Por Thássius Veloso, da redação


O valor cobrado pela Apple pelo backup online dos dados salvos no iPhone e outros dispositivos da marca foi reduzido nesta quinta-feira (4). A queda faz parte da mudança no método de cobrança da empresa, que passou a usar o real brasileiro (R$).

Na prática, a assinatura mensal do iCloud, que chegava a R$ 3,40 por mês (considerando o câmbio do dia e a alíquota do IOF cobrado no cartão de crédito), passa para R$ 2,90.

iCloud com 5 GB grátis é padrão para todos os usuários da Apple — Foto: Thássius Veloso / TechTudo iCloud com 5 GB grátis é padrão para todos os usuários da Apple — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

iCloud com 5 GB grátis é padrão para todos os usuários da Apple — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Mudança em todas as lojas

Conforme prometido no início de dezembro, a Apple adotou o real (R$) como moeda oficial nas compras feitas em suas plataformas digitais. A modificação beneficia brasileiros que utilizam a App Store para comprar jogos e apps no iPhone, iPad e iPod Touch, Mac App Store (software nos computadores da marca), iTunes (músicas, filmes e séries), Apple Music (rival do Spotify e Deezer), iBooks Store (livros digitais).

Mudança nos preços da Apple Brasil

Serviço Antes Agora
iCloud de 50 GB US$ 0,99 R$ 2,90
iCloud de 200 GB US$ 2,99 R$ 8,90
iCloud de 2 TB US$ 9,99 R$ 29,90
Apple Music universitário US$ 2,49 R$ 8,50
Apple Music individual US$ 4,99 R$ 16,90
Apple Music familiar US$ 7,99 R$ 24,90

Cabe lembrar que a empresa oferece iCloud grátis com 5 GB para todos os usuários de Apple ID, a conta unificada da empresa.

Nos últimos meses, usuários perceberam um pedido, em plataformas e serviços da Apple, para adição do CPF. A medida foi necessária como parte do processo de implementação da cobrança em reais. É obrigatório informar o número do documento para continuar baixando apps gratuitos ou pagos nos ambientes controlados pela companhia.

Perguntas e respostas

As compras funcionam com qualquer cartão de crédito?

Com a mudança de hoje, detentores de cartões de créditos nacionais ou internacionais poderão realizar compras nas plataformas digitais da Apple, com pagamento em reais. A companhia exige que o cartão seja emitido no Brasil.

Assinaturas também serão cobradas em reais?

Sim, todas as transações em lojas da Apple voltadas para o Brasil passam para reais. Isso inclui assinaturas de serviços. Os usuários de serviços firmados em dólar terão conversão para reais, conforme informado pela fabricante em email disparado para a base de assinantes.

Mais iPhone: conheça quatro dicas para ganhar mais espaço no smartphone

Mais iPhone: conheça quatro dicas para ganhar mais espaço no smartphone

Como deletar uma Apple ID? Troque dicas no Fórum TechTudo

MAIS DO TechTudo