Por Filipe Garrett, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A Mi Bluetooth Speaker é uma caixa de som sem fio da Xiaomi que tem como destaque o preço em conta, os recursos e especificações interessantes. Suas vantagens podem encorajar o consumidor brasileiro a importá-la da China. Sem contar o valor de impostos, o produto pode ficar mais barato do que aparelhos equivalentes de marcas famosas, como a JBL. Apesar disso, é importante ressaltar que a compra inspira cuidados: existe a possibilidade de cobranças de taxas alfandegárias, além de não ter garantia para o Brasil.

Para ajudar você a decidir, o TechTudo listou os pontos fortes e fracos da caixa da Xiaomi. Conheça as vantagens e desvantagens da ficha técnica da Mi Bluetooth Speaker.

Caixa de som Bluetooth: cinco dicas para usar melhor

Caixa de som Bluetooth: cinco dicas para usar melhor

Antes de discutir as características positivas e negativas da Mi Bluetooth Speaker, é importante ficar atento à taxação alfandegária pela Receita Federal quando o produto chegar ao Brasil. Na maioria dos estados, o imposto pode chegar a 60% do produto – isso elevaria o preço da Mi Bluetooth Speaker para aproximadamente R$ 150, dependendo do valor do câmbio do dia –, além do custo do frete declarado.

Caixa de som da Xiaomi tem design compacto e é feita de alumínio — Foto: Divulgação/Xiaomi Caixa de som da Xiaomi tem design compacto e é feita de alumínio — Foto: Divulgação/Xiaomi

Caixa de som da Xiaomi tem design compacto e é feita de alumínio — Foto: Divulgação/Xiaomi

PONTOS POSITIVOS

1. Preço

Caixa de som tem preço competitivo — Foto: Divulgação/Xiaomi Caixa de som tem preço competitivo — Foto: Divulgação/Xiaomi

Caixa de som tem preço competitivo — Foto: Divulgação/Xiaomi

Um dos grandes atrativos da Mi Bluetooth Speaker é, sem dúvida, o preço. Por ser compacta e simples, é possível importar a caixinha da China por valores na faixa dos US$ 25 (R$ 95, em conversão direta, descontados custos de frete que podem variar bastante). Em termos de comparação, você pode considerar as JBL Wind e Go, produtos de entrada da marca no país, por R$ 149 e R$ 179, respectivamente.

2. Atender chamadas

A caixa de som da Xiaomi permite que você atenda chamadas do celular por meio de seu viva-voz. A característica pode aumentar o conforto na hora de usar o acessório, sobretudo ao levarmos em conta que o aparelho foi desenvolvido para funcionar próximo do smartphone e em espaços fechados.

3. Leveza e autonomia

Pequena, caixa é companheira ideal de smartphones — Foto: Divulgação/Xiaomi Pequena, caixa é companheira ideal de smartphones — Foto: Divulgação/Xiaomi

Pequena, caixa é companheira ideal de smartphones — Foto: Divulgação/Xiaomi

A Xiaomi Mi Bluetooth é compacta e leve, com dimensões de 168 x 24,5 x 58 mm, e peso de 270 gramas. O modelo está disponível em duas cores: dourado ou azul. Apesar de pequena, a bateria da caixa de som promete até oito horas de duração em uma única recarga, de acordo com a fabricante. Sua ficha técnica indica que ela é ideal para viagens e para transportar em bolsas e mochilas, por exemplo.

4. Versatilidade

A Xiaomi também ganha pontos com a Mi Bluetooth porque permite usar um cartão microSD com músicas diretamente na caixa. Há ainda conectividade com cabo P2 para transmitir suas playlists para o dispositivo. Com isso, você pode usar a caixinha de som sem a necessidade de um celular, por exemplo.

PONTOS NEGATIVOS

1. Qualidade de som

Embora tenha especificações interessantes para o seu tamanho e preço, é importante ter em mente que a caixa de som da Xiaomi pode apresentar limitações para quem exige som de maior fidelidade e qualidade. As pequenas dimensões da Mi Bluetooth Speaker tendem a limitar a capacidade de componentes como transdutores e radiadores passivos, que são responsáveis pela reprodução de som, sobretudo em áreas úteis maiores.

Caixa de som pode decepcionar quem exige qualidade som mais elevada — Foto: Divulgação/Xiaomi Caixa de som pode decepcionar quem exige qualidade som mais elevada — Foto: Divulgação/Xiaomi

Caixa de som pode decepcionar quem exige qualidade som mais elevada — Foto: Divulgação/Xiaomi

2. Custos de Importação

Um ponto que merece muita atenção envolve a importação que pode representar custos extras. Além disso, o usuário pode ter mais dores de cabeça com a compra, como quando ocorre atraso no processo de entrega do produto.

3. Falta de suporte

Mesmo quando a caixa chega às suas mãos, os problemas podem continuar. Caso tenha algum defeito de hardware, o usuário pode encontrar dificuldades para negociar o reembolso e a substituição do aparelho com um vendedor de outro lugar. Como a Xiaomi se retirou do mercado brasileiro, não há assistência técnica oficial da marca no país.

Ficha técnica da Xiaomi Mi Bluetooth Speaker

Tamanho 168 x 24,5 x 58 mm
Peso 270 g
Cores Ouro e azul
Potência máxima 3W x 2 (4ohm, THD < 1%)
Alto-falante Φ36mm, Driver x 2
Canais 2.0
Versão Bluetooth 4.0
Resposta de frequência 85Hz - 20KHz
Capacidade e tensão da bateria 1.500 mAh / 3.8V
Tempo de recarga da bateria 2,5 horas
Duração de bateria 8 horas
Preço R$ 95

Vale a pena comprar caixa de som Bluetooth? Comente no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo