Redes sociais

Por Ana Marques, da redação


O Sarahah, app de mensagens anônimas que foi febre em 2017, não está mais disponível para download na App Store, a loja de aplicativos do iPhone (iOS). O programa causou polêmica no ano passado por ser usado para a prática de cyberbullying. Em contrapartida ao sumiço do mensageiro anônimo, tanto da plataforma brasileira quanto de outros países, as buscas pelo Sarahah estão em ascensão na loja da Apple.

Procurada pelo TechTudo, a Apple afirmou que o próprio desenvolvedor retirou o conteúdo do ar. O Sarahah ainda pode ser baixado na Google Play Store (Android) e acessado também na versão web.

Conheça o Sarahah, novo app de mensagens anônimas

Conheça o Sarahah, novo app de mensagens anônimas

O Sarahah teve seu auge em 2017, com alta popularidade não só no Brasil, mas também em outros países. Na época, o mensageiro ultrapassou o número de downloads do YouTube e Instagram nos Estados Unidos.

O principal destaque do serviço é a possibilidade de enviar mensagens sem ser identificado. O mensageiro, no entanto, não conta com uma forma nativa de resposta, o que acabou fazendo com que usuários buscassem outras redes sociais para expor os recados recebidos e fazer comentários sobre eles.

O "anonimato relativo" do Sarahah acabou atraindo usuários mal intencionados responsáveis por propagar mensagens agressivas e discurso de ódio pelo mensageiro. Em entrevista ao TechTudo, o advogado Luiz Augusto D'Urso afirmou que as práticas podem ser denunciadas, caso configurem crime contra honra.

Como recuperar uma mensagem bloqueada no Sarahah? Descubra no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo