloso*

*O jornalista viajou para os Estados Unidos a convite da Panasonic.

MAIS DO TechTudo