Google deletou 700 mil aplicativos problemáticos de Android

Limpeza ocorreu ao longo de 2017. Houve crescimento de 70% em relação aos apps apagados em 2016.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Taysa Coelho, para o TechTudo

O Google fez uma limpeza e apagou 700 mil aplicativos da Google Play Store, a central de downloads do Android, ao longo de 2017. O número que representa um aumento em 70% em relação aos apps apagados no ano anterior. De acordo com a empresa, o resultado seria consequência do aperfeiçoamento da capacidade de detectá-los por meio de novas técnicas de aprendizagem de máquina, que não somente removem programas maliciosos, mas também são capazes de identificar e agir contra eles com antecedência.

Google deletou 70% mais apps em relação ao ano anterior (Foto: Thássius Veloso/ TechTudo) Google deletou 70% mais apps em relação ao ano anterior (Foto: Thássius Veloso/ TechTudo)

Google deletou 70% mais apps em relação ao ano anterior (Foto: Thássius Veloso/ TechTudo)

“Noventa e nove porcento dos apps com conteúdo abusivo foram identificados e rejeitados antes que qualquer um pudesse instalá-los”, informou o gerente de produto do Google Play, Andrew Ahn. Uma das principais ameaças são programas que tentam imitar títulos populares, a fim de enganar os usuários desavisados. Cerca 250 mil aplicações do gênero foram removidas ano passado.

Ainda segundo Ahn, houve aperfeiçoamento na forma de identificar desenvolvedores abusivos em escala, o que levou à exclusão de 100 mil deles. Atualmente existem obstáculos para que estas pessoas voltem a criar contas na loja de apps.

O principal foco da empresa são os softwares que contêm ou promovem conteúdo inapropriado, como pornografia, violência extrema, promoção ao ódio e atividades ilegais. Além disso, também foram combatidos os programas catalogados como potencialmente nocivos – aqueles que realizam fraudes por SMS, atuam como trojans ou em informações de usuário de phishing.

Google Play Protect

Conheça o Play Protect, nova ferramenta de segurança do Google para Android  (Foto: Divulgação/Google) Conheça o Play Protect, nova ferramenta de segurança do Google para Android  (Foto: Divulgação/Google)

Conheça o Play Protect, nova ferramenta de segurança do Google para Android (Foto: Divulgação/Google)

Desde o ano passado, o Google colocou todas as suas tecnologias de escaneamento e detecção de malware em atuação no serviço de segurança Google Play Protect. O recurso permite que o Android escaneie automaticamente os apps instalados, bem como que o usuário solicite a averiguação de forma manual.

Apesar de todos os esforços, o gigante da internet constantemente enfrenta batalhas contras programas maliciosos. Em agosto, descobriu 30 apps que agiam secretamente nos dispositivos instalados para agirem em ataques de negação de serviço (DDoS). Além disso, já em 2018, excluiu 60 jogos da Play Store por conterem publicidade de cunho pornográfico.

MAIS DO TechTudo